Trabalho-academico PCC 3 semestre
14 pág.

Trabalho-academico PCC 3 semestre


DisciplinaEducação Física55.344 materiais299.006 seguidores
Pré-visualização2 páginas
UNIVERSIDADE PAULISTA
PROGRAMA DE GADUAÇÃO PLENA EM EDUCAÇÃO FÍSICA
XXXXXXXXXXX
PRÁTICA COMO COMPONENTE CURRICULAR: 3 SEMESTRE
RIO DE JANEIRO/RJ
2018
( Seu nome em maiúsculo) 
PRÁTICA COMO COMPONENTE CURRICULAR: 3 SEMESTRE
PCC ( Prática como componente curricular) 3 semestre, apresentada a Universidade Paulista, como requisito parcial à obtenção do título de Graduação Plena em Educação Física.
 Área de concentração: Saúde.
Orientador: Prof. ___________________.
Coorientador: Prof. Dr. ______________.
RIO DE JANEIRO/RJ
2018
RESUMO
Muito se tem discutido, ao longo do tempo, que o esporte é fundamental para a saúde, mas podemos observar que nem todos tem acesso irrestrito a ele. Vamos abordar ao longo desse trabalho exemplos de algumas crianças/pré-adolescentes que tiveram acesso ao Handebol, Basquete e Ginastica Artística e hoje nos servem como inspiração para pesquisas na área da saúde, biomecânica, sistemas circulatório, genética, nutrição, capacidades inatas que surpreendem até os mais afortunados atletas de alto rendimento e juntamente com a capacidade do preparador físico e seu olhar clínico, diagnosticar que um atleta se forma a partir de natureza multifatorial e para isso precisa ser trabalhado.
Palavras-chave: . Genética. Sistema Circulatório. Biomecânica.
ABSTRACT
Much has been argued over time that sport is fundamental to health, but we can see that not everyone has unrestricted access to it. In this work, we will explore examples of some children / pre-adolescents who have had access and Handball, Basketball and Artistic Gymnastics who today serve as inspiration for research in health, biomechanics, circulatory systems, genetics, nutrition, innate abilities that surprise even the most fortunate top athletes yield and along with the ability of the physical trainer and his clinical look, to diagnose that an athlete is formed from multifactorial nature and for this needs to be worked out.
Key words: . Genetics. Circulatory system. Biomechanics
LISTA DE FIGURAS
	Figura 1 
	Fotografia para demonstração do ensino da técnica. ( anexo )
	
LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS
	ABNT
	Associação Brasileira de Normas Técnicas	
	IBGE
	Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
	GA
	Ginástica Artística
	CO2 
	dióxido de carbono
	SNC
	Sistema Nervoso Central
	trad.
	Tradutor
SUMÁRIO
	1
	INTRODUÇÃO .................................................................................................
	8
	2
	GINÁSTICA ARTÍSTICA..................................................................
	9
	2.1
	GENÉTICA NA PRATICA DE GINASTICA ARTISTICA.........................
	9
	2.1.1
	Trave de equilibrio .....................................................................................
	10
	3.
	SISTEMAS CIRCULATÓRIO E RESPIRATÓRIO/HANDEBOL ............
	10
	4.
	BIOMECÂNICA DO MOVIMENTO/BASQUETE......................................
	11
	5
	CONCLUSÃO....................................................................................................
	12
	
