Simulado ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA
7 pág.

Simulado ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA


DisciplinaFisioterapia em Ortopedia e Traumatologia1.856 materiais28.150 seguidores
Pré-visualização2 páginas
FISIOTERAPIA EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA
	
	 1a Questão (Ref.: 201402341933)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A lesão nervosa é considerada uma das principais complicações de fraturas. É dividida em três tipos. Assinale o tipo descrito que está CORRETO:
		
	
	A Neurotmese é uma lesão microscópica ocasionada pela diminuição da condução nervosa transitória.
	
	Na Axoniotmese há a secção total do nervo.
	
	A Neurotmese é uma secção parcial que leva à diminuição de sua condução nervosa.
	 
	A Neurotmese é uma secção total do nervo. Neste tipo de lesão, o procedimento de Neurorrafia é indispensável.
	
	A Neuropraxia é uma secção total do nervo. Neste caso, há indicação de um procedimento cirúrgico denominado Neurorrafia.
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201402833815)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	Como é chamado o teste que avalia o músculo supraespinhoso e que é realizado por meio da abdução de 90° do ombro, no plano da escápula, contra resistência do examinador, com o ombro em rotação interna e o polegar voltado para baixo?
		
	 
	Teste da queda do braço
	 
	Teste de Jobe
	
	Teste de Neer
	
	Teste de Gerber
	
	Teste de gaveta anterior.
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201402342346)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	O objetivo do tratamento de uma fratura é a consolidação, de modo que seja restaurada a função mecânica do osso, sua capacidade de suportar o peso e proporcionar movimento à articulação. Com base neste conceito, responda a afirmativa correta
		
	 
	O julgamento clínico e cinético funcional baseia-se na combinação dos sinais e sintomas do paciente e nos achados físicos ao longo do tempo
	
	O julgamento clínico e cinético funcional de uma fratura tem como base principal o tempo de consolidação.
	
	O julgamento clínico e cinético funcional de uma fratura, não necessariamente deve se basear nos sinais e sintomas do paciente
	
	No julgamento clínico e cinético funcional de uma fratura, só deve ser levado em conta se o paciente apresenta dor,
	
	O julgamento clínico e cinético funcional de uma fratura deve-se basear somente nos achados radiológicos
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201402832928)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Relacione os itens da coluna superior com a inferior:
( A ) Teste do cotovelo de golfista
( B ) Teste de Mac Murray
( C ) Teste de Wright
( D ) Teste de Ober
(    ) Evidencia lesão meniscal = paciente em decúbito dorsal com joelho fletido e tíbia em rotação externa, aplicar stress em valgo e estender o joelho lentamente, se positivo apresenta ruído ou clic palpável.
(    ) Determina a síndrome do desfiladeiro torácico = braço em abdução, rotação externa e cabeça girada para o lado oposto, se positivo apresenta diminuição do pulso radial.
(    ) Testa a contratura do Tensor fascia lata e trato iliotibial = paciente em decúbito lateral e o terapeuta abduz a coxa e solta, se positivo o membro permanecerá abduzido mesmo após ter sido solto.
(    ) Testa a epicondilite medial= cotovelo estendido, antebraço supinado e mão fechada, realizar a flexão contra resistência, se positivo ocorrerá dor no epicôndilo.
		
	
	d,a,c,b
	
	c,a,d,b
	 
	b,c,d,a
	
	a,c,b,d
	
	b,c,a,d
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201402336225)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Os efeitos mecânicos e químicos de uma fratura consistem de:
		
	 
	Todas as respostas acima estão corretas
	
	Perda da continuidade óssea,
	
	Dor
	
	Perda da função
	
	Uma mobilidade patológica,
		
	
	  FISIOTERAPIA EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA
	
	Simulado: SDE0099_SM_201402209258 V.1 
	 Fechar
	Aluno(a): CELIONE VITORIA DA SILVA
	Matrícula: 201402209258
	Desempenho: 0,3 de 0,5
	Data: 13/04/2015 17:14:31 (Finalizada)
	
