Trabalho_Final_QEE
17 pág.

Trabalho_Final_QEE


DisciplinaQualidade de Energia42 materiais152 seguidores
Pré-visualização2 páginas
UNIJUÍ \u2013 UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
DCEENG - DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS 
EXATAS E ENGENHARIAS
EGE \u2013 CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA
TRABALHO EM LABORATÓRIO
SANTA ROSA
2016
ANDERSSON ANDRÉ PELLENZ \u2013 RG 685864 
GIOVANI JOSÉ GONCHOROVSKI - RG 101415
JAIR JOSÉ FRITZEN BLATT \u2013 RG 377497 
ROBSON LOPES \u2013 RG 617347
TRABALHO EM LABORATÓRIO
Trabalho apresentado para uma parcela da avaliação de 50 pontos na disciplina de Qualidade de Energia do Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Regional do Noroeste do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ.
PROFESSOR: DR. MATEUS FELZKE SCHONARDIE
SANTA ROSA
2016
LISTA DE FIGURAS
Figura 1 - Medições em uma carga linear.	6
Figura 2 - Medições de uma carga não linear	7
Figura 3 \u2013 Medição 1.	8
Figura 4 \u2013 Medição 2.	9
Figura 5 \u2013 Medição 3.	10
Figura 6 \u2013 Montagem do sistema.	11
SUMÁRIO
1. EQUIPAMENTOS E MATERIAIS UTILIZADOS
A Tabela 1 mostra os equipamentos utilizados.
	Quantidade
	Descrição
	Marca
	Modelo
	Observação
	01
	Fonte Tensão CA Variável 
	STP- Sociedade Técnica Paulista Ltda
	ATU 215-M 
	Monofásica
	
02
	
Multímetro Digital 
	Minipa
	ET \u2013 2033 B
ET \u2013 2042 D
	Não possui medida truerms
	02
	Multímetro Digital TRUE RMS 
	Minipa
	ET-2110
	-
	01
	Carga Resistiva Variável 
	Educacional
	
	
	01
	Diodo 
	Semirron
	
	
	02
	Lâmpadas Fluorescentes 40W 
	Philips
	TLD 32 W
	
	01
	Lâmpada Fluorescente 20W 
	OSRAM
	L15W1765
	
	
01
	Reator Lâmpada Fluorescente convencional (1x20W) 
	Intral
	Convencional
	
	
01
	Reator Eletrônico Lâmpada Fluorescente (2x40W) 
	MG
	PG 2x40AF3
	
	01
	Osciloscópio Digital 
	
	
	
	04
	Lâmpadas Fluorescentes Compactas \u2013 25W 
	TASCHIBRA
	TKT 25-20CY
	
	01
	Inversor de Frequência - MIT 
	WEG
	CFW08
	
	01
	Motor de Indução Trifásico 
	WEG
	Alto Rendimento Plus 
	
	01
	Analisador de Qualidade de Energia 
	DRANETZ
	4300
	
Tabela 1 \u2013 Equipamentos utilizados.
 2. ATIVIDADE 1
Monte o circuito mostrado na Figura 1, utilizando os voltímetros e amperímetros com as escalas apropriadas. NÃO ENERGIZE O CIRCUITO SEM TER CERTEZA DA CORRETA MONTAGEM. Cuidar as regulagens dos multímetros! 
Obs.: Foi utilizada uma resistência de 250 Ohms ao invés de 500 Ohms.
Figura 1 - Medições em uma carga linear.
Onde: 
V1 = Voltímetro digital (só mede valores eficazes). 
V2 = Voltímetro digital de valor eficaz verdadeiro (TRUE RMS).
A1 = Amperímetro digital (só mede valores eficazes).
A2 = Amperímetro digital de valor eficaz verdadeiro (TRUE RMS).
Ligue a fonte de tensão alternada e regule-a aos valores indicados na primeira coluna da tabela 2 (utilizando o voltímetro V1). Para cada valor de tensão anote as leituras dos instrumentos nos campos correspondentes.
	Uf(V)
	V1(V)
	V2(V)
	I1(A)
	I2(A)
	35
	34,8
	35,54
	0,03
	0,08
	70
	70
	70,9
	0,066
	0,15
	105
	105,3
	106,4
	0,103
	0,22
	140
	140,3
	141,2
	0,14
	0,29
	175
	175,2
	175,6
	0,177
	0,37
	220
	219
	225,4
	0,22
	0,46
Tabela 2 - Medições em uma carga linear.
3. ATIVIDADE 2
Monte o circuito mostrado na figura 2, utilizando os voltímetros e amperímetros com as escalas apropriadas. NÃO ENERGIZE O CIRCUITO SEM TER CERTEZA DA CORRETA MONTAGEM. Cuidar as regulagens dos multímetros! 
Obs.: Foi utilizada uma resistência de 250 Ohms ao invés de 500 Ohms.
Figura 2 - Medições de uma carga não linear
Onde: 
V1 = Voltímetro digital (só mede valores eficazes). 
V2 = Voltímetro digital de valor eficaz verdadeiro (TRUE RMS).
A1 = Amperímetro digital (só mede valores eficazes).
A2 = Amperímetro digital de valor eficaz verdadeiro (TRUE RMS).
Ligue a fonte de tensão alternada e regule-a aos valores indicados na primeira coluna da tabela 3 (utilizando o voltímetro V1). Para cada valor de tensão anote as leituras dos instrumentos nos campos correspondentes.
	Uf(V)
	V1(V)
	V2(V)
	I1(A)
	I2(A)
	35
	35
	35,61
	0,015
	0,042
	70
	70,4
	71,4
	0,035
	0,083
	105
	105,5
	106,3
	0,055
	0,122
	140
	139,9
	140,7
	0,075
	0,16
	175
	175
	175,6
	0,095
	0,199
	220
	221
	226,7
	0,125
	0,255
Tabela 3 - Medições em uma carga não linear.
Com o auxílio de um osciloscópio, realize a medição da corrente de entrada quando a tensão de entrada for 220V. Anote o valor eficaz desta corrente, a corrente eficaz 0,253 A.
4. ATIVIDADE 3
 4.1 MEDIÇÃO COM LÂMPADAS FLUORESCENTES.
 
a) Medição 1: Lâmpada de 20 W com reator Convencional. 
Monte o circuito mostrado na Figura 3. Realize a configuração correta do DRANETZ para que seja possível realizar a medição do conteúdo Harmônico. Preencha a tabela 4. 
Figura 3 \u2013 Medição 1.
	Modelo Reator:
Convencional 36/40w
	FP Fabricante:
0,52
	FP Medido:
0,36
	
	Uf
	U\u2081
	U\u2083
	U\u2085
	U\u2087
	U\u2081\u2081
	U\u2081\u2083
	I\u2081
	I\u2083
	I\u2085
	I\u2087
	I\u2081\u2081
	I\u2081\u2083
	THD\u1d64
	TDH\u1d62
	220V
	212,7V
	5,34
	1,22
	1,05
	0,34
	0,17
	1,08
	15,71
	4,52
	2,32
	0,3
	0,06
	5,65
	16,52
	Potência Ativa: 83,33 W
	Potência Aparente: 235 VA
Tabela 4 \u2013 Valores Obtidos na Medição 1.
Realize também a medição de corrente com o osciloscópio. Observe a forma de onda obtida.
b) Medição 2: 2 Lâmpadas de 40W com reator Eletrônico. 
Monte o circuito mostrado na Figura 4. Realize a configuração correta do DRANETZ para que seja possível realizar a medição do conteúdo Harmônico. Preencha a tabela 5.
Figura 4 \u2013 Medição 2.
	
	Modelo Reator:
Eletrônico 2x40w
	FP Fabricante:
0,95
	FP Medido:
0,97
	
	Uf
	U\u2081
	U\u2083
	U\u2085
	U\u2087
	U\u2081\u2081
	U\u2081\u2083
	I\u2081
	I\u2083
	I\u2085
	I\u2087
	I\u2081\u2081
	I\u2081\u2083
	THD\u1d64
	TDH\u1d62
	220
	213,2
	5,16
	1,42
	1,11
	0,31
	0,21
	0,31
	17,45
	2,67
	1,44
	1,03
	0,41
	5,53
	18,11
	Potência Ativa: 72,5 W
	Potência Aparente: 75 VA
Tabela 5 \u2013 Valores Obtidos na Medição 2.
Realize também a medição de corrente com o osciloscópio. Observe a forma de onda obtida. 
c) Medição 3: 4 Lâmpadas Fluorescentes Compactas. 
Monte o circuito mostrado na Figura 5. Realize a configuração correta do DRANETZ para que seja possível realizar a medição do conteúdo Harmônico. Preencha a tabela 6.
Figura 5 \u2013 Medição 3.
	Modelo Reator:
Eletrônica \u2013 15W
	FP Fabricante:
0,5
	FP Medido:
0,66
	
	Uf
	U\u2081
	U\u2083
	U\u2085
	U\u2087
	U\u2081\u2081
	U\u2081\u2083
	I\u2081
	I\u2083
	I\u2085
	I\u2087
	I\u2081\u2081
	I\u2081\u2083
	THD\u1d64
	TDH\u1d62
	220
	199,5
	5,85
	0,94
	0,87
	0,29
	0,04
	0,48
	68,24
	35,13
	22,8
	9,56
	12,79
	6,07
	84,81
	Potência Ativa: 
	Potência Aparente: 
Tabela 6 \u2013 Valores Obtidos na Medição 3.
Realize também a medição de corrente com o osciloscópio.
5. ATIVIDADE 4
 5.1 MEDIÇÃO COM MIT ACIONADO POR UM INVERSOR DE FREQUÊNCIA. 
Neste experimento será realizada a medição das principais características elétricas do alimentador quando é utilizado um inversor de frequência para acionar um Motor de Indução Trifásico. Serão feitas medições em regime permanente do sistema mostrado na Figura 6. 
ATENÇÃO: 
- Realizar com cuidado a ligação do conjunto Motor + Inversor. Indispensável utilizar proteção e deve-se verificar o tipo de Ligação (delta ou estrela); 
- O Motor deve ser acionado para operar com sua velocidade nominal a vazio. 
- Anotar a forma de ligação utilizada no motor e suas principais características.
Figura 6 \u2013 Montagem do sistema.
Antes de ligar, preencha as tabelas 7 e 8, referentes às especificações do motor e do inversor de frequência.
	FABRICANTE
	WEG
	POTÊNCIA (KV e CV)
	1,1/1,5 CV
	ALIMENTAÇÃO
	220/380 V 
	VELOCIDADE
	1715 RPM
Tabela 7 \u2013 Especificações do MIT.
	FABRICANTE
	Telemecanique
	MODELO
	ATU31HV55NHA
	ALIMENTAÇÃO
	380/500 V
	POTÊNCIA
	5,5 HP
Tabela 8 \u2013 Especificações do Inversor de Frequência.
Após montar o conjunto MIT + Inversor,