Curso de Programação em Javascript e HTML
204 pág.

Curso de Programação em Javascript e HTML


DisciplinaProgramação I20.719 materiais240.495 seguidores
Pré-visualização40 páginas
muito bem todos esses scripts 
que vamos construir brevemente. Esses novos exemplos vão aplicar estes 
conhecimentos para realizar tarefas muito específicas. Uma das primeiras será a 
criação fácil de menus de abrir eficazes e muito fáceis de preparar.
Outro exemplo daquilo que o DHTML lhe pode oferecer são as funcionalidades 
disponíveis neste curso. É graças ao DHTML que é possível incluir um número tão 
elevado de exemplos interativos e produzir as funcionalidades avançadas que os 
fazem funcionar da forma como se vê.
2. O DHTML ainda é pouco aproveitado. Porquê?
O DOM permite manipular todo o conteúdo de uma página recorrendo a scripts: 
alterar o conteúdo de um elemento, inserir novos elementos, remover elementos, 
alterar estilos CSS, etc. Os manipuladores de eventos do HTML permitem-nos 
escrever scripts que reagem às ações do usuário e respondem fazendo alterações ao 
conteúdo da página. Se soubermos usar bem estes recursos seremos capazes de 
criar páginas verdadeiramente dinâmicas que rapidamente estabelecem uma 
comunicação muito mais rica com os usuários.
Mas apesar deste grande potencial, a verdade é que até hoje a utilização do 
DHTML ainda está a um nível muito inferior ao que seria de esperar. A capacidade 
para facilitar e enriquecer a interação dos usuários com um website não foi suficiente 
para convencer os criadores de páginas a adotar o DHTML com entusiasmo. As 
razões principais para isto são três:
\u2022 Muitos criadores de páginas ainda não abandonaram completamente as 
práticas desaconselhadas a que foram obrigados a aderir no passado. Essas 
práticas eram usadas para compensar as fortes imperfeições dos web 
browsers.
\u2022 Apesar da qualidade dos web browsers atuais ser muito aceitável, ainda 
existem incompatibilidades entre eles, que apesar de serem fáceis de superar 
ainda assustam muita gente.
<meta name=&quot;autor&quot; content=&quot;Rafael Feitosa&quot;> 108
Curso de Programação em JavaScript e HTML Dinâmico
Desenvolvimento, aplicações e referências de acordo com as normas do W3C
\u2022 Alguns usuários (muito poucos) ainda insistem na utilização de web browsers 
antigos que desrespeitam os padrões técnicos (HTML 4.01, CSS, DOM) e as 
práticas recomendadas.
3. Que ferramentas vamos usar?
Um bom web browser é tudo o que precisamos para fazer este curso. Pode ser 
usado o MSIE 6.0 ou superior, o Opera 7.2+, ou o Mozilla e seus derivados. Estes web 
browsers já contêm todos os objetos de que precisamos.
3.1 Os objetos do DOM
Os browsers modernos colocam ao dispor dos criadores de páginas um 
conjunto muito rico de objetos que permitem ler e manipular todo o conteúdo de uma 
página da Web.
As especificações técnicas recomendadas pelo W3C para este conjunto de 
objetos (designadas por DOM) definem formas para manipular documentos HTML 
através de scripts e especificam padrões adequados para escrever programas de 
software sofisticados capazes de manipular documentos XML com eficiência.
Porém, estas especificações são extremamente extensas e difíceis de 
implementar, deste modo, os criadores de web browsers decidiram implementar 
apenas aquelas que são mais relevantes para a interação dos scripts com as páginas 
da web. Se juntarmos a isto o fato de os browsers oferecerm outros objetos úteis que 
não pertencem às especificações do DOM notamos que, no momento atual, não 
podemos trabalhar com todos os objetos definidos no DOM e devemos usar outros 
que não pertencem ao DOM.
Temos assim que para o criador de páginas da Web a situação é a seguinte: 
nem todos os objetos definidos no DOM do W3C são relevantes para o DHTML, e há 
objetos que são úteis e estão disponíveis mas não pertencem ao DOM do W3C.
Por isso, as ferramentas que vamos usar no DHTML são compostas por 
objetos definidos no DOM do W3C e por objetos adicionais que são oferecidos pelos 
browsers. Esses objetos adicionais, que são poucos, apesar de não estarem definidos 
em padrões oficiais são suportados pelos browsers dominantes, o que faz deles 
padrões de fato. Recorde que aqui consideramos como dominantes os seguintes 
browsers: MSIE 6.0 e superior, Opera 7.2+, Mozilla e seus derivados.
Para que tudo fique muito claro aqui fica uma reafirmação do critério usado 
neste curso:
Vamos usar todos os recursos disponíveis que nos ofereçam garantias de bom 
funcionamento em todos os browsers importantes. Se existir uma recomendação do 
W3C aplicável ao caso que estamos tratando e suportada pelos browsers então essa 
será a nossa escolha. Se não existir recomendação mas houver uma alternativa 
segura então optaremos por essa alternativa.
3.2 Objetos principais usados em DHTML
Objeto Contém Descrição
window métodos
propriedades
O objeto window ocupa a posição de topo no DHTML. Ele 
contém outros objetos e informação acerca da janela do 
browser e do seu conteúdo.
<meta name=&quot;autor&quot; content=&quot;Rafael Feitosa&quot;> 109
Curso de Programação em JavaScript e HTML Dinâmico
Desenvolvimento, aplicações e referências de acordo com as normas do W3C
document métodos
propriedades
coleções
O objeto document pertence ao objeto window e 
representa o conteúdo da página HTML. Ele nos dá 
acesso aos elementos que definem a página e permite-
nos controlar tudo o que está na página.
event propriedades O objeto event contém informação acerca dos 
acontecimentos que ocorrem numa página HTML, os 
quais resultam de ações do usuário.
history propriedades
métodos
O objeto history contém a história da navegação de uma 
janela do browser e permite regressar a páginas que já 
foram visitadas antes
location propriedades
métodos
O objeto location contém informação acerca da 
procedência de uma página
navigator propriedades O objeto navigator contém informação acerca do browser 
que está apresentando a página.
screen propriedades O objeto screen guarda informação acerca da tela em 
que a página está sendo visualizada
Os capítulos seguintes descrevem estes e outros objetos importantes para o 
HTML Dinâmico e apresentam muitos exemplos de aplicação.
Notas importantes sobre os objetos
Alguns dos métodos destes objetos aceitam argumentos que não podem ser 
descritos de forma simples, deste modo, se optou por não incluir os argumentos 
nestas descrições.
A melhor forma de compreender a forma como se usam os argumentos dos 
métodos mais complexos consiste em estudar e executar os numerosos exercícios de 
aplicação que são oferecidos.
A maioria das propriedades aqui descritas podem ser lidas e modificadas para 
alterar a forma como uma página é apresentada. Quando uma propriedade pode ser 
lida mas não pode ser modificada, ou pode ser modificada mas não pode ser lida, 
essa situação será indicada de forma explícita. Sempre que não for dada qualquer 
indicação assume-se que a propriedade pode ser lida e pode ser modificada.
Muitos elementos da linguagem HTML possuem atributos de apresentação 
(como por exemplo vspace e hspace nos elementos <img> e <applet>) que foram 
rejeitados nas versões modernas do HTML. Apesar do DOM continuar a suportar 
esses atributos fornecendo as propriedades correspondentes, o seu uso deve ser 
desencorajado, usando-se estilos CSS em seu lugar. Por esse motivo algumas dessas 
propriedades não são aqui mencionadas.
Resolução de incompatibilidades
Alguns métodos e propriedades dos objetos que estudaremos neste curso, 
apesar de não serem comuns a todos os browsers, oferecem-nos funcionalidades e 
informação úteis que não podemos obter com segurança de nenhum outro modo.
A sua utilização deve-se ao fato de sermos capazes de resolver facilmente as 
incompatibilidades recorrendo a funções de compatