A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
CONTABILIDADE SOCIETÁRIA II 2

Pré-visualização | Página 1 de 1

1a Questão (Ref.:201507050038)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	A transformação   é a operação pela qual a sociedade passa independentemente de dissolução e liquidação, de um tipo societário para outro.  A transformação obedecerá aos preceitos que regulam a constituição e o registro do tipo a ser adotado pela sociedade.  Dissolve-se a companhia:
		
	
	A requerimento do Ministério Público, à vista de comunicação da autoridade competente,
	
	A pedido de qualquer acionista, se os administradores ou a maioria de acionistas deixarem de promover a liquidação, a ela se opuserem, nos casos de dissolução da companhia de pleno direito;
	 
	De pleno direito, Por decisão judicial, Por decisão de auditoria administrativa competente, nos casos e na forma prevista em lei especial.
	
	A pedido do Conselho administrativo e Ministério Publico  
	
	A requerimento da Assembleia Gral e Ministério Público
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201507049940)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	A propósito da avaliação dos Investimentos em outras sociedades, com a utilização do método da equivalência patrimonial (MEP) julgue as afirmativas a seguir:
I- O investimento em sociedades, que não sejam coligadas ou controladas, mas integrante do mesmo grupo econômico deverá ser avaliado pelo método da equivalência patrimonial;
II- O termo "sobre cuja administração tenha influência" pode ser entendido da seguinte forma: a investidora tem só 15% de participação, mas é a responsável pela administração e finanças, sendo a área de produção de responsabilidade dos outros acionistas;
III- O valor do investimento será apurado mediante a aplicação da porcentagem de participação da sociedade investidora no capital social da sociedade investida, sobre o valor do patrimônio líquido desta, diminuído dos resultados não realizados.
Estão Corretas:
		
	
	somente I e III
	
	somente I e II
	
	somente II e III
	 
	todas as afirmativas
	
	somente III
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201507050075)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	A Companhia São Tiago S.A. pagou R$ 78.000.000,00 por 60% do total de ações do capital social da Companhia Tomé S.A., que possuía patrimônio líquido a valor justo de R$ 140.000.000,00, na mesma data. Considerando que esse investimento deve ser avaliado pelo método de equivalência patrimonial, afirma-se que, nessa operação, ocorreu um
		
	
	a operação foi nula, sem ágio e sem compra vantajosa
	
	compra vantajosa de R$ 4.000.000,00
	
	registro no investimento de R$ 56.000.000,00
	 
	compra vantajosa de R$ 6.000.000,00
	
	ágio de R$ 4.000.000,00
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201507049937)
	Pontos: 0,0  / 0,1  
	A investidora possui 30% de participação no capital da coligada B e o valor contábil desse investimento, em 31/12/x1, era de R$ 60.000.
Em 31/12/x2, o PL da Coligada B apresentava a seguinte composição:
	Patrimônio Líquido de B
	Capital Social:                           200.000
	Reservas de Lucro:                       50.000
	Ajuste de avaliação patrimonial:    30.000
Informações adicionais: A coligada B apurou no exercício lucro de R$ 70.000, tendo destinado a quantia de R$ 20.000 para distribuição como dividendo, que serão pagos no exercício seguinte.
Indique o valor do Investimento, em 31/12/x2, após a devida contabilização:
		
	
	30.000
	
	81.000
	 
	90.000
	 
	84.000
	
	24.000
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201507050066)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	A Cia Tucunduba apurou, no exercício de 2014, um lucro líquido de R$90.000,00. O saldo do Patrimônio Líquido, antes do registro do resultado e da respectiva destinação, era de R$174.600,00, assim distribuído: ¿ Capital Social = R$135.000,00 ¿ Reserva Legal = R$24.600,00 ¿ Reserva Contingencia = R$15.000,00 De acordo com a Lei no 6.404/76, o valor a ser registrado em Reserva Legal, como destinação do lucro líquido apurado em 2014, é de:
		
	
	R$4.500,00, uma vez que a reserva legal deve corresponder a 5% do lucro líquido.
	
	R$4.500,00, uma vez que o saldo da Reserva Legal está limitado a 20% do Capital Social.
	
	Não será possível a companhia constituir a reserva legal no exercício uma que o saldo dessa reserva, acrescido do montante das reservas de capital, exceder 30% do capital social.
	 
	R$ 2.400,00, uma vez que o saldo da Reserva legal está limitado a 20% do Capital Social.
	
	R$4.500,00, uma vez que o saldo da Reserva Legal está limitado a 30% do Capital Social.