Economia - Apostila de Microeconomia
113 pág.

Economia - Apostila de Microeconomia


DisciplinaMicroeconomia I8.637 materiais217.060 seguidores
Pré-visualização24 páginas
2. 
b) 2, 2, 1, 1. 
c) 1, 1, 2, 1. 
d) 2, 1, 2, 1. 
 
104 - A maximização de lucros, numa firma em concorrência perfeita, se dá no ponto em que 
a) a diferença entre a receita marginal e o custo marginal é máxima. 
b) a receita marginal é igual ao preço. 
c) a receita média é igual ao custo marginal. 
d) nenhuma das alternativas anteriores está correta. 
 
105 - Considere uma firma em concorrência perfeita cujo preço de mercado é inferior ao seu custo total 
médio. Nesse caso, a empresa 
a) continuará a produzir se o preço de mercado for maior do que seu custo variável médio. 
b) parará a produção, se o preço de mercado for maior do que seu custo fixo médio. 
c) continuará a produzir, se o preço de mercado for menor do que seu custo variável médio e maior do 
que seu custo fixo médio. 
Aulas on line 
 
 
www.cursoparaconcursos.com.br 
 
 MATERIAL 01 MICROECONOMIA 
PROFº CARLOS RAMOS 
 
 
 108 
d) parará a produção, se o preço de mercado for maior do que seu custo variável médio. 
 
106 - Assinale a afirmativa correta, com relação ao monopólio. 
a) É uma situação de mercado em que há um só vendedor de um produto para o qual há bons 
substitutos. 
b) O lucro é maximizado quando o preço de mercado é igual ao custo marginal. 
c) Para aumentar as vendas, a empresa precisa abaixar o preço do produto. 
d) Sempre ocorrem lucros extraordinários. 
 
107 - Se uma firma, em concorrência perfeita, defronta-se com um preço de mercado menor do que seu 
custo total médio 
a) ela deve deixar de produzir, se o preço for menor do que seu custo variável médio. 
b) ela deve deixar de produzir, se o preço for maior do que seu custo fixo médio. 
c) ela incorre em lucros máximos, quando o preço iguala o custo variável médio. 
d) ela incorre em prejuízo mínimo, no ponto em que o custo marginal iguala o preço. 
 
108 - Assinale a afirmativa incorreta. 
a) Cada vendedor, em concorrência perfeita, pode vender quanto quiser, mas não pode influenciar o 
preço de mercado. 
b) O vendedor monopolista pode manipular o preço ou a sua produção, mas não os dois 
simultaneamente. 
c) O concorrente perfeito não pode ter lucros extraordinários. 
d) O monopolista pode ter lucros extraordinários. 
 
109 - Sobre a eficiência alocativa pode-se afimar que: 
a) O mercado do tipo monopólio apresenta um maior grau de eficiência alocativa do que o mercado 
do tipo concorrência perfeita; 
b) A quantidade produzida pela firma monopolista é maior do que na concorrência perfeita, pois há 
uma melhor utilização dos fatores de produção; 
c) O Governo usa mecanismos de regulação para impedir certas firmas de usar expedientes que 
reduzam a competitividade do mercado; 
d) A competição perfeita é menos eficiente, pois a concorrência entre os produtores faz com estes 
pratiquem preços mais elevados do que no mercado monopolista; 
e) Através da regulação econômica o Governo estimula a fusão e incorporação de empresas 
competitivas pois entende que quanto mais concentrado seja o mercado, mais eficiente ele será. 
 
110 - A curva de demanda que um produtor competitivo vislumbra no mercado é 
a) infinitamente elástica. 
b) infinitamente inelástica. 
c) negativamente inclinada. 
d) positivamente inc1inada. 
Aulas on line 
 
 
www.cursoparaconcursos.com.br 
 
 MATERIAL 01 MICROECONOMIA 
PROFº CARLOS RAMOS 
 
 
 109 
 
111 - Uma firma em concorrência imperfeita se distingue de uma firma em concorrência perfeita porque 
sua(s) curva(s) de 
a) custo marginal é ascendente. 
b) custo marginal é descendente. 
c) receita marginal é ascendente. 
d) receita marginal é descendente. 
e) custo e receita marginais coincidem. 
 
112 - Em relação às características de um oligopólio, assinale o item que melhor o descreve. 
a) Uma situação de mercado com poucos compradores. 
b) Uma situação de mercado com poucos produtores. 
c) Uma situação de mercado com apenas um comprador. 
d) Uma situação de mercado com os preços controlados pelo governo. 
e) Uma situação de mercado com apenas um vendedor. 
 
 
113 - A curva de oferta de um bem X de uma firma competitiva é dada pela curva de custo 
a) médio, em toda a sua extensão. 
b) total, em toda a sua extensão. 
c) marginal, a partir do custo médio total mínimo. 
d) marginal, a partir do custo variável médio mínimo. 
e) médio, a partir do custo marginal mínimo. 
 
114 - Dentre as afirmativas a seguir, aponte a única que não é correta com relação ao mercado de 
concorrência perfeita. 
a) É livre tanto a entrada como a saída de firmas da indústria. 
b) Não existem lucros extraordinários no mercado, tanto no curto como no longo prazo. 
c) No longo prazo, a queda no preço faz com que o custo médio atinja o seu ponto mínimo. 
d) A produção da indústria é a maior possível e o preço é o menor possível. 
 
115 - Em condições de concorrência perfeita, uma firma apresenta equilíbrio ao nível de produção em que 
 
a) é máxima a diferença entre a receita marginal e o custo marginal. 
b) a receita marginal é igual a zero. 
c) o preço é igual ao custo marginal. 
d) o preço é igual a receita marginal. 
e) o preço é igual ao custo médio. 
Aulas on line 
 
 
www.cursoparaconcursos.com.br 
 
 MATERIAL 01 MICROECONOMIA 
PROFº CARLOS RAMOS 
 
 
 110 
116 - Uma firma em concorrência perfeita deve continuar a produzir, no curto prazo, enquanto o preço do 
produto 
 
a) for igual ao Custo Marginal. 
b) for maior do que o Custo Variável Médio. 
c) for maior do que o Custo Variável Total. 
d) igualar o Custo Fixo Médio. 
e) superar o Custo Fixo Total. 
 
117 - A curva de demanda de um monopolista é D = 50 \u2013 0,5P. Seu custo total é C = 50 + 40Q. A 
quantidade (Q), o preço de equilíbrio (P) e o lucro (L) do monopolista são: 
 
a) Q=10, P=50 e L=300 
b) Q=15, P=70 e L=400 
c) Q=25, P=60 e L=500 
d) Q=15, P=60 e L=300 
e) Q=10, P=70 e L=400 
 
118 - Em um monopólio, onde a curva de demanda do produto é Q = 300 \u2013 2 P (sendo Q e P, 
respectivamente, quantidade e preço), qual deverá ser a combinação de Q e P para que haja a 
maximização da receita total ? 
a) Q = 250 e P = 25 
b) Q = 200 e P = 50 
c) Q = 150 e P = 75 
d) Q = 100 e P = 100 
e) Q = 50 e P = 125 
 
119 - Em um setor onde vigora, no longo prazo, um regime de concorrência monopolística, pode-
se concluir que: 
 
a) as curvas de demanda terão elasticidade infinita. 
b) empresas sairão do setor por causa do excesso de capacidade produtiva. 
c) não haverá lucro extraordinário no setor. 
d) as empresas irão operar no ponto de custo unitário mínimo. 
e) não haverá excesso de capacidade produtiva no setor. 
 
120 - A curva de demanda pelo produto de um monopolista é expressa pela equação: p = 220 \u2013 
6q onde p=preço e q=quantidade demandada. A curva de custo total (CT) é representada por CT 
= 4q2 + 20q + 10. Logo, a produção que maximiza o lucro do monopolista é, um unidades: 
 
 
Aulas on line 
 
 
www.cursoparaconcursos.com.br 
 
 MATERIAL 01 MICROECONOMIA 
PROFº CARLOS RAMOS 
 
 
 111 
a) 20 
b) 18 
c) 14 
d) 12 
e) 10 
 
 
Aulas on line 
 
 
www.cursoparaconcursos.com.br 
 
 MATERIAL 01 MICROECONOMIA 
PROFº CARLOS RAMOS 
 
 
 112 
Gabarito 
 
01 \u2013 C 
02 \u2013 C 
03 \u2013 D 
04 \u2013 D 
05 \u2013 A 
06 \u2013 C 
07 \u2013 B 
08 \u2013 E 
09 \u2013 C 
10 \u2013 E 
11 \u2013 E 
12 - D 
13 - A 
14 - C 
15 - B 
16 - B 
17 - B 
18 - A 
19 \u2013 D 
20 - B 
 
21 - D 
22 - A 
23 - C 
24 - D 
25 - C 
26 - D 
27 - A 
28 - E 
29 - E 
30 - B 
31 - D 
32 - B 
33 - A 
34 - A 
35 - D 
36 - E 
37 - D 
38 - C 
39
Fábio
Fábio fez um comentário
extraordinário
0 aprovações
Carregar mais