Assunto para estudo na área da administração
29 pág.

Assunto para estudo na área da administração


DisciplinaAdministração157.987 materiais1.132.902 seguidores
Pré-visualização3 páginas
seja flexível, assertivo, criativo, paciente e principalmente persistente diante dos obstáculos impostos diariamente.
Habilidade de Gestão: conhecer as organizações (com suas especificidades) e o ambiente que a cerca, sabendo assim planejar, organizar, liderar e avaliar. 
Habilidades de lidar com conflitos: O conflito é algo que sempre existiu e que sempre existirá. A capacidade de lidar com ele irá determina as conseqüências que ele terá.
Quando não há conflito cria-se estagnação e quando os conflitos são demasiados criam-se rupturas. 
Habilidades de Delegação
A habilidade de delegação é a atribuição de autoridade para que a outra pessoa realize atividades especificas. Assim como uma profissional deve ter a capacidade e maturidade para receber ordens, ele também deve saber ordenar, ou seja, delegar.
Chiavenato (2003) em seu livro \u2013 Introdução a Teoria Geral, diz que o segredo para acompanhar as constantes mudanças e transformações é necessário adquirir competências duráveis. Ou seja, aquelas que, mesmo em tempos de rápida mudança, não se tornam descartáveis nem obsoletas.
Assim ele apresenta as competências duráveis do administrador:
	
Para Robert Katz (1955) o sucesso do administrador depende mais do seu desempenho e da maneira como lida com as pessoas e situações do que de seus traços particulares de personalidade, ou seja, depende daquilo que ele consegue fazer e não daquilo que ele é. 
Para ele existem três tipos de habilidades importantes para o desempenho administrativo bem-sucedido. As habilidades técnicas, humanas e conceituais.
Habilidade Técnicas:
Consiste em utilizar  conhecimentos, métodos, técnicas  e  equipamentos necessários para  realização de tarefas específicas. Estão relacionadas com o fazer, isto é com o trabalho com \u201ccoisas\u201d.
Habilidades Humanas:
Consiste na capacidade de trabalhar com pessoas, compreender suas atitudes  e  motivações.
Habilidades Conceituais:
Consiste em compreender  a  complexidade  da  organização global e o ajustamento do comportamento das  pessoas  dentro da organização. 
	Quais as principais mudanças que acontecem no desempenho de um profissional quando ele progride das atividades Técnicas para as atividades Conceituais? 
Pensem sobre isto e discutiremos mais no fórum e na tele-aula.
 
	Parabéns! Você Chegou ao final da aula web 1.
Agora vamos ao fórum para refletirmos acerca dos conteúdos abordados.
Web Aula 2
Título: Atividades Profissionais
	Apresentação do professor
Dando continuidade ao nosso aprendizado, nesta segunda webaula iremos mudar o rumo de nosso estudos, primeiramente iremos conhecer alguns características das organizações, após iremos dar início a pontos  importantes da história da administração. 
Vamos iniciar com o seguinte questionamento. Por Que Estudar Administração? Porque qualquer indivíduo em algum ponto de sua vida, será um administrador. Os administradores são universais.
E para desempenhar esta função com excelência é necessário aprendizado. O aprendizado poderá ser de várias formas, mas as mais comuns são: aprender a partir da experiência dos outros e aprender a partir da própria experiência.
Os administradores aprendem a partir da experiência dos outros estudando sistematicamente os conceitos, atividades e práticas de administração. Diante deste fato percebemos a necessidade de estudar as teorias que foram desenvolvidas até o presente momento. 
Os administradores também aprendem a partir da própria experiência, ou seja, praticando. Por isto é fundamental sempre associar o que estamos aprendendo na teoria com o dia-a-dia que vivenciamos dentro das organizações. 
Como já é de seu conhecimento, o mundo é formado por organizações. 
Mas por que temos organizações? 
As organizações são mais eficientes do que indivíduos agindo independentemente. Isto pode ser ilustrado pelos conceitos de mercados e hierarquias. Os mercados alocam recursos com base na barganha de preços entre compradores e vendedores individuais. Entretanto, quando as transações se tornam complexas demais ou são insuficientemente definidas, a especialização e os sistemas de informação minimizam os custos, portanto as hierarquias quase sempre são mais eficientes e substituem os mercados mediante a alocação de recursos por meio de regras e relações de autoridade. 
Assim elas existem para atender várias necessidades que a sociedade demanda. Mas, para que isto realmente ocorra é necessário que sejam administradas. Na figura a seguir Lacombe (2003) mostra o porquê da existência da administração.
	
Fonte: (LACOMBE ; HEILBORN, 2003)
Mas afinal o que é administração?
Se você já leu a unidade I do livro da disciplina, com certeza você já sabe a resposta da pergunta acima. E para reforçar seu entendimento, vamos refletir acerca das definições de Administração propostas por Maximiano (2004).
Administração: [Do latim administratione.] I. Ação de administrar. II. Gestão de
negócios públicos ou particulares. III. Governo, regência. IV. Conjunto de princípios, normas e funções que têm por fim ordenar os fatores de produção e controlar sua produtividade e eficiência, para obter determinado resultado. V. Prática desses princípios, normas e funções. VI. Função de administrador; gestão, gerência. VII. Pessoal que administra; direção (Novo dicionário Aurélio, 1ª edição).
Gerência: [Do latim gerentia de gerere, ´fazer´.] I. Ato de gerir. II. As funções do gerente; gestão, administração. III.Mandato de administração. (Novo dicionário Aurélio, 1ª edição).
Gestão: [Do latim gerentia de gerere, ´fazer´.] I. Ato de gerir. II. As funções do gerente; gestão, administração. III. Mandato de administração. (Novo dicionário Aurélio, 1ª edição).
Administratio, Administrationis: Rerum curatio, ´tomar conta das coisas´. Italiano: amministrazione, governo. Francês: gouvernement, administration. Espanhol: dirección, gobierno. Inglês: management administration (Lexicon totius latinitatis, Pádua, 1940).
Management: I. Ação ou maneira de administrar; manejo (handling), direção ou controle. II. Habilidade para administrar. III. Pessoa ou pessoas que controlam e dirigem os negócios de uma instituição ou empresa. IV. Coletivo de executivos, considerados como classe, distinta da mão-de-obra, labor. V. Derivado do latim manus, mão. (Webster´s Encyclopedic Unabridged Dictionary of the English Language, 1994, Gramercy Books).
Manejo: [Do italiano maneggiare.] Administração, gerência, direção, manejo: manejo de negócios (Novo dicionário Aurélio, 1ª edição).
Percebemos para qualquer um dos conceitos as definições tem basicamente o mesmo significado, ou seja: um processo dinâmico de tomar decisões sobre a utilização de recursos, para possibilitar a realização de objetivos (MAXIMIANO, 2004).  
A administração na sociedade moderna tornou-se vital e indispensável. Em uma sociedade de organizações, na qual a complexidade e a interdependência das organizações constituem o aspecto crucial, a Administração avulta como o fator chave para a melhoria da qualidade de vida e para a solução dos problemas mais complexos que afligem a humanidade de hoje (CHIAVENATO, 2003).
Esta idéia pode ser reforçada com a fala de Peter Drucker (considerado o Guru da administração).
	
	Não existem países desenvolvidos e subdesenvolvidos, e sim países que sabem administrar a tecnologia e recursos disponíveis e potenciais e países que ainda não o sabem. 
Em outras palavras, Peter Drucker diz que existem países administrados e mal administrados, e isto ocorre também com as organizações. Existem organizações bem administradas e organizações mal administradas. 
E para conseguirmos fazer uma boa administração dependemos de vários pré-requisitos e um deles é ter conhecimento acerca de algumas informações importantes. Vejamos...
	Níveis Organizacionais
 
	
	Nível Institucional
	Atividades de Direção
	Nível Intermediário
	Atividades Gerenciais
	Nível Operacional
	Atividades de execução
A forma