Narrativa clássica
18 pág.

Narrativa clássica


DisciplinaPráticas de Roteiro7 materiais156 seguidores
Pré-visualização1 página
A NARRATIVA CLÁSSICA
Apontamentos sobre textos de David 
Bordwell e Syd Field
NARRATIVA CLÁSSICA 
HOLLYWOODIANA
\u2022 Apresenta indivíduos definidos, empenhados 
em resolver um problema evidente ou atingir 
objetivos específicos. 
\u2022 Nessa busca os personagens entram em 
conflito com outros personagens ou com 
circunstâncias externas.
\u2022 A história acaba com uma vitória ou derrota 
decisivas, a resolução do problema e a 
conquista ou não dos objetivos fica clara.
PROTAGONISTA
\u2022 é o principal responsável pelo que acontece 
na história: um indivíduo distinto dotado de 
um conjunto evidente e consistente de traços, 
qualidades e comportamentos.
\u2022 É com quem o público se identifica mais.
FORMATO CANÔNICO
\u2022 Estabelece-se um estado inicial de coisas que 
é violado e deve ser restabelecido.
\u2022 A trama é composta por um estágio de 
equilíbrio, sua perturbação, a luta e a 
eliminação do elemento perturbador.
PLOT (TRAMA, ENREDO) CLÁSSICO 
\u2022 Duas linhas de enredo, um romance e outra 
esfera \u2013 trabalho, guerra, missão ou busca, 
relações pessoais. 
\u2022 Cada linha tem objetivo, obstáculos e clímax.
\u2022 Esferas distintas porém interdependentes.
FÁBULA
\u2022 CAUSALIDADE é o princípio unificador 
primário.
\u2022 Tudo é subordinado ao movimento de causa e 
efeito.
\u2022 Cenários e locações são motivados 
realisticamente, por necessidade 
composicional (se o personagem é um 
jornalista, precisamos ver onde ele escreve).
\u2022 A CAUSALIDADE também motiva o tempo: ordem, 
frequência e duração dos eventos da fábula 
revelam as relações causais mais salientes, por 
exemplo:
\u2022 DEADLINE ou PRAZO FINAL/ÚLTIMO MOMENTO: 
calendários (A volta ao mundo em 80 dias); 
relógios (Matar ou morrer), estipulação (Tempo 
esgotado), ou simplesmente indicações que o 
tempo está passando (resgate no último minuto). 
AÇÃO DRAMÁTICA
\u2022 O clímax de um filme clássico frequentemente 
é um prazo final.
\u2022 Isso demonstra a força da estrutura em definir 
a ação dramática como o tempo que se gasta 
para alcançar ou não um objetivo.
Sequência
\u2022 SÉRIE DE CENAS LIGADAS, OU CONECTADAS, 
POR UMA ÚNICA IDÉIA.
CENA
\u2022 UNIDADE BÁSICA
\u2022 ELEMENTO ISOLADO MAIS IMPORTANTE DO 
ROTEIRO
\u2022 O PROPÓSITO É MOVER A HISTÓRIA ADIANTE
\u2022 AS CENAS DA NARRAÇÃO HOLLYWOODIANA 
SÃO CLARAMENTE DEMARCADAS POR MEIO 
DE CRITÉRIOS NEOCLÁSSICOS (SEGUEM A 
REGRA DAS TRÊS UNIDADES DE ARISTÓTELES):
UNIDADE DE TEMPO 
\u2022 DURAÇÃO CONTÍNUA OU 
CONSISTENTEMENTE INTERMITENTE. A 
MESMA CENA PODE SER DIVIDIDA EM PARTES 
E ALTERNADA COM OUTRA CENA.
UNIDADE DE ESPAÇO
\u2022 A CENA ACONTECE NUM LUGAR DEFINIDO E 
ÚNICO.
UNIDADE DE AÇÃO
\u2022 UMA FASE DISTINTA DE CAUSA E EFEITO.
FINAL CLÁSSICO
\u2022 COROAMENTO DA ESTRUTURA, A 
CONCLUSÃO LÓGICA DE UMA CADEIA DE 
EVENTOS, O EFEITO FINAL DA CAUSA INICIAL.
NARRAÇÃO CLÁSSICA
\u2022 ONISCIENTE, POSSUI ALTO GRAU DE 
COMUNICABILIDADE E APENAS 
MODERADAMENTE AUTOCONSCIENTE.
\u2022 \u201cDE MODO GERAL A NARRAÇÃO CLÁSSICA REVELA 
SUA DISCRIÇÃO COLOCANDO-SE COMO UMA 
INTELIGÊNCIA EDITORIAL QUE SELECIONA ALGUNS 
FRAGMENTOS TEMPORAIS PARA UM 
TRATAMENTO EM GRANDE ESCALA (AS CENAS), 
PROMOVE O ENXUGAMENTO DE OUTROS E 
APRESENTA OS DEMAIS DE UM MODO 
ENORMEMENTE COMPRIMIDO (AS SEQUÊNCIAS 
EM MONTAGEM), ELIMINANDO, SIMPLESMENTE, 
OS EVENTOS SEM CONSEQUÊNCIA.\u201d
CONCLUSÃO
\u2022 \u201cNO CONJUNTO, A NARRAÇÃO CLÁSSICA 
CONVIDA À FORMULAÇÃO DE HIPÓTESES 
ALTAMENTE PROVÁVEIS E EXCLUSIVAS E 
ENTÃO AS CONFIRMA, MANTENDO AO 
MESMO TEMPO A DIVERSIDADE NO 
DESENVOLVIMENTO CONCRETO DA AÇÃO.
\u2022 O ESPECTADOR É SOLICITADO A CONSTRUIR 
UMA FÁBULA DENOTATIVA, UNÍVOCA E 
INTEGRAL.\u201d