QUESTOES DE FUNDAMENTO DAS CIÊNCIAS SOCIAIS
13 pág.

QUESTOES DE FUNDAMENTO DAS CIÊNCIAS SOCIAIS


DisciplinaAdministração de Sistemas de Informação6.981 materiais37.307 seguidores
Pré-visualização4 páginas
resultados dos processos 
produtivos e de experiência, poder e cultura. Tudo isso porque elas são estruturas 
abertas capazes de expandir de forma ilimitada, integrando novos nós desde que 
consigam comunicar-se dentro da rede, ou seja, desde que compartilhem os mesmos 
códigos de comunicação ( por exemplo, valores ou objetos de desempenho)\u201d. 
 
 
49- Como se apresenta no Brasil contemporâneo a situação da desigualdade? 
 
Estatísticas revelam que 12,9% dos brasileiros vivem abaixo da linha da pobreza. As 
desigualdades regionais são visíveis: as regiões Norte e Nordeste respondem por 43% 
do total de pessoas vivendo em extrema pobreza no país. 
A desigualdade também se expressa nos grandes centros urbanos, onde populações 
desassistidas vivem pelas ruas, e nas periferias das grandes e médias idades brasileiras, 
um expressivo número de pessoas vive em subocupações \u2013 as favelas, localidades em 
que se registra um alto índice de criminalidade, decorrente da ausência ou ineficiência 
do poder público, e da ação de grupos que passam a exercer autoridade sobre a 
população, como traficantes e milícias. 
 
 
50- Como se apresenta a situação do preconceito e da exclusão no Brasil? 
 
Embora seja vedada pela Constituição Brasileira qualquer forma de discriminação, 
mecanismos sociais de exclusão, baseados em preconceito, discriminação e por vezes 
intolerância, impedem que parcelas significativas da população tenham acesso à 
cidadania plena. Temos como exemplo desse processo de exclusão, entre outros, a 
situação das mulheres, dos negros e dos homossexuais. 
 
 
51- O que é um grupo étnico? 
 
É um grupo que se perpetua principalmente por meio biológicos; compartilha de 
valores culturais fundamentais; compõe um campo de comunicação e interação e cujo 
grupo de membros se identifica e é identificado por outros como constituinte de uma 
categoria distinguível das outras. 
 
 
13 
 
13 
 
52- Quais as principais transformações que ocorreram no modelo de família 
tradicional nos últimos 40 anos? 
 
A partir dos anos 70, ainda que permaneça dominante o modelo da família nuclear, 
surgem versões inéditas de conjugalidade. Apesar do predomínio do modelo nuclear 
conjugal, entre as famílias das camadas médias, aumentam as experiências de vínculos 
afetivo-sexuais variados e o contingente de mulheres optando pela maternidade fora 
da união formalizada. Castells assinala que há um crescimento do número de pessoas 
vivendo sós e um crescimento expressivo das famílias chefiadas por mulheres. A 
coabitação sem vínculos legais ou união consensual como alternativa ao casamento se 
torna cada vez mais expressiva numericamente, e aceita legal e socialmente. O 
tamanho das unidades domésticas tende a diminuir ainda mais, com o decréscimo do 
número de filhos. Crescem os recasamentos e as famílias recombinadas. 
Há também uma visibilidade cada vez maior das famílias homoafetivas, ou seja, 
formadas por indivíduos do mesmo sexo. Este modelo de família tem recebido o 
reconhecimento de consideráveis setores da sociedade, bem como de setores do 
Judiciário.