Biologia
252 pág.

Biologia


DisciplinaBiologia36.509 materiais1.200.294 seguidores
Pré-visualização50 páginas
...................................................................................................................................................................................................
...................................................................................................................................................................................................
1
B
io
lo
g
ia
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
TTTTTecido Hematopoiético, Muscular e Nervosoecido Hematopoiético, Muscular e Nervosoecido Hematopoiético, Muscular e Nervosoecido Hematopoiético, Muscular e Nervosoecido Hematopoiético, Muscular e Nervoso
Os animais têm de realizar, ininterruptamente, trocas de substâncias com o ambiente, pois todas as células precisam
receber nutrientes e oxigênio e eliminar gás carbônico e resíduos tóxicos produzidos, também precisam de mobilidade
para ir a busca da caça e de um centro que controle todas as funções do organismo.
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
12345
forma a CARBO-HEMOGLOBINA. A afinidade da
hemoglobina é com compostos de carbono, por isso, a
hemoglobina possui uma grande afinidade com o monóxido
de carbono formando a CARBOXI - HEMOGLOBINA, por
isso, quando em ambientes ricos em monóxido de
carbono, por exemplo, escapamento de gás em banheiros
com aquecimento à gás, a hemoglobina terá mais afinidade
com o CO do que com o O2, causando, com isso, a
morte do ser.
LEUCÓCITOS
Também conhecido por glóbulos brancos, são células
nucleadas que possuem movimentos amebóides.
Os leucócitos possuem função de defesa do
organismo, esta defesa é feita por FAGOCITOSE (defesa
ativa) ou fabricando anticorpos (defesa passiva) e também
através de uma propriedade chamada DIAPEDESE, que é a
propriedade que o leucócito tem em atravessar os vasos
sangüíneos.
PLAQUETAS
TECIDO HEMATOPOIÉTICO
Para realizar as trocas de substâncias o organismo
desenvolveu um sistema denominado SISTEMA
CIRCULATÓRIO.
No interior do sistema circulatório se encontra o
TECIDO HEMATOPOIÉTICO ou SANGUE.
O sangue é produzido no interior dos ossos (medula
óssea) e é constituído por um líquido amarelado, o PLASMA
e ELEMENTOS FIGURADOS - CÉLULAS.
No plasma encontramos - água, íons (Na+, K+)
proteínas, hormônio e outros.
Os elementos figurados são formados por três tipos
de células: HEMÁCIAS, LEUCÓCITOS e PLAQUETAS.
HEMÁCIAS
Também conhecido por GLÓBULOS VERMELHOS
ou ERITRÓCITOS (do grego eritro = vermelho; ritos =
célula).
As hemácias têm a função de transporte de gases, ou
seja, transporta oxigênio para as células e gás carbônico
para fora do organismo.
Para executar a função de transporte de gases as
hemácias sofreram algumas modificações: perderam o
núcleo celular, portanto não se dividem, são produzidas na
medula vermelha dos ossos, com uma duração de 120
dias, sendo destituídas no fígado. Possuem, também, uma
proteína vermelha denominada de HEMOGLOBINA.
Quando a hemoglobina se liga com o oxigênio forma
a OXI-HEMOGLOBINA, ao se ligar com o gás carbônico
Tecido Hematopoiético, Muscular e Nervoso
2
B
io
lo
g
ia
São fragmentos de células denominadas trombócitos,
que participam ativamente no processo de coagulação do
sangue.
Quando há problemas no processo de coagulação
surge um problema denominado HEMOFILIA.
SISTEMA CIRCULATÓRIO
O sangue se encontra dentro do sistema circulatório
que é formado por:
\u2022 Vasos sangüíneos: tubos por onde o sangue circula,
atingindo todas as partes do corpo.
\u2022 Coração: órgão muscular cuja contração impulsionava o
sangue. Dividido em 4 cavidades (2 A e 2 V).
Circulação
O movimento do sangue pelo sistema circulatório é
chamado de CIRCULAÇÃO.
Para facilitar o estudo separamos a circulação em duas:
- Pequena circulação: Coração - Pulmões - Coração
- Grande circulação: Coração - Corpo - Coração
Pequena Circulação
Começa com a entrada de sangue (rico em CO2) no
átrio direito pelas veias cavas superior e inferior. O átrio
cheio de sangue dilata, a isto chamamos de DIÁSTOLE.
Após, o átrio faz uma contração chamada SÍSTOLE,
empurrando o sangue para o VENTRÍCULO DIREITO
passando por uma válvula denominada VÁLVULA
TRICÚSPIDE.
Acontece, então, no ventrículo direito uma diástole e
logo após uma sístole, fazendo com que o sangue saia do
coração pela artéria pulmonar sendo levado para os
pulmões, onde ocorrerá a hemátose (troca de gases - sai o
CO2 e entra o O2 nas hemácias). O sangue, agora arterial
(rico em O2), volta para o coração pelas veias pulmonares
entrando no ÁTRIO ESQUERDO, que fará uma diástole.
Grande Circulação
A grande circulação começa com a diástole do átrio
esquerdo seguido por uma sístole, onde o sangue será
empurrado para o ventrículo esquerdo, passando por uma
válvula chamada de VÁLVULA BICÚSPIDE ou MITRAL.
O ventrículo esquerdo sofre uma diástole e logo após
uma sístole, fazendo com que o sangue saia do coração
pela ARTÉRIA AORTA, onde será levado para todo corpo,
onde acontecerá trocas gasosas e o sangue, agora, volta ao
coração pelas veias cavas superior e inferior.
Com a circulação levando oxigênio e nutrientes o
animal pôde desenvolver mobilidade através de um tecido
chamado TECIDO MUSCULAR.
Tecido Muscular
Formado por músculos, com a função de realizar
movimentos, é graças ao tecido muscular que os animais
podem nadar, voar, andar, respirar, etc.
O tecido muscular é dividido em:
- Tecido muscular estriado:
estriado
cardíaco
- Tecido muscular liso.
Tecido Estriado
É assim chamado porque ao se observar ao
microscópio óptico notam-se faixas claras escuras, que nada
mais são do que um arranjo de microfilamentos de
proteínas.
O tecido muscular estriado forma nossos músculos
propriamente ditos, estão ligados aos ossos através dos
tendões e são responsáveis pelas contrações voluntárias.
O tecido muscular estriado cardíaco forma o coração
possuindo contrações involuntárias.
Tecido Muscular Liso
Está presente em diversos órgãos internos (bexiga,
útero, estômago, intestino, etc.) e a sua contração é
involuntária.
SISTEMA NERVOSO
Responsável pelo ajustamento do organismo animal
ao ambiente. Sua função é captar, interpretar e responder
aos estímulos.
O sistema nervoso é formado por células especiais
chamadas de:
- neurônios
- células da glia ou neuroglias.
As células da glia são responsáveis pelo suporte dos
neurônios, ou seja, são as células da glia que mantém a vida
dos neurônios.
Neurônios
Os neurônios são responsáveis pelo transporte dos
estímulos graças à bomba de sódio de potássio.
O neurônio é formado por duas partes - corpo celular
e prolongamentos.
No corpo celular encontramos todas as organelas
citoplasmáticas, portanto responsável pela homeostasia da
célula.
Os prolongamentos são formados por dendritos
(prolongamentos mais numerosos nos neurônios que
conduzem os estímulos captados do ambiente ou de outras
células em direção ao corpo celular) e por axônios
(prolongamento mais longo que os dendritos e único, com
a função de transmitir para outras células os impulsos
nervoso provenientes do corpo celular).
Tecido Hematopoiético, Muscular e Nervoso
3
B
io
lo
g
ia
Os estímulos passarão sempre no sentido de
dendritos para axônios.
A captação, interpretação e resposta dos estímulos
formam o que chamamos de arco reflexo.
Arco Reflexo
Quando um estímulo surge, por exemplo, uma batida
no pé, imediatamente esse estímulo é captado por dendritos
sensoriais que levam este estímulo para a medula que analisa
e ao mesmo tempo elabora uma resposta e conscientiza o
cérebro do ocorrido. A resposta volta por um axônio motor
até o local
vitoria
vitoria fez um comentário
Bom
1 aprovações
Carregar mais