AVALIAÇÃO 1 DE ADM
3 pág.

AVALIAÇÃO 1 DE ADM


DisciplinaAdministrativo 2206 materiais510 seguidores
Pré-visualização3 páginas
05/03/2019 EPS
http://simulado.estacio.br/alunos/ 1/3
CCJ0031_AV1_201408131471 V.1
Disc.: DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II
Aluno(a): FRANCISCO DAS CHAGAS FELIX VIANA Matrícula: 201408131471
Acertos: 1,6 de 2,0 Início: 05/03/2019 (Finaliz.)
1a Questão (Ref.:201409327613) Acerto: 0,0 / 0,2
(FCC/Auditor Fiscal/Muin. São Paulo/2007) A homologação, no chamado ¿lançamento por homologação¿, deve ser
efetuada expressamente pela autoridade administrativa. Caso não seja expressamente pela referida autoridade, ele
ocorrerá tacitamente, por decurso do prazo, ao final de cinco anos, contados:
primeiro dia do exercício seguinte àquele em que o fato gerador ocorreu.
contados da ocorrência do fato gerador, se a lei não fixar outro prazo à homologação.
primeiro dia do exercício seguinte àquele em que o lançamento poderia ter sido efetuado, se a lei não fixar
outro prazo decadencial.
primeiro dia do exercício seguinte àquele em que o lançamento poderia ter sido efetuado.
contados da ocorrência do fato gerador.
2a Questão (Ref.:201408922100) Acerto: 0,2 / 0,2
(CESPE/PROMOTOR DE JUSTIÇA/MPE/RN ¿ 2009 - Adaptada) Acerca do lançamento na constituição do crédito
tributário, assinale a opção correta.
O lançamento é regido por lei vigente na data da ocorrência do fato gerador da obrigação, não se aplicando,
em hipótese alguma, lei posterior que imponha penalidade menos severa ao fato.
É pacífico na doutrina e na jurisprudência o entendimento no sentido de que o lançamento constitui a
obrigação tributária e o crédito tributário.
O lançamento é atividade administrativa vinculada e discricionária.
O lançamento se torna eficaz, via de regra, com a notificação do sujeito passivo da obrigação tributária.
3a Questão (Ref.:201409015084) Acerto: 0,0 / 0,2
Segundo a doutrina majoritária o lançamento tributário possui natureza jurídica:
Constitutiva.
Mista.
Nenhuma das respostas anteriores.
Declaratória.
Declaratória da obrigação tributária e constitutiva do crédito tributário.
4a Questão (Ref.:201409287260) Acerto: 0,2 / 0,2
Antônio, prestador de serviço de manutenção e reparo de instrumentos musicais, sujeito à incidência do Imposto
Sobre Serviços (ISS), deixou de recolher o tributo incidente sobre fato gerador consumado em janeiro de 2013
(quando a alíquota do ISS era de 5% sobre o total auferido pelos serviços prestados e a multa pelo inadimplemento
do tributo era de 25% sobre o ISS devido e não recolhido). Em 30 de agosto de 2013, o Município credor aprovou lei
que: (a) reduziu para 2% a alíquota do ISS sobre a atividade de manutenção e reparo de instrumentos musicais; e
(b)reduziu a multa pelo inadimplemento do imposto incidente nessa mesma atividade, que passou a ser de 10%
sobre o ISS devido e não recolhido. Em fevereiro de 2014, o Município X promoveu o lançamento do imposto,
exigindo do contribuinte o montante de R$ 25.000,00 ¿ sendo R$ 20.000,00 de imposto (5% sobre R$ 400.000,00,
05/03/2019 EPS
http://simulado.estacio.br/alunos/ 2/3
valor dos serviços prestados) e R$ 5.000,00 a título de multa pela falta de pagamento (25% do imposto devido).
Sobre a hipótese apresentada, assinale a afirmativa correta.
O lançamento está incorreto tanto em relação ao imposto (que deveria observar a nova alíquota de 2%)
quanto em relação à multa (que deveria ser de 10% sobre o ISS devido e não recolhido).
O lançamento está correto em relação ao imposto, mas incorreto em relação à multa (que deveria ser de
10% sobre o ISS devido e não recolhido).
NENHUMA DAS RESPOSTAS ANTERIORES
O lançamento está correto em relação ao imposto e à multa.
O lançamento está correto em relação à multa, mas incorreto em relação ao imposto (que deveria observar a
nova alíquota de 2%).
