_A_influência_do_efeito_de_borda_na_ocorrência_Meep

_A_influência_do_efeito_de_borda_na_ocorrência_Meep


DisciplinaBiologia Geral2.860 materiais13.271 seguidores
Pré-visualização1 página
*
A influência do efeito de borda na ocorrência de Alsophila setosa
		
		
		
*
Introdução
	O efeito de borda é a alteração marcante em paisagens fragmentadas e o incremento de bordas. 
	 A interação mutua entre esses dois ambientes adjacentes resulta nos efeitos de borda, tanto para os habitats florestais remanescentes quanto as matrizes desmatadas. 
*
Introdução
	Temperatura, umidade, disponibilidade de luz são considerados fatores relevantes alterando a dinâmica, ocorrência e morfologia das espécimes vegetais. 
*
Objetivo
	
	O presente estudo teve como objetivo observar a presença de Alsophila setosa com o efeito de borda comparando a quantidade em número de espécies com a variação dos efeitos ambientais como umidade e temperatura.
*
Referencial Teórico
	
	Extraída de remanescentes florestais muito utilizada para ornamentação a espécie Alsophila setosa, pertencente a família Cyatheaceae, é uma das espécies mais exploradas do Rio Grande de Sul (WINDISCH 2002). 
*
Referencial Teórico
	Decorrência na diminuição das populações de A. Setosa:	
	 * exploração extrativista da samambaia arborescente;
 	* alteração nas formações florestais;
 	* diminuição na disponibilidade de microhabitats para epífitos; 	
*
Referencial Teórico
	
	Informações sobre sua ecologia são escassas, sendo assim de especial importância a realização de estudos que possam fundamentar estratégias de uso, manejo e conservação (SCHMITT; WINDISH, 2005).
*
Metodologia
	Área de estudo:
	Derrubadas / RS
	Clima:
	Subtropical
	Relevo:
	Regiões planas nas áreas mais elevadas e por maior declividade em áreas mais próximas aos rios.
	
*
Metodologia
	Estrutura:
	Área total de 1.100 m² a partir da borda da mata;
	11 parcelas contíguas de 20X5;
	Em cada parcela observação de DAP, fatores morfológicos e abundância da espécie existente no local.
		
	
	
*
*
Resultados
	O limite de dispersão dos propágulos é o principal fator da distribuição espacial das samambaias, que é característico de cada espécie. O padrão de distribuição de populações em florestas tropicais é resultante também de fatores abióticos, tais como a estrutura da mata, umidade do solo e luminosidade (BLUME; RECHENMACHER; SCHMITT, 2010). 
*
Resultados
A. setosa ainda apresenta-se como boa indicadora de solo;
Local analisado está em um ótimo estado de preservação e com estágio avançado de regeneração;
Em áreas bem preservadas, Alsophila setosa apresenta importância moderada na estrutura da floresta;
*
Resultados
Na floresta secundária, sua presença é de grande importância, principalmente em função do elevado valor de densidade relativa;
No Rio Grande do Sul, as espécimes de Alsophila setosa em seu ambiente natural, formam pequenos bosques de degrau inferior ao dossel das florestas. 
*
Resultados
	
	Em campo foram encontradas um total de 32 espécimes, sendo que, nas parcelas foram encontradas variáveis em relação ao número de amostras como mostra a tabela. 
*
Resultados
*
Resultados
	
	Temperatura, umidade e efeito de borda influenciam na ocorrência de Alsophila setosa.
*
Bibliografia
BLUME, M; RECHENMACHER, C; SCHMITT, J, L; Padrão de distribuição espacial de samambaias no interior florestal do Parque Natural Municipal da Ronda, Rio Grande do Sul, Brasil. Pesquisas Botânica nº 61:219-227 São Leopoldo, p. 220, 2010. 
SCHMITT, Jairo Lizandro; WINDISCH, Paulo Günter. Aspectos ecológicos de Alsophila setosa Kaulf. (Cyatheaceae, Pteridophyta) no Rio Grande do Sul, Brasil. Acta Bot. Bras.,  São Paulo,  v. 19,  n. 4, Dez.  2005 
*
Bibliografia
WINDISCH, P.G. 2002. Fern conservation in Brazil. Fern Gazette v.16 p.295-300. 
*