PROVAS DE INCUSIVA FONTE ANDERSON TADEU
15 pág.

PROVAS DE INCUSIVA FONTE ANDERSON TADEU


DisciplinaEducação Física Inclusiva32 materiais401 seguidores
Pré-visualização6 páginas
cada um", procura-se desenvolver e construir modelos educativos
que rejeitem a exclusão e promovam uma aprendizagem livre de barreiras. A Educação Física (EF),
enquanto parte integrante e inalienável do currículo tem-se mantido à margem deste movimento
inclusivo. Se por um lado as aparências indicariam uma menor dificuldade na inclusão de alunos com
dificuldades nas aulas curriculares de EF, a realidade nos indica, no entanto, que o professor de EF se
encontra menos apetrechado para responder aos desafios da lnclusão. Existe na EF uma "dupla
genealogia de Exclusão", QUê implica uma maior dificuldade em responder à diversidade. É sugerido que
sejam melhorados os modelos de formação e apoio para possibilitar uma resposta mais adequada do
professor de Educação Física. Com base no resumo acima, disserte sobre os "desafios da inclusão" nas
aulas de educacão física escolar í1.0 oonto). t t t
""'?;; =:;.:.:i'" 'lï'" 'Ëï'l' l';"=-oo'''-'' r*,,u ,,o/", & , ,r'5, - o,, n lo ' n'r'lv 5' ur , lc':ía't
a;''t,*, í1o> tu frr,;n-r,s t urn ?' . /,';,>,ot1Í>, > Í-> (vyt l>-e f,r>rat"'*, L +. '-,1.', -
xruz"? .'- À ,7,, Jl.u- 
^ 
l-, ,..Ì l-, -,^^- 
-f-gr,/-r^ it ,q* I l,'^ ,.t ')- : ., :,, rLL lr,-i.d{.' ,trrI"- f).\:'L'\u20acr11 -sd1 lrrn., í{,â,." í)*oa }r.rl , (, ,-_--- 
"
\*-/- I., "
3) Warren (1994) destaca duas possibilidades de avaliação do desenvolvimento perceptivo-motor de
crianças com deficiência visual: o enfoque diferencial e o enfoque comparativo. I , ü'
a) Qual a diferenca entre essas duas abordagens? (1.0 ponto).
,') "^.. i \{' U, ,Pr" n'. ':r /
ll
; í'"^/; i.tü i-/:í,..a q u"sì.m'-ú :lr p{à:>-"';s 
.. *rn! l?'34.l:i() tt)Ê.u y'J1tw/cr t.yr . ;' t.Ál v írt.ì tornfav{.,cY 
.fl, cíLi76'rt*1"(.i (y l\u20act c.'Í,Lartj \---
Q*/nr,:h',ri,- \u20ac f e#i g.i/g ;.,)v7e1 *a11; o? cic- fãt:-.tc;;; ,ü pr y'-'/at
,l ) ,-
t/'/{te{tks, Llu, Jnva M l)Ê4c-or.^ t),rzrr /í<J'r',,pt-',t,ntx ttl t,ua.} .;t &quot;ot/íÁ'â, ,l ,Ã
4 í^Vr* iì flre P,' ^ r{vtr Ò4, {uA 'Q.c\ v,rÇ 'i. I
,\c.s&quot; s,' lJ,'* íL&quot;', k t - ^ lr' ,t' \
'l n : c-t L.{; ìÌì{itocal,
t;'1&quot;
b) Qual delas possui maior vantaÊem em termos de escolha de intervenções para aperfeiçoar o
desenvolvimento da criança? Explique (1.0 ponto).
ì)-(, c.nftye *t,ott,.-ì i':prYrpz{ -t 4 !}a:;;'iuc) ç}-'l-*r ur(t(\4 r'itl-.pìn,
1il< ,., r,fn.'. í1L:ì..rr S P,-na. t'trì1 tneil&quot;lcç aYí&quot; n.3)v;o&quot;la- )-o d-o roar{ r.2,.-/ \ ,'\&quot;l--zt &,,
4) José é o professor de educação física de uma turma de 18 alunos entre 8 e 10 anos de idade. Joaquim é um dos
alunos da turma, usuário de cadeira de rodas, decorrente de paraplegia. O objetivo da aula será ensinar o passe
do futebol (estático).
a) De que forma você adaptaria essa atividade para que joaquim pudesse participar da aula (1.0 ponto)?
;'f i, 1,ar. r,. a pa:iírí & ic,baca. , U-'rr'
b) Explique porque a paraplegia está associada a distúrbios no retorno venoso (1.0 ponto). ! , J
l-r:,1ri Jri t7-(- Ê! ?ê':{ria- W&quot;,!g. (') ç í^nÕL^ìrFrn k2'r t-\,o > ,no'nl'uo
i nk r,o , r)t, y \?,iç' r' üü í'*: J -'; t tnp *. !&quot; 'ü.o a* (, T:1 i,-attflw<üol-lcori ?.i,,, ít 1;-rVO,-:1 {:-\,í,r, dl- i .1 0.5 s\<.la&;, \aí[ bcn-);,-- âvri.Jiar (a) L.<1 tcì [44i , ,-,j o L&quot;n o )t r,t*, ú9';', \r, tr^ qorr,tp.c.,'el. cnJ 1tu(' rpi.;t n
c) Cite e explique dois aspectos que devem ser priorizados no programide condicionamento físico de indivíduos
com paraplegia (1.0 ponto).
ila tl'rcr . ,. &, 
=2, 
,\<--,rta cô<cLo;',,.; r rLrlcç
',jP'lht,r;ra dd&quot; k&quot;l ì?rutiçlt'' c}l*
;
T\p t|À --&quot;. lt ;t ;;rttT,
5) Leia atentamente o jogo &quot;Corrente&quot;: Disposição: todos à vontade, destaca-se um parã começar,
sendo o &quot;pegador&quot;. Desenvolvimento: dado o sinal de iníciô, o jogador sorteado começa o jogo. Corre
em perseguição a todos os outros. O que for apanhado deverá dar-lhe a mão e, assim unidos,
participarão à conquista de outro. Os novos amigos incorporar-se-ão ao grupo dos perseguidores,
unindo as mãos em fileira, que será a rede. Correrão, assim, em perseguição aos que estiverem
dispersos. Os fugitivos tentarão escapar. O jogo termina quando se formar uma grande corrente com
todos os jogadores. Como você adaptaria o jogo para uma turma que contenha 3 alunos com deficiência
visual (1.0 ponto)?
(xloc,qr'ra J&quot;& & Éurn-*- \u20ac ,txt drfii^t , s.&quot;>r tÇ> ift. 
' 
u,.rri-,,,.,ryr d*, J]/ìr
c<om ü! l,- ,, ,'* -u t 5 , c rri .h ,* ,- 
'* 
'- 
*,o ,
Q*.--- ,,,
6) Dança das cadeiras: Material 
- 
aparelho de som e cadeiras; Disposição 
- 
iodos em volta das cadeiras,
dançando ao som da música; Desenvotvimento 
- 
os alunos deverão sentar em uma cadeira quando a
música parar de tocar. Aquele que não conseguir será eliminado, até que se chegue ao vencedor.
Como você adaptarja essa atividade para uma turma que tivesse uma criança usuária de cadeira de
rodas (1.0 ponto)? $) ícr*' o&quot; c\c-.rnaç La ioëi Í'lo su&quot;. \= r,\.,-r r:rl.'tr,{r, ç ,c4 s ca&r.-
vâ! .Lt?ìï,f .ig , fal.r-: Y< {} tt7atÀv.o d-z çrz&;,&quot;â 'i&quot; r'.ooiag qu&sse <5-e- f?:'r -(-.2 n.,\ 
&quot; 
i èi:.ê fJ'>ì cru. ,1â, \r-p ,r \'J ,2,úlwr, va ie e , n +zc ,o&quot; f^6-) &quot;7r r-Ju7ta tla-
d<i ra çp*ru*, Q D* it *; icr,ct vvn k*&quot;p; ':l- vqtÔsuap eh'ü@ea
ì r--,ìt'írala^
'{í} ú L&quot; &quot;,., lr'5 Ytt(2,1,ú :*l ; cn:i&quot;rbn
Or\
oll rn,nn'-'t,.: *-fürn t!,-.hr, (', !rt(àrç,&quot; t-uo, |c unk ü Òílyní) ^ 2unrlnç 'flãs úúkr{r
u o *,Ár,rlnl* &quot; ''fu,oq Q&quot;&quot;*r^ a ,r^r;ler,rao,]s kr,r> (/:r&quot;,-) ounÌ Ìr&quot;orn, .o t