5a Questão (Ref.:201408808952) Acerto: 0,2 / 0,2
O direito tributário trata dos meios de prover os cofres públicos dos recursos necessários à manutenção do aparelho
administrativo e satisfazer as necessidades sociais e coletivas. Daí a razão da escolha de fatos da vida econômica das
pessoas (fatos geradores ou gatos jurídicos tributários) que, estabelecendo entre estas e o Estado uma relação
jurídica de natureza obrigacional, vão resultar na constituição de um crédito tributário em favor do Estado. O estudo
do crédito tributário envolve os arts. 139 a 193 do CTN onde são abordados vários temas que o envolvem. Assim
pode-se afirmar que:
São duas as únicas espécies de lançamento: direto e por homologação.
não enseja consignação judicial da importância do crédito tributário a recusa da Fazenda em receber o
crédito.
o lançamento é o procedimento administrativo privativo da Administração Pública, mas sua atividade é
discricionária.
a moratória não aproveita os casos de dolo, fraude ou simulação do sujeito passivo ou do terceiro em
benefício daquele.
havendo causa suspensiva da exigibilidade do crédito começa a correr o prazo prescricional para que a
Fazenda Pública ajuíze a execução
6a Questão (Ref.:201409231264) Acerto: 0,2 / 0,2
Avalie as afirmações a seguir, considerando posicionamentos sumulados pelo Superior Tribunal de Justiça: I.
Apresenta-se legítima a recusa pelo órgão fazendário de expedição de certidão negativa ou positiva com efeito de
negativa, quando declarado e não pago o débito tributário respectivo pelo contribuinte. II. A entrega de declaração
pelo contribuinte reconhecendo débito fiscal constitui o crédito tributário, dispensada qualquer outra providência por
parte do fisco. III. É legítima a exigência de depósito prévio para admissibilidade de recurso administrativo tributário.
IV. Incide imposto de renda sobre a indenização por danos morais. É correto apenas o que se afirma em
I e II.
I e IV.
II e III.
I.
III e IV.
7a Questão (Ref.:201408735110) Acerto: 0,2 / 0,2
Em relação à constituição do crédito tributário, assinale a alternativa correta:
b) O lançamento de ofício depende da participação do sujeito passivo.
a) O lançamento por declaração não pode ser fundamentado em informações apresentadas por terceiros.
c) No lançamento por homologação o pagamento ocorre após a respectiva conferência e concordância da
Fazenda Pública.
d) Caso o contribuinte não preste as informações necessárias ao lançamento por declaração, a autoridade
fiscal deverá constituir o crédito tributário através do lançamento de ofício.
8a Questão (Ref.:201409329851) Acerto: 0,2 / 0,2
A atividade administrativa do lançamento é utilizada para:
suspender a exigibilidade do crédito tributário para ajudar o contribuinte
constituir o crédito tributário
quantificar a obrigação tributária e calcular os juros devidos pelo contribuinte
qualificar a obrigação tributária e cobrar as multas pelo atraso no pagamento do tributo
05/03/2019 EPS
http://simulado.estacio.br/alunos/ 3/3
descrever o fato gerador da obrigação principal
9a Questão (Ref.:201409231265) Acerto: 0,2 / 0,2
Acerca da constituição do crédito tributário, à luz das disposições do Código Tributário Nacional, é INCORRETO afirmar
que:
O lançamento regularmente notificado pode ser alterado em virtude de iniciativa de ofício.
A atividade administrativa de lançamento é vinculada e obrigatória, sob pena de responsabilidade funcional.
O lançamento regularmente notificado pode ser alterado em virtude de impugnação do sujeito passivo.
O lançamento rege-se pela lei vigente na data de sua efetivação.
A modificação introduzida, de ofício ou em consequência de decisão administrativa ou judicial, nos critérios
jurídicos adotados pela autoridade administrativa no exercício do lançamento somente pode ser efetivada, em
relação a um mesmo sujeito passivo, quanto a fato gerador ocorrido posteriormente à sua introdução.
10a Questão (Ref.:201409266023) Acerto: 0,2 / 0,2
Ocorrido determinado fato gerador, Augusto deveria pagar o respectivo tributo. Entretanto, uma lei editada
posteriormente ao fato deu por extinta, sem pagamento, metade da dívida das pessoas que se enquadravam na
situação de Augusto. Passaram-se seis anos, e o fisco nem mesmo constituiu o crédito tributário contra Augusto,
relativamente à outra metade do crédito. Nessa hipótese, configura-se a situação de extinção da dívida por
remissão e decadência.
transação e remissão.
transação e prescrição.
prescrição e compensação.
Nenhuma das respostas anteriores