Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
AP2 HPA II 1º-15 Gabarito

Pré-visualização | Página 2 de 3

qualidade atendendo ao perfil da classe C e D.
(d) organização flexível, remoção de barreiras burocráticas e novas formas de gratificação.
(e) entregar produtos feitos sob medida para atender expectativas e necessidades específicas dos clientes.
RESPOSTA CORRETA (d) trabalho criativo de Domenico de Masi - Aula 26.
9. A grande maioria dos trabalhadores brasileiros não têm formação técnica e, portanto, são identificados pela produtividade baixa. Já as fábricas da Toyota no Sudeste Asiático “podem projetar e construir um carro duas vezes mais rápido do que as montadoras americanas” porque:
(a) os japoneses se acostumaram a trabalhar rápido por causa das guerras que travaram.
(b) o intra-empreendedorismo não é facilitado nas empresas americanas e brasileiras.
(c) no Japão se busca eficiência a qualquer custo e são removidos os incompetentes. 
(d) uso de mão de obra altamente qualificada no Japão, empreendedorismo e controle da qualidade.
(e) os japoneses são mais espertos do que os americanos e os brasileiros preferem jogar futebol a trabalhar.
RESPOSTA CORRETA (d) Aula 26 empreendedorismo
10. A Terceira Revolução Industrial, conceito recente a respeito das mudanças observadas principalmente na indústria nos últimos vinte anos, está diminuindo ou até eliminando o trabalho humano do processo de produção com a substituição da “mão-de-obra” por robôs. Essa interpretação do ambiente das empresas deve-se a uma visão pessimista de como se desenvolve o trabalho no Século XXI. Podemos concluir que essa afirmação é:
(a) verdadeira porque a cada dia as indústrias usam mais robôs em linhas de montagem.
(b) devido a melhoria contínua e aumento do PIB chinês com diminuição do número de trabalhadores.
(c) que defende a flexibilidade da organizações industriais modernas.
(d) da cultura japonesa samurai aplicada na produção industrial.
(e) sem respaldo na indústria moderna e nas organizações mais desenvolvidas.
RESPOSTA CORRETA (e) Aula 26 visão pessimista de Rifkin – Todas as frases são tiradas do senso comum, porém somente as da letra E completam a frase corretamente segundo Rifkin.
11. A Revolução Industrial permitiu às pessoas o acesso a bens de consumo que antes só eram permitidas à elite da sociedade, aos senhores ou aos mais ricos, deixando os trabalhadores sem recursos, exceto sua capacidade para exercer atividades laborais. Podemos, portanto, concluir que:
(a) o compromisso que uma organização deve ter com a sociedade não foi devidamente seguido nas sociedades capitalistas.
(b) uma empresa que tem compromisso com o bem estar e a qualidade de vida de seus trabalhadores também cria valor para todos os públicos com que se relaciona.
(c) a responsabilidade social corporativa reflete-se nas decisões que influenciam a sociedade.
(d) por esse motivo, a partir de meados do Século XX, as empresas intensificaram suas ações sociais para preencher a lacuna deixada pelo Estado.
(e) a prática de responsabilidade social se esgota no pagamento dos salários e benefícios previstos em lei.
RESPOSTA CORRETA (d) Aula 22 RSC Todas as demais declarações estão corretas, porém não se relacionam à afirmação inicial.
12. Fritjof Capra em seu último livro “A visão sistêmica da vida” defende que o desenvolvimento humano só é possível em colaboração uma vez que todo o ambiente ecológico está interligado. Esse mesmo pensamento já havia sido mostrado antes citando que o pensamento sistêmico é fundamental para se desenvolver a aprendizagem organizacional segundo: 
(a) todos os teóricos modernos de gestão e competitividade.
(b) Peter Drucker em seu livro “Administração no Século XXI”.
(c) a maior parte dos trabalhadores operacionais de Chicago.
(d) supervisores responsáveis que sabem aplicar os fundamentos do treinamento on the job.
(e) Peter Senge em seu livro “A quinta disciplina”.
RESPOSTA CORRETA (e) Aula 27 pag 185.
13. Uma das novidades identificadas no ambiente empresarial nas últimas décadas está uma nova e importante fonte de diferencial competitivo intangível conhecido como Capital Intelectual que pode ser definido como:
(a) ativos de mercado não identificado e responsável pela fidelidade ao cliente.
(b) ativos de propriedade intelectual como marcas e patentes registradas em países desenvolvidos.
(c) ativos centrados no indivíduo mais bem formados em escolas de primeira linha e destaque.
(d) ativos de superestruturas como patentes e metodologias inovadoras revolucionárias.
(e) ativos de infraestrutura como metodologias e processos.
RESPOSTA CORRETA (e) Aula 27 pag 186 e 187.
14. O taylorismo foi duramente criticado por separar os indivíduos que pensam daqueles que executam as tarefas. No ambiente mais moderno das empresas surgiu o conceito de “ciclo de inteligência nos negócios” que efetivamente deve estar diretamente relacionado a:
(a) falta de supervisores bem treinados e líderes de grupo informais.
(b) a excessiva atenção dada ao trabalho e não às pessoas ou o excessivo cuidado com o bem estar do trabalhador. 
(c) características do capital intelectual e a Escola do Planejamento Estratégico.
(d) padrões de esforço concentrado nos negócios e estresse emocional nas organizações.
(e) linhas claras de autoridade e o efeito halo comum nas indústrias devido à competitividade.
RESPOSTA CORRETA (c) Aula 28 pag 199.
15. Empresas modernas se destacam pela inovação ou não sobrevivem diante da dura competição no mundo moderno. Para atingir tal condição, as empresas devem buscar um ambiente inovador cujos elementos fundamentais são mostrados na Escola da Criatividade, entre os quais podemos citar:
(a) melhoria contínua de processos e sua eficiência para desenvolver empresas em dificuldade.
(b) melhoria da eficiência dos processos e inovações estratégicas. 
(c) inovação de produtos e serviços durante o processo de renovação tecnológica.
(d) uso de máquinas de votar em eleições e melhoria contínua dos processos.
(e) perda do significa intrínseco do trabalho, pirâmide de cargos e busca de pleno emprego.
RESPOSTA CORRETA (b) Aula 29 pag 242.
16. Entre as principais conclusões da Teoria da Aprendizagem Organizacional, mostradas por Peter Senge em “A quinta disciplina” estão relacionadas: 
(a) a visão compartilhada que permite aprendizagem em equipes multifuncionais.
(b) o domínio pessoal que permite compartilhar ideias indiferentes de pessoas que trabalham juntas.
(c) a aprendizagem em equipe só ocorre porque as pessoas compartilham suas opiniões divergentes.
(d) com a noção do todo, pode haver dificuldade para as pessoas respeitarem opiniões divergentes.
(e) todas as afirmativas estão ligeiramente incorretas.
RESPOSTA CORRETA (c) Aula 27 pag 185 e 186.
17. Com o acesso aos smartphones se difundindo na última década, cada vez amis empresas buscam o contato com os clientes por meios alternativos em substituição a lojas físicas, caras e dependentes de apelo visual, aluguel de ambientes sofisticados em shoppings e outros locais de comércio. Para minimizar esses custos, as empresas podem fornecer informações e levar o produto até a residência dos clientes por meio não físico cujas características principais nessas organizações virtuais são:
(a) dispersão geográfica e competência na área técnica inovativa.
(b) comunicação eletrônica e competências essenciais complementares.
(c) igualdade entre as partes envolvidas e mudanças operacionais constantes.
(d) cruzamento de fronteiras organizacionais e participantes em mudanças de estratégias.
(e) Nenhuma das respostas anteriores apresenta apenas características de organizações virtuais.
RESPOSTA CORRETA (b) Aula 30 pag. 280. Todas as respostas apresentam pelo menos uma característica de organização virtual. Somente a letra B apresenta duas características.
18. Muitas empresas brasileiras parecem ter como objetivo principal obter lucro máximo sem se importar com os objetivos pessoais de seus colaboradores. Os padrões éticos e a responsabilidade social são considerados secundários nesse tipo de
Página123