Seminário-Fertilizantes

Seminário-Fertilizantes


DisciplinaFertilizantes e Fertilização21 materiais184 seguidores
Pré-visualização3 páginas
FERTILIDADE DO SOLO E PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA
Aline Miranda Brito
Amanda Carla Ribeiro da Silva
Arnon Guimarães
Nattana Rodrigues
Professor Ricardo Amâncio Malagoni
Tecnologia de Fertilizantes 2015
Universidade Federal de Uberlândia
Faculdade de Engenharia Química
1. Breve histórico da Agricultura
2. Fatos Marcantes da Evolução da Fertilidade do Solo no Brasil
3. Manejo da fertilidade do solo no contexto atual e futuro da agricultura brasileira
3.1 Causas da baixa fertilidade dos solos
3.2 Causas da baixa fertilidade dos solos
4. Produtividade agrícola brasileira
5. Considerações finais
2
Sumário
Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química
Fertilidade do solo e produtividade agrícola
Tecnologia de Fertilizantes - 2015
3
1. Breve histórico da agricultura
Johann Glauber, químico holandês, desenvolveu o primeiro fertilizante mineral, que consistia em salitre, limão, ácido fosfórico, nitrogênio e potássio.
3
4
1.1 A origem das culturas
Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química
Fertilidade do solo e produtividade agrícola
Tecnologia de Fertilizantes - 2015
O TOMATE é originário da América do Sul e algumas variedades ainda crescem na Cordilheira dos Andes. Antes de Cristóvão Colombo, os italianos não tinham molho de tomate!
Há quatro tipos de algodão cultivados hoje \u2013 dois do novo mundo e dois do velho. Todos foram domesticados independentemente pela sua fibra. O algodão do novo mundo, como o pima e o algodão upland foram primeiramente domesticados no Peru e no México. O algodão do velho mundo foi cultivado na Índia e no Paquistão, bem como na Arábia e na Síria. 
A origem da SOJA foi rastreada até a metade oriental do norte da China por volta de 10.000 a.C.
Os pesquisadores debatem há bastante tempo se o ARROZ foi domesticado primeiramente na China ou na Índia. As evidências recentes sugerem que ele surgiu há 9.000 anos no Vale do Yangtze, na China.
O CAFÉ foi descoberto inicialmente nas terras altas da Etiópia. Por volta do século XV, foi ativamente cultivado no que é hoje o Iêmen
4
Justus von Liebig, químico alemão, fez as seguintes afirmações:
A maior parte do C nas plantas vem do dióxido de carbono da atmosfera.
O hidrogênio e oxigênio vêm da água.
Os metais alcalinos são necessários para a neutralização dos ácidos formados pelas plantas como resultado de suas atividades metabólicas.
Os fosfatos são necessários para a formação das sementes.
As plantas absorvem tudo indiscriminadamente do solo, mas excretam de suas raízes aqueles materiais que não são essenciais.
5
1.2 Século XIX
Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química
Fertilidade do solo e produtividade agrícola
Tecnologia de Fertilizantes - 2015
(pai da química agrícola)
Nasce a agronomia, sendo a química a área mais ligada a ela.
5
A continuidade das pesquisas nas fases da produção agrícola;
Sensoriamento remoto;
Desenvolvimento dos sistemas de irrigação;
Fertilizantes fluídos e pesticidas;
Variedades e híbridos;
Agricultura sustentável.
6
1.3 Século XXI
Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química
Fertilidade do solo e produtividade agrícola
Tecnologia de Fertilizantes - 2015
7
2. Fatos Marcantes da Evolução da Fertilidade do Solo no Brasil
A história do desenvolvimento da agricultura no Brasil está diretamente ligada a fertilidade do solo.
Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química
Fertilidade do solo e produtividade agrícola
Tecnologia de Fertilizantes - 2015
8
2.1 Trabalhos Pioneiros em fertilidade do solo e adubação
1889
1891
1892
1895
1900
Experiência de Sete Lagoas
Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química
Fertilidade do solo e produtividade agrícola
Tecnologia de Fertilizantes - 2015
Registros no IAC das primeiras análises de solo no país
Menções de ocorrência de rocha fosfática no país
IAC já realizava análises para os cafeicultores paulistas
Publicado um dos primeiros trabalhos sobre fertilidade do solo no Brasil
Programa do IRI
Projeto FAO/ANDA/ABCAR
Operação Tatu
9
2.2 Outros Fatos
1950 (IBEC)
58 publicações
1969-GO, Triangulo, MG
\uf0e0 MT
1972-Nordeste
1965
Rio Grande do Sul
A operação foi chamada de Tatu devido aos buracos feitos na terra para a retirada das amostras que seriam analisadas na Ufrgs.
Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química
Fertilidade do solo e produtividade agrícola
Tecnologia de Fertilizantes - 2015
10
VIDEO
Projeto de Avaliação Internacional da Fertilidade do Solo e Melhoria
Projeto de pesquisa de Solos Tropicais
Programas Interlaboratoriais de Controle de Qualidade de Análises de Solos
Programa Interlaboratorial de Análise de Tecido Vegetal
Recomendações Oficiais de Corretivos e Fertilizantes
Comitê de Qualidade da ANDA
11
1970
Acordo entre:North Carolina State University - USAID
Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química
Fertilidade do solo e produtividade agrícola
Tecnologia de Fertilizantes - 2015
Plano Nacional de Fertilizantes e Calcário Agrícola \u2013 PNFCA
Gesso Agrícola \u2013 uma descoberta casual
Método de Extração de Nutrientes com Resina de Troca Iônica
Método de Saturação por Bases
Evolução das Análises de Micronutrientes nos Solos
Fixação Biológica de Nitrogênio
12
Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química
Fertilidade do solo e produtividade agrícola
Tecnologia de Fertilizantes - 2015
3.1.1 Importância do solo nos ecossistemas
Nutrientes: garantem a boa qualidade dos solos e o seu bom uso e manejo, principalmente no caso de agroecossistemas. 
Ecossistemas nativos: ciclagem natural de nutrientes (responsável pela manutenção do bom funcionamento do solo). 
Relatório biênio 2000-2001 do World Resources Institute: 75% dos agroecossistemas apresentam baixa fertilidade do solo
13
3. Manejo da fertilidade do solo no contexto atual e futuro da agricultura brasileira
3.1 Causas da baixa fertilidade dos solos
Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química
Fertilidade do solo e produtividade agrícola
Tecnologia de Fertilizantes - 2015
Uma boa condição de funcionamento / qualidade do solo é fundamental para garantir a capacidade produtiva dos agroecossistemas
- Essa ciclagem é fundamental para manter o estoque de nutrientes nos ecossistemas naturais, evitando a perda da fertilidade natural do solo. 
podem afetar a produção agrícola 
 Mas, o que vem a ser um solo fértil? Todo solo fértil é necessariamente produtivo? Quais são as causas da baixa fertilidade dos solos?
13
Solo fértil e solo produtivo 
Solo produtivo é um solo fértil
Nutrientes essenciais em quantidades adequadas
Boas características físicas e biológicas
Livre de elementos tóxicos
Fatores climáticos favoráveis
Um solo pode ser fértil sem 
necessariamente ser produtivo
Causas naturais 
Adição de nutrientes
Muitos solos não são naturalmente férteis e aqueles férteis podem, sob manejo inadequado, transformar-se em solos de baixa fertilidade. 
14
Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química
Fertilidade do solo e produtividade agrícola
Tecnologia de Fertilizantes - 2015
solo produtivo é um solo fértil, ou seja, que contém os nutrientes essenciais em quantidades adequadas e balanceadas para o normal crescimento e desenvolvimento das plantas cultivadas e que apresenta ainda boas características físicas e biológicas, está livre de elementos tóxicos e encontra-se em uma zona com fatores climáticos favoráveis
A fertilidade do solo pode advir de causas naturais ou ser criada através da adição de nutrientes aos solos durante o cultivo.
 As causas da baixa fertilidade dos solos podem ser tanto naturais quanto devido ao manejo inadequado do solo pelo homem.
14
Aspectos adversos ligados à baixa fertilidade dos solos
alta acidez (freqüentemente associada à toxicidade por Al)