	 1a Questão (Ref.: 201402349763)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Cotovelo de golfista e cotovelo de tenista é a nomenclatura utilizada para descrever respectivamente:
		
	
	tendinite do supraespinhoso e subescapular.
	
	tendinite triciptal e biciptal;
	
	epicondilite lateral e medial,
	
	fratura de olécrano e cabeça de rádio;
	 
	epicondilite medial e lateral;
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201402341860)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	Uma fratura óssea é uma situação em que há perda da continuidade óssea, geralmente com separação de um osso em dois ou mais fragmentos após um traumatismo. Suas queixas habituais são dores, incapacidade de mexer o membro e deformidade, embora possa variar consoante o tipo e localização da fratura. Sobre o conceito e classificação das fratura marque a alternativa correta.
		
	
	as fratura patológicas são devidas à aplicação repetida e frequente de pequenas forças sobre um osso, que leva a uma fadiga que condiciona a fratura.
	 
	as fraturas por stress são devidas à aplicação repetida e frequente de pequenas forças sobre um osso, que leva a uma fadiga que condiciona a fratura.
	 
	as fraturas traumáticas são devidas à aplicação repetida e frequente de pequenas forças sobre um osso, que leva a uma fadiga que condiciona a fratura.
	
	as fratura patológicas há evidência de traumatismo que justifique a fratura.
	
	quanto a classificação existe apenas a fratura por stress e traumática.
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201402342310)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A luxação recorrente da cabeça umeral é causada pelo impacto da cabeça umeral sobre a borda da glenóide, se caracterizando pela depressão osteocondral posterior da cabeça umeral. Este tipo de lesão é mais conhecido como:
		
	
	Lesão de Bankart
	
	Lesão de Neer
	
	Lesão de Rockwood,
	
	Lesão de Salter.
	 
	Lesão de Hill ¿ Sachs,
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201402341888)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A síndrome do túnel do carpo é uma afecção provocada por uma compressão nervosa ao nível do túnel do carpo. O túnel do carpo é uma região anatômica limitada posteriormente pelos ossos do carpo e anteriormente pelo retináculo flexor. Neste túnel passam 9 tendões e 1 nervo. Dentre as estruturas anatômicas que passam pelo túnel do carpo, podemos citar:
		
	
	Nervo mediano, tendão do flexor profundo dos dedos e tendão do palmar longo.
	
	Nervo radial, tendão do flexor superficial dos dedos e tendão do flexor radial do carpo.
	
	Nervo ulnar, tendão do flexor profundo dos dedos e tendão do flexor ulnar do carpo.
	
	Nervo mediano, tendão do flexor superficial dos dedos e tendão do flexor ulnar do carpo.
	 
	Nervo mediano,tendões do flexor superficial dos dedos, do flexor profundo dos dedos e do flexor longo do polegar.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201402349762)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	Nas luxações recidivantes gleno-umerais, as lesões de tecidos moles e estruturas subjacentes são muito comuns. Sendo assim, lesão de Hill-Sachs é:
		
	 
	uma fratura por compressão da superfície articular posterolateral da cabeça umeral;
	 
	uma lesão capsular posterior associada com lesão do labrum glenoidal, geralmente com avulsão do ligamento glenoumeral anteior,
	
	uma lesão capsular anterior associada com lesão do labrum glenoidal, geralmente com avulsão do ligamento glenoumeral inferior,
	
	uma lesão capsular posterior associada com lesão do labrum glenoidal, geralmente com avulsão do ligamento glenoumeral inferior,
	
	uma fratura por compressão da superfície articular posterolateral da articulação acrômio-clavicular;
		
	  FISIOTERAPIA EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA
	
	Simulado: SDE0099_SM_201402209258 V.1 
	 Fechar
	Aluno(a): CELIONE VITORIA DA SILVA
	Matrícula: 201402209258
	Desempenho: 0,3 de 0,5
	Data: 18/05/2015 17:06:12 (Finalizada)
	
	 1a Questão (Ref.: 201402835663)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Uma fratura é uma situação
Sabrina
Sabrina fez um comentário
valeeu
0 aprovações
Carregar mais