A Redação Eficaz - José Paulo Moreira de Oliveira
209 pág.

A Redação Eficaz - José Paulo Moreira de Oliveira


DisciplinaAdministração102.294 materiais761.349 seguidores
Pré-visualização23 páginas
Você	conhece	algum	Professor	de	matemática	-	ou	de	química	-	que	não	se
queixe	da	incompetência	de	seus	alunos	para	resolver	problemas	-
segundo	os	mestres	-	de	fácil	e	cristalina	resolução?
Professor	Isaac	-	que	não	era	nem	Newton	nem	membro	remoto	da
nobre	família	-	era	um	deles.	Bastava	me	ver	no	corredor	da	escola	para
exibir,	infeliz,	aquele	problema	da	prova,	que	rigorosamente	nenhum	de
seus	alunos	conseguira	resolver.
-	Você	está	vendo	só?	O	enunciado	está	claríssimos	O	problema	dos
alunos	não	está	na	matemática.	O	que	eles	não	sabem	mesmo	é	ler	e
interpretar	um	problema.	Para	entender	matemática,	eles	precisavam,
antes	de	tudo,	estudar	português.
Para	não	perder	o	amigo	-	e	a	carona	-	concordava	com	o	velho	mestre,
que	mal	sabia	que	também	eu	somar-me-ia	aos	milhões	de	estudantes	que
jamais	entenderiam	rigorosamente	NADA	do	que	lhes	fora	perguntado.
O	mundo	seria	melhor	e	as	pessoas	seriam	mais	felizes	se	redatores
como	meu	amigo	Isaac	-	que	Deus	o	tenha	-	criassem	o	hábito	saudável	de
planejar,	antes	de	pôr	a	mão	na	massa.
0	bom	comunicador	deve	comprometer-se	a:
>Cuidar	para	que	as	informações	prestadas	assegurem	a	imediata
compreensão	das	propostas	do	autor.
\u27a2Apresentar	dados	suficientes	para	indicar	o	"caminho	das	pedras"	e
assegurar	legibilidade	ao	texto.
\u27a2Utilizar	linguagem	clara	e	acessível.
\u27a2Usar	diagramação	arejada,	títulos	específicos	e	ilustrações	explicativas,
visando	tornar	a	leitura	mais	leve	e	aguçar	o	interesse	do	leitor.
	
II.	RESPEITE	0	TEMPO	DO	LEITOR
Pense	rápido	e	responda:
Você	se	lembra	do	jogo	com	a	França,	que	tirou	o	Brasil	da	final	da	Copa?
Claro	que	sim!
Naquele	dia,	Zidane	"comeu"	a	bola.	Dizem	os	cronistas	esportivos	que	o
craque	francês	disputou	a	melhor	partida	dos	últimos	três	anos,
centralizando	praticamente	todas	as	jogadas	importantes	da	seleção.
Sabendo	que	a	partida	teve	a	duração	total	de	96	minutos,	por	quanto
tempo	Zidane	reteve	a	posse	de	bola?
a.	3	min
b.	40	min
c.	13	min
d.	30	min
e.	18	min
RESPOSTA:
Você	se	surpreenderá	com	o	resultado,	ao	saber	que	a	alternativa	A	é	a
que	mais	se	aproxima	da	verdade.	Apenas	míseros	três	minutos,	tempo
mais	do	que	suficiente	para	fazer	um	atleta	entrar	para	a	história.
Se	você	leva	mais	de	30	segundos	para	ler	um	e-mail,	um	minuto	para	ler
um	folder	ou	acessar	as	informações	de	um	web	site	e	cinco	minutos	para
entender	um	relatório	ou	decodificar	um	manual	de	instruções,	algo	anda
errado	nos	textos	que	você	lê	e	produz.
Robert	Gentle,	autor	do	livro	A	redação	comercial	que	funciona,	criou
uma	tabela	que	leva	em	consideração	o	fator	tempo	médio	de	leitura.
Observe:
0	QUE	SEU	LEITOR	REALMENTE	PENSA
A	reação	mais	comum	dele	é:	eu	preciso	mesmo	ler	isto?
Fonte:	A	redação	comercial	que	funciona.	Robert	Gentle,	Futura.
Se	 você	 levou	 cinco	 minutos	 para	 ler	 -	 e	 entender	 -	 as	 três	 primeiras
páginas	 daquele	 Manual	 de	 Procedimentos,	 elaborado	 pela	 área	 de
Qualidade	de	sua	Empresa,	basta	fazer	as	contas:
\u2713	Se	o	Manual	tem	102	páginas,	você	levará,	pelo	menos,	510	minutos
para	chegar	ao	final	da	leitura.
\u2713	Quinhentos	e	dez	minutos	correspondem	a	oito	horas	e	meia
ininterruptas	de	leitura.
\u2713	Partindo	do	princípio	de	que	você	tem	de
1.respirar
2.atender	telefonemas
3.ler	e	responder	e-mails
4.participar	de	reuniões
5.almoçar
6.parar	para	um	cafezinho
7.	etc.	etc.	etc.
das	duas	uma:
a)Ou	você	não	vai	ler	o	Manual	de	Qualidade.
b)Ou	você	vai	fingir	que	leu	o	Manual	de	Qualidade.
0	fator	tempo	de	leitura	deve	ser	considerado	na	fase	de	planejamento.
Caso	contrário,	seus	textos	serão	simplesmente	descartados	pelo	leitor.
III.	CUIDE	DA	LEGIBILIDADE
Embora	 seja	 impossível	 controlar	 a	 atenção	 do	 leitor,	 há	 certas	 técnicas
cujo	efeito	é	facilitar	a	comunicação,	provocá-la	ou	retomá-la.
Chama-se	legibilidade	a	qualidade	de	um	texto	que	permite	leitura
menos	árida;	conduzindo	a	uma	maior	e,	sobretudo,	mais	rápida
compreensão	da	mensagem.
Dois	fatores	influem	decisivamente	no	grau	de	legibilidade	de	um	texto:	a
construção	e	a	tipografia.
1.	Legibilidade	textual
a.	Quanto	à	escolha	das	palavras,	prefira:
1.Palavras	curtas.	Palavras	longas	exigem	mais	tempo	e	maior	esforço
para	decodificação.
2.Palavras	de	uso	comum.	Arcaísmos,	neologismos	e	estrangeirismos
impõem-se	com	dificuldade.
b.	No	que	diz	respeito	à	construção	de	frases,	prefira:
1.Frases	cuja	construção	deixe	transparecer	suas	articulações.
2.Proposições	cuja	extensão	não	ultrapasse	a	capacidade	de	leitura	e	de
memorização	do	leitor	(parágrafos	com	até	40	palavras	ou	350
caracteres,	incluindo	espaços).
3.Frases	cuja	estrutura	seja	conhecida	e	previsível	(inversões	freqüentes
e	sintaxe	rebuscada	dificultam	a	legibilidade).
Se	o	objetivo	é	compor	mensagem	legível,	deve-se	ter	o	cuidado	de	excluir
as	palavras	LONGAS,	as	palavras	RARAS	e	as	palavras	COMPLEXAS.
2.	Legibilidade	tipográfica
a.	Use	a	fonte	apropriada
1.Use	fontes	sem	serifas	-	Arial	e	Helvética	são	bons	exemplos	-	para
redação	de	títulos,	subtítulos,	confecção	de	crachás	e	cartazes	e
veiculação	de	textos	pela	internet.	Facilitam	a	visualização,	causam
impacto	e	despertam	a	atenção	do	leitor.
2.Use	fontes	com	serifas	-	Times	New	Roman	e	Book	Antiqua	são	bons
exemplos	-	para	corpo	de	texto.	Facilitam	a	legibilidade	e	passam	a
idéia	de	credibilidade,	seriedade,	tradição.
Times	new	roman	Book	Antiqua
3.Use	fontes	script	em	diplomas,	certificados,	cartões	de	visita,	convites
de	casamento	e	cartas	de	apresentação.	Por	imitarem	letras	cursivas,
fontes	script	transmitem	sofisticação	e	acrescentam	certo	tom
personalizado	ao	texto.
4.Você	pode	ainda	variar	a	aparência	do	texto	usando	fontes	incomuns.
Entretanto,	tenha	cuidado:	o	abuso	desse	recurso	pode	passar	idéia	de
pouca	seriedade,	além	de	ser	tarefa	mais	ligada	a	profissionais	do
design.
b.	Disponha	as	informações	na	vertical
1.É	mais	fácil	processar	informações	cujo	fluxo	dominante	seja	de	cima
para	baixo.
ERRADO
O	pagamento	deve	ser	feito	à	vista,	em	favor	da	ZPC,	no	Banco
Real,	agência	0462,	conta-corrente	1722312-4.
CERTO
O	pagamento	deve	ser	feito	à	vista,	na	conta	do	favorecido:
Empresa:	ZPC
Banco:	Real
Agência:	0462
Conta-corrente:	1722312-4
c.	Crie	um	ponto	focal	para	as	informações
1.	Para	realçar	partes	do	texto,	você	pode:
2.	Crie	pontos	focais	para:
\u2022	Identificar	as	ações	que	cabe	ao	leitor	executar.
\u2022	Imprimir	maior	ritmo	e	velocidade	à	leitura.
\u2022	Permitir	a	visualização	imediata	do	que	o	leitor	precisa	saber.
\u2022	Realçar	o	que	for	pertinente	para	a	compreensão	do	todo.
d.	Faça	o	texto	"respirar"
Utilize	 uma	 diagramação	 livre	 e	 espaçosa.	 Lembre-se	 de	 que	 o	 item
papel	é	o	de	menor	valor	na	planilha	de	custos.	O	importante	é	que	seu
texto	seja	claro	e	atinja	a	meta	desejada.
\u2022Dê	espaçamento	entre	letras.	Esse	recurso	vai	tornara	leitura	mais	leve.
\u2022Dê	um	ou	dois	enter	entre	cada	parágrafo.
\u2022Disponha	as	informações	em	itens.	Use	marcadores	e	numeração.
\u2022Use	ilustrações	como	suporte	ao	texto.
\u2022Utilize	coluna	de	texto	estreita,	o	que	aumenta	a	disponibilidade	de
espaço	em	branco.
IV.	BUSQUE	A	PALAVRA	EXATA
Imagens	que	não	se	deve	passar	ao	leitor
Sabichão
É	o	redator	preocupado	apenas	em	mostrar	que	sabe.	Para	ele,	o
importante	não	é	informar	o	leitor,	mas	sim	valorizar	os	esforços
despendidos	para	obter	a	informação.	O	importante	não	é	a	eficácia	da
mensagem,	mas	tentar	vender	uma	imagem	de	conhecimento,	esforço	e
competência.	Resultado:	textos	prolixos,	com	profusão	de	tecnicismos,
períodos	longos	e	detalhes	irrelevantes,	perfeitamente	dispensáveis.
Modernoso
É	uma	variante	do	Sabichão.	O	Modernoso	está	unicamente	preocupado	em
vender	 uma	 imagem	 de	 sintonia	 com	 idéias	 administrativas	 de	 gurus
norte-americanos.	 Qual	 papagaio,	 o	 modernoso	 repete,	 à	 exaustão,	 uma
série	de	frases