Dimensionamento de RH para UAN

Dimensionamento de RH para UAN


DisciplinaAsa II110 materiais273 seguidores
Pré-visualização1 página
*
*
DIMENSIONAMENTO DE RECUSRSOS HUMANOS PARA UAN
INTRODUÇÃO:
Considerar variáveis que se diferem de uma UAN para outra, avaliar as características individuais de cada UAN
Política de RH
Padrão de atendimento
Recursos físicos e materiais
Padrão de cardápios
Tipos de refeições
Sistema de distribuição 
Modalidade do serviço 
Horário das refeições
Sistema de higienização 
Nível de tecnologia
Jornada de trabalho
Padrões e normas de procedimentos
*
*
Métodos para Cálculos de Pessoal para a UAN
De Unidades Hospitalares:
A partir do nº de leitos, do nº de funcionários do hospital e do nº de refeições diárias servidas no hospital.
Nº de Leitos do Hospital:
MEZOMO:
1 empregado para cada 8 leitos do hospital +20% para cobrir eventuais faltas e licenças
OLIVEIRA:
1 empregado para cada 3,5 e 3,8 leitos do hospital \u2013 já incluídos substitutos de férias e folgas
*
*
Métodos para Cálculos de Pessoal para a UAN
Nº de empregados do Hospital:
MEZOMO:
8% do quadro de pessoal do hospital
OLIVEIRA:
Mínimo de 10% e máximo de 15% do quadro de pessoal do hospital
PASSOS:
10% dos funcionários do hospital 
12% quando o nº de leitos do hospital for inferior a 60 leitos
MEZOMO e OLIVEIRA admitem que os percentuais que recomendam são suficientes para produzir, higienizar e distribuir a refeição \u2013 não estão incluídos os empregados substitutos de férias e folgas necessários para a UAN.
*
*
Métodos para Cálculos de Pessoal para a UAN
Os resultados obtidos revelam uma diferença entre os diversos métodos aplicados.
TEIXEIRA e cols. em uma avaliação dos métodos existentes constataram, em todos os hospitais estudados, a adoção da recomendação de 10 a 15% dos funcionários totais do hospital para a UAN.
Diferença nos percentuais estão no sistema de atendimento, padrões de cardápios, ...
*
*
Métodos para Cálculos de Pessoal para a UAN
Nº de refeições servidas no hospital:
GANDRA e cols:
Tempo médio para preparar, distribuir e higienizar uma refeição em hospitais = 15 min.
Jornada diária de trabalho, somatório do nº de refeições servidas, produção das refeições centralizadas e distribuição das refeições descentralizada, inclusão nos cálculos nº de nutricionistas com exceção da chefia.
Calcula-se o nº de empregados fixos e em seguida os substitutos de folgas, férias e feriados.
Fórmula para o cálculo de pessoal fixo da UAN:
IPF = nº de refeições x 15 minutos
 Jornada diária de trabalho em minutos
*
*
Métodos para Cálculos de Pessoal para a UAN
Nº de refeições servidas no hospital:
Cálculo para o pessoal substituto (folgas, férias e feriados)
Período de descanso de cada empregado depende do tipo de jornada diária de trabalho, inclui: folgas semanais, feriados e férias.
Fórmula do Indicador de Pessoal Substituo de Descanso \u2013 ISD
ISD = 365 dias do ano \u2013 (período de descanso) 
					período de descanso
*
*
Métodos para Cálculos de Pessoal para a UAN
Para cada tipo de jornada de trabalho corresponde a ISD diferente:
1 folga semanal:
Férias = 30 dias
Domingos = 48 dias
Feriados = 12 dias
Total de 90 dias de descanso
ISD = 365 \u2013 90 = 3,06 
 90
Jornada 12/36:
Férias = 30 dias
Folgas = 168 dias = (365 \u2013 30) /2
Total de 198 dias de descanso
ISD = 365 \u2013 (30 + 168) = 0,84 
 198
Nº. de funcionários substitutos = IPF
 ISD
*
*
Métodos para Cálculos de Pessoal para a UAN 
Não Hospitalar
De Unidades Não Hospitalares:
Baseia-se no gasto em minutos, para produzir, higienizar e distribuir uma refeição.
Relação com o número de refeições produzidas por dia.
Nº de minutos necessários para produzir uma refeição segundo GANDRA e cols.:
*
*
O número de refeições/dia é constituído dos seguintes tipos de refeições:
Almoço, jantar, refeição noturna completa.
Deve ser considerada a jornada média do trabalho realizado.
A jornada média deve ser ponderada quando existir diferentes horários de trabalho.
O número de pessoal fixo traduz o número de minutos necessários para produzir o total de refeições da UAN.
UAN produz 1.000 refeições totalizam 10.000 minutos/dia.
Métodos para Cálculos de Pessoal para a UAN
Não hospitalar
*
*
Calcula-se o pessoal fixo e quando necessário calcula-se os substitutos de folgas e feriados, e para todos eles, os substitutos de férias.
 IPF = nº de refeições x nº minutos
		 Jornada trab. diária em minutos
 ISD = 365 dias do ano \u2013 (período descanso) 
		 Período de descanso
 IPF 
 ISD
Métodos para Cálculos de Pessoal para a UAN
Não hospitalar
*
*
Dimensionamento de Pessoal:
MEZOMO:
Administração \u2013 15%
Recebimento e estocagem \u2013 8%
Preparo de gêneros \u2013 11 %
Cocção \u2013 20%
Desjejuns e Lanches \u2013 5%
Cafeteria \u2013 7%
Copas de Distribuição \u2013 20%
Lavagem de louça + faxina \u2013 8%
Serviço noturno \u2013 6% 
Tipos de cargos na UAN:
Irá varia de acordo com a característica de cada tipo de serviço: confeiteiro, magarefe, padeiros, ...
Métodos para Cálculos de Pessoal para a UAN
Não hospitalar
*
*
Avaliação dos Recursos Humanos
(TA E RP)
Taxa de Absenteísmo (TA)
Indicador utilizado para avaliar o desempenho da UAN como um todo;
É o que mais reflete a qualidade da administração de pessoal;
Ausências não programadas \u2013 grandes transtornos \u2013 substituições de cardápios, atrasos na distribuição, ...
Faltas constantes \u2013 possíveis causas no manipulador: podem gerar agressividade, irritabilidade e negligência \u2013 sobrecarregando trabalhadores presentes \u2013 sentimento de exploração.
Faltas constantes \u2013 possíveis doenças no manipulador: estresse, doenças por somatização, acidentes de trabalho, acúmulo de fadiga.
Não se resolve os problemas das faltas contratando mais mão-de-obra \u2013 só aumenta o problema. Precisa ser detectado o problema e que sejam sanados.
 Indicador é calculado pela relação percentual entre a média de faltas diárias em determinado período e o número total de empregados no período considerado:
*
*
Taxa de Absenteísmo
TA = nº médio de empregados ausentes no período x 100
nº de empregados no período
Nº médio de empregados ausentes no período:
Computa-se o nº total de faltas no período desejado para a avaliação e divide-se pelo nº de dias úteis nesse mesmo período
Nº de empregados no período:
É o total de empregados contratados pelo serviço
Exemplo: 
UAN com 30 empregados que registrou uma média de ausências diárias igual a 1,5:
 TA = 1,5 x100 = 5%
30
O ideal do absenteísmo é ZERO, cada UAN deverá determinar o padrão aceitável de acordo com suas características, no caso de excesso, implementar medidas corretivas.
*
*
Rotatividade de Pessoal
Rotatividade de Pessoal \u2013 turn over (RP)
Expressa a relação percentual entre o número de demissões em um período (D) e o número médio de empregados que compõe o quadro de pessoal nesse mesmo período de tempo.
		RP = 	_______D x 100 _______ 
			Nº médio de empregados
O número médio de pessoal é igual a soma do nº de empregados no início e no final do período considerado, dividido por dois.
Exemplo:
UAN que manteve 30 empregados e que registrou 5 desligamentos em 6 meses.
	RP = 5 x 100 = 16,7%
 30
Esse indicador não deve ser igual a zero e nem muito elevado.
Deve manter o equilíbrio dos recursos humanos dentro da UAN, de acordo com a produtividade, capacitação e motivação dos empregados.
*