	REFERÊNCIAS.................................................................................................
	13
\ufffd
1 INTRODUÇÃO
 Segundo uma pesquisa feita em 2017 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 62% entre jovens e adultos com mais de 15 anos idade não praticavam nenhum tipo de esporte ou atividade física, isso equivale a mais de 100 milhões de pessoas decorrente da falta de tempo ou mesmo de interesse e tem maior ou menos preponderância de acordo com a idade e o que podemos constatar ao longo dos anos é que essa influência começa na primeira infância, na escola, juntamente com o professor de educação física, e por intermédio dele, podemos dizer até \u201cpor responsabilidade dele\u201d, que os interesses aumentam ou diminuem. É na infância até a adolescência que se nutre o atleta dentro de cada um.
Nesse trabalho vamos abordar o tema onde uma criança de 10 anos, atleta de ginástica artística, no auge da boa forma que se prepara para fazer testes em equipes maiores, sua melhor prova é a trave de equilíbrio. A escolha desse tema é para podermos viajar e aprender os benefícios que o esporte trás a saúde desde sempre e quanto mais cedo e a influência da genética para a prática dessa modalidade. 
Mais a frente faremos uma breve explanação de que maneira o bom desenvolvimento do sistema circulatório e respiratório é importante para a prática do handebol, bem como a biomecânica do movimento é fundamental para potencializar a força e a potência no basquete.
2 GINÁSTICA ARTÍSTICA
 Uma breve elucidação sobre a GA - Ginástica Artística conhecida também como Ginástica Olímpica, entretanto se trata de um grupamento de exercícios corporais coordenados, trabalhados com afinco e para fins de competição. Harmonizando potência, celeridade e a maleabilidade. Mas nem sempre foi assim, a GA foi oficialmente considerada uma modalidade esportiva no século XIX, existe desde a Grécia Antiga. De acordo com registros históricos, na época os gregos executavam acrobacias em aparelhos com a meta de alcançar a excelência corporal.
 Só no início do século XIX passou a ser classificada como tal pelos esforços incansáveis de Friedrich Ludwig Jahn (1778-1852), um pedagogo alemão que fundou diversos centros de ginástica para contemplar jovens interessados na prática.
De acordo com Friedrich Ludwig Jahn
\u201cA alma da ginástica é a vida do povo, e este só se pode desenvolver sob o céu aberto, ao ar livre\u201d 
2.1 GENÉTICA NA PRÁTICA DE GINÁSTICA ARTÍSTICA
Para alcançar níveis de excelência no esporte é necessário unir diversos quesitos, e fundamentalmente o genético, pois este, já afunila quem melhor se destacará em determinada modalidade. Não quer dizer que uma pessoa com 1,60m de altura não possa jogar basquete, mas provavelmente essa altura seria ideal na ginástica artística oferecendo vantagens biomecânicas ao atleta, tornando-o capaz de tirar mais vantagens aliando ambiente, treinamento, características pessoais e nutrição. Sendo assim, a genética do indivíduo se tornou um fator determinante, pois podemos constatar que há uma gama de atletas tentando sobressair, mas só alguns conseguem.
 Podemos reiterar que a \u201cciência dos genes\u201d, será valorosa num futuro bem próximo para a atividade esportiva, servirá para melhor direcionar os novatos, conduzirá com excelência os adeptos e assim preservará os atletas de alto rendimento contra lesões, trazendo uma qualidade física e esportiva, além de melhorar o desempenho, esse conhecimento pode prolongar o tempo de vida do indivíduo como atleta.
2.1.1 Trave de Equilíbrio
Também conhecida como trave olímpica, a trave é uma barra de 1,25 metros de altura do chão, 5 metros de comprimento e 10 centímetros de largura, envolvida com substância aderente, é o terceiro exercício do concurso feminino e não podemos deixar de mencionar que é exclusivo para mulheres, sendo a primazia a estabilidade e o equilíbrio. A execução tem exatos 90 segundos para ser feita intercalando movimentos técnicos e acrobacias numa coreografia, elegante e sutil harmonizando saltos e giros sem perder o equilíbrio.
 Ao analisar o movimento expresso na fotografia abaixo, executado em uma madeira como era antes do ano de 1980, podemos concluir que o mesmo se assemelha com outras provas, a diferença é que uma má execução pode levar à queda sobre a barra e, por conseguinte um desconforto ou até uma lesão de grau leve a grave, então iremos falar das dificuldades desse movimento. Apesar da aptidão oriunda do se humano em se equilibrar em superfícies estreitas, já vimos que não basta treinamento e acompanhamento nutricional, é imperativo
Kauane
Kauane fez um comentário
Não consigo ver o material
0 aprovações
Carregar mais