Empreendedorismo-Paulo-Sertek-pdf
244 pág.

Empreendedorismo-Paulo-Sertek-pdf


DisciplinaEmpreendedorismo38.708 materiais500.482 seguidores
Pré-visualização50 páginas
de mercado, 133 | 
Mapa de utilidade para o comprador, 136 | Síntese, 142
fAtoreS A Serem ConSiderAdoS 
nA eSCoLhA do produto/SerViço: 
primeirA pArte, 146
Desenvolver conceitos, 149 | Identificar riscos, 157 | Sazonali-
dade, 157 | Efeitos da situação econômica, 158 | Controle gover-
namental, 159 | Dependência de elementos de disponibilidade e 
custo incerto, 159 | Ciclo de vida do setor \u2013 expansão, estagna-
ção ou retração, 160 | Lucratividade, 165 | Mudanças que estão 
ocorrendo no setor e efeitos das mudanças tecnológicas, 166 | Grau 
Ne
nh
um
a p
ar
te 
de
sta
 pu
bli
ca
çã
o p
od
er
á s
er
 re
pr
od
uz
ida
 po
r q
ua
lqu
er
 m
eio
 ou
 fo
rm
a s
em
 a 
pr
év
ia 
au
tor
iza
çã
o d
a E
dit
or
a I
bp
ex
. A
 vi
ola
çã
o d
os
 di
re
ito
s a
uto
ra
is 
é c
rim
e e
sta
be
lec
ido
 na
 Le
i n
º 9
.61
0/1
99
8 e
 pu
nid
o p
elo
 ar
t. 1
84
 do
 C
ód
igo
 P
en
al.
de imunidade à concorrência e atração pessoal (intangíveis), 170 
| Formação de barreiras à entrada, 171 | Procurar experiências 
similares e reduzir riscos, 172 | Síntese, 175 |
fAtoreS A Serem ConSiderAdoS 
nA eSCoLhA do produto/ SerViço: 
SeGundA pArte, 180
Avaliação do potencial de lucro e crescimento, 181 | O que são 
os fracassos?, 183 | O que são os negócios medíocres?, 188 | O 
que são os negócios de sucessos pessoais?, 189 | O que são os 
negócios de sucessos passageiros? , 189 | O que são os negócios 
de grandes sucessos?, 190 | Dinâmica dos negócios: oferta e de-
manda, 192 | Efeito da experiência, 193 | Síntese, 194
CritérioS deCiSórioS, 198
Critério financeiro, 202 | Prudência, 206 | Síntese, 210
eLABorAr o pLAno de neGóCioS, 214
A importância da visão do seu negócio para o investidor, 217 | 
Como tornar o sonho em realidade?, 217 | Síntese, 221
Considerações finais, 225
Referências, 229
Respostas, 235
Sobre o autor, 241
Ne
nh
um
a p
ar
te 
de
sta
 pu
bli
ca
çã
o p
od
er
á s
er
 re
pr
od
uz
ida
 po
r q
ua
lqu
er
 m
eio
 ou
 fo
rm
a s
em
 a 
pr
év
ia 
au
tor
iza
çã
o d
a E
dit
or
a I
bp
ex
. A
 vi
ola
çã
o d
os
 di
re
ito
s a
uto
ra
is 
é c
rim
e e
sta
be
lec
ido
 na
 Le
i n
º 9
.61
0/1
99
8 e
 pu
nid
o p
elo
 ar
t. 1
84
 do
 C
ód
igo
 P
en
al.
Este livro traz alguns recursos que visam enriquecer o seu aprendizado, 
facilitar a compreensão dos conteúdos e tornar a leitura mais dinâmica. 
São ferramentas projetadas de acordo com a natureza dos temas que 
vamos examinar. Veja a seguir como esses recursos se encontram dis tri-
buídos no projeto gráfico da obra.
Para saber mais
Você pode consultar as obras 
indicadas nesta seção para 
aprofundar sua aprendizagem.
Estudo de caso
Esta seção traz ao 
seu conhecimento 
situações que 
vão aproximar 
os conteúdos 
estudados de 
sua prática 
profissional.
Ne
nh
um
a p
ar
te 
de
sta
 pu
bli
ca
çã
o p
od
er
á s
er
 re
pr
od
uz
ida
 po
r q
ua
lqu
er
 m
eio
 ou
 fo
rm
a s
em
 a 
pr
év
ia 
au
tor
iza
çã
o d
a E
dit
or
a I
bp
ex
. A
 vi
ola
çã
o d
os
 di
re
ito
s a
uto
ra
is 
é c
rim
e e
sta
be
lec
ido
 na
 Le
i n
º 9
.61
0/1
99
8 e
 pu
nid
o p
elo
 ar
t. 1
84
 do
 C
ód
igo
 P
en
al.
Conteúdos do capítulo
 » Fatores impulsionadores das mudanças;
 » Impacto das mudanças na configuração do trabalho;
 » Tendências estruturais nas organizações.
Após o estudo deste capítulo, você será capaz de:
1. identificar os fatores que geram mudanças nas organizações;
2. identificar as mudanças na configuração do trabalho devido 
à globalização;
3. identificar o modelo estrutural das organizações.
GLOBALIZAÇÃO \u2013 
PERSPECTIVA 
GERENCIAL LOCAL 
E INTERNACIONAL
Conteúdos do capítulo
Logo na abertura do capítulo, você fica conhecendo os conteúdos que serão 
nele abordados.
Após o estudo deste capítulo, você será capaz de:
Você também é informado a respeito das competências que irá desenvolver 
e dos conhecimentos que irá adquirir com o estudo do capítulo.
Síntese
Você dispõe, ao final do capítulo, de uma síntese que traz os principais 
conceitos nele abordados.
Ne
nh
um
a p
ar
te 
de
sta
 pu
bli
ca
çã
o p
od
er
á s
er
 re
pr
od
uz
ida
 po
r q
ua
lqu
er
 m
eio
 ou
 fo
rm
a s
em
 a 
pr
év
ia 
au
tor
iza
çã
o d
a E
dit
or
a I
bp
ex
. A
 vi
ola
çã
o d
os
 di
re
ito
s a
uto
ra
is 
é c
rim
e e
sta
be
lec
ido
 na
 Le
i n
º 9
.61
0/1
99
8 e
 pu
nid
o p
elo
 ar
t. 1
84
 do
 C
ód
igo
 P
en
al.
Questões para reflexão
Nesta seção, a proposta é 
levá-lo a refletir criticamente 
sobre alguns assuntos e 
trocar ideias e experiências 
com seus pares.
Questões para revisão
Com estas atividades, você 
tem a possibilidade de rever 
os principais conceitos 
analisados. Ao final do livro, 
o autor disponibiliza as 
respostas às questões, a fim 
de que você possa verificar 
como está sua aprendizagem.
Ne
nh
um
a p
ar
te 
de
sta
 pu
bli
ca
çã
o p
od
er
á s
er
 re
pr
od
uz
ida
 po
r q
ua
lqu
er
 m
eio
 ou
 fo
rm
a s
em
 a 
pr
év
ia 
au
tor
iza
çã
o d
a E
dit
or
a I
bp
ex
. A
 vi
ola
çã
o d
os
 di
re
ito
s a
uto
ra
is 
é c
rim
e e
sta
be
lec
ido
 na
 Le
i n
º 9
.61
0/1
99
8 e
 pu
nid
o p
elo
 ar
t. 1
84
 do
 C
ód
igo
 P
en
al.
Viste como levantaram aquele edi-
fício de grandeza imponente? \u2013 Um 
tijolo, e outro. Milhares. Mas um 
a um. \u2013 E sacos de cimento, um a 
um. E blocos de pedra, que são bem 
pouco ante a mole do conjunto. \u2013 E 
pedaços de ferro. \u2013 E operários tra-
balhando, dia a dia, as mesmas ho-
ras... Viste como levantaram aquele 
edifício de grandeza imponente? [...] 
À força de pequenas coisas!
(Escrivá, 1999)
Ne
nh
um
a p
ar
te 
de
sta
 pu
bli
ca
çã
o p
od
er
á s
er
 re
pr
od
uz
ida
 po
r q
ua
lqu
er
 m
eio
 ou
 fo
rm
a s
em
 a 
pr
év
ia 
au
tor
iza
çã
o d
a E
dit
or
a I
bp
ex
. A
 vi
ola
çã
o d
os
 di
re
ito
s a
uto
ra
is 
é c
rim
e e
sta
be
lec
ido
 na
 Le
i n
º 9
.61
0/1
99
8 e
 pu
nid
o p
elo
 ar
t. 1
84
 do
 C
ód
igo
 P
en
al.
Ne
nh
um
a p
ar
te 
de
sta
 pu
bli
ca
çã
o p
od
er
á s
er
 re
pr
od
uz
ida
 po
r q
ua
lqu
er
 m
eio
 ou
 fo
rm
a s
em
 a 
pr
év
ia 
au
tor
iza
çã
o d
a E
dit
or
a I
bp
ex
. A
 vi
ola
çã
o d
os
 di
re
ito
s a
uto
ra
is 
é c
rim
e e
sta
be
lec
ido
 na
 Le
i n
º 9
.61
0/1
99
8 e
 pu
nid
o p
elo
 ar
t. 1
84
 do
 C
ód
igo
 P
en
al.
ApreSentAção
A riqueza dos empreendimentos depende, sobretudo, das 
pessoas que os empreendem e, no século XXI, não basta somen-
te intuição, é preciso competência em virtude da grande con-
corrência. Mal você começa a fazer algo, já surgem outras tantas 
pessoas querendo fazer o mesmo. Não dá para brincar, é preciso 
ser competente! Competência não se improvisa! As competências 
nada mais são que o conjunto de conhecimentos, habilidades
Alexandro
Alexandro fez um comentário
Bom dia Paulo, por favor poderia me enviar o livro em pdf. obrigado
1 aprovações
Jefferson
Jefferson fez um comentário
Oi Tem como enviar por email ? Vc tem esse livro?? Desde ja agradeco
1 aprovações
Carregar mais