Economia - Aula 04 - Modelos de Oferta e Demanda Agregada
22 pág.

Economia - Aula 04 - Modelos de Oferta e Demanda Agregada


DisciplinaEconomia I32.540 materiais244.802 seguidores
Pré-visualização5 páginas
III- a aprovação de uma legislação muito restritiva ou o aumento do preço 
internacional do petróleo não são fatores que podem induzir a economia à 
recessão. 
IV- a oferta de moeda é endógena e a expansão dela em função do crescimento 
econômico pode dar a ilusão de que a moeda não é neutra, embora ela o seja de 
fato. 
É correto o que consta apenas em 
a) I, II e III. 
b) III e IV 
c) I e IV 
d) II e III 
e) I e II 
A teoria dos ciclos econômicos reais (TCR) roga a explicação das flutuações 
econômicas de curto prazo, como uma alternativa à teoria de Keynes. A teoria dos 
CURSOS ON-LINE \u2013 ECONOMIA \u2013 CURSO REGULAR 
PROFESSOR MARLOS FERREIRA 
www.pontodosconcursos.com.br 19
ciclos econômicos reais segue os axiomas clássicos, segundo os quais os preços 
e os salários são flexíveis e as variáveis nominais não influenciam as variáveis 
reais (dicotomia clássica). 
A afirmativa I está correta. A TCR admite que a oferta de trabalho influencia a 
oferta de trabalho e que os incentivos econômicos estão intrinsecamente ligados à 
disposição dos trabalhadores em oferecer mais horas de trabalho. 
A oferta de mão-de-obra e a substituição intertemporal desempenham importante 
papel na explicação sobre como a política fiscal exerce influência no produto. No 
modelo ciclos econômicos reais, os preços são flexíveis e os trabalhadores 
praticam a substituição intertemporal. A expansão do produto resulta de um 
aumento na oferta de mão-de-obra: as pessoas respondem às taxas de juros mais 
elevadas escolhendo adiar o lazer e trabalhar períodos mais longos. 
A afirmativa II está incorreta, pois os trabalhadores desejarão trabalhar mais em 
razão de salários e juros mais atraentes na direção de uma posterior aplicação do 
capital e do custo de oportunidade. 
A afirmativa III está igualmente incorreta. Os choques tecnológicos ( incremento 
nos preços do petróleo, legislação restritiva, condições climáticas adversas) Esse 
caso é decorrente dos choques tecnológicos que afetam a economia, fazendo 
variar a oferta de produto. Uma condição climática adversa, uma legislação 
ambiental restritiva e aumentos dos preços do petróleo são exemplos de choques 
adversos, que resultam em queda na produção e no emprego, ou seja, em 
recessão. 
A afirmativa IV é correta, pois a teoria mantém o pressuposto clássico de que as 
variáveis nominais, como a oferta de moeda, são neutras em relação às variáveis 
reais. Um aumento na quantidade de moeda concomitantemente a uma expansão 
na produção é explicado como um efeito e não como a causa dessa expansão. 
A assertiva c está correta. 
CURSOS ON-LINE \u2013 ECONOMIA \u2013 CURSO REGULAR 
PROFESSOR MARLOS FERREIRA 
www.pontodosconcursos.com.br 20
12 - ( ESAF/Analista de Planejamento e Orçamento do MPOG - 2002) Considere o 
modelo de oferta e demanda agregada, supondo a curva de oferta agregada 
positivamente inclinada e a curva de demanda agregada derivada do modelo IS-
LM. É correto afirmar que: 
a) um aumento dos gastos do governo eleva o produto, deixando inalterado o nível 
geral de preços. 
b) uma elevação da oferta monetária só resulta em alterações no nível geral de 
preços. 
c) uma elevação do consumo agregado não causa impacto sobre o nível geral de 
preços. 
d) uma elevação das exportações tende a elevar tanto o produto agregado quanto 
o nível geral de preços. 
e) uma redução nos impostos não causa alterações no produto agregado. 
Atenção para esse problema! 
Sabemos do referencial da questão que estamos lidando com o modelo de oferta 
e demanda agregada keynesiano, uma vez que a demanda agregada deriva do 
modelo IS-LM e a oferta agregada é positivamente inclinada. 
Dessa forma, qualquer aumento na demanda agregada resulta em incrementos na 
renda e no nível de preços. 
Com essa contextualização, todas as assertivas restam incorretas à exceção da 
assertiva d. 
Na assertiva a, os preços se alteram. 
Na assertiva b, o nível de produto também se altera. 
Na assertiva c, o movimento causa impacto sobre o nível geral de preços. 
Na assertiva e, uma redução nos impostos causa alterações no produto agregado. 
A assertiva d está correta. 
 
 
 
 
 
CURSOS ON-LINE \u2013 ECONOMIA \u2013 CURSO REGULAR 
PROFESSOR MARLOS FERREIRA 
www.pontodosconcursos.com.br 21
13 - (ESAF/AFPS- 2002) Considere a seguinte equação para a curva de oferta 
agregada de curto prazo: Y = Yp + a(P \u2013 Pe), onde Y = produto agregado; Yp = 
produto de pleno emprego; a>0; P = nível geral de preços;Pe= nível geral de 
preços esperados. Com base nas informações constantes da equação acima e 
considerando as curvas de oferta agregada de longo prazo e de demanda 
agregada, é correto afirmar que: 
a) Uma política monetária expansionista não altera o nível geral de preços, tanto 
no curto quanto no longo prazo. 
b) Alterações na demanda agregada resultam, no curto prazo, em alterações tanto 
nível geral de preços quanto na renda. 
c) No curto prazo, uma política monetária expansionista só altera o nível geral de 
preços. 
d) O produto estará sempre abaixo do pleno emprego, mesmo no longo prazo. 
e) Alterações na demanda agregada, tanto no curto quanto no longo prazo, só 
geram inflação, não tendo qualquer impacto sobre a renda. 
Questão muito próxima da anterior. Agora estamos lidando com o modelo de 
oferta agregada de longo prazo e já sabemos que alterações na demanda 
agregada repercutem variações no nível de preços e no nível de renda/atividade. 
Expansão na base monetária acarreta elevação no nível de preços. 
A assertiva a está incorreta. 
No curto prazo, expansão do estoque monetário acarreta também variações no 
produto. 
A assertiva c está incorreta. 
O produto de pleno emprego está associado ao longo prazo. Além disso, pode ser 
alcançado antes do longo prazo. 
A assertiva d está incorreta. 
Alterações na demanda agregada geram inflação e aumento do produto. 
A assertiva e está incorreta. 
A assertiva b está correta. 
 
 
CURSOS ON-LINE \u2013 ECONOMIA \u2013 CURSO REGULAR 
PROFESSOR MARLOS FERREIRA 
www.pontodosconcursos.com.br 22
14 - (ESAF/Analista de Planejamento e Orçamento do MPOG-2003) O 
denominado \u201c modelo clássico\u201d tem sido apresentado em livros textos de 
macroeconomia como uma descrição possível do pensamento macroeconômico 
anterior a Keynes. Assim, partindo-se do equilíbrio no mercado de trabalho, 
chega-se ao nível de pleno emprego e, a partir da função de produção, ao nível de 
produto de pleno emprego. Nesse modelo, o nível geral de preços fica 
determinado pela denominada\u201d teoria quantitativa da moeda\u201d. Com base nessas 
informações, é correto afirmar que: 
a) uma elevação da demanda por mão-de-obra reduz o salário real. 
b) uma política monetária expansionista teria como efeito uma elevação no 
produto de pleno emprego. 
c) o produto agregado real independe da quantidade de mão-de-obra empregada. 
d) o nível do produto real de pleno emprego independe da oferta de moeda na 
economia. 
e) um aumento no estoque de capital na economia reduz o salário real e o nível de 
pleno emprego. 
 
A assertiva d está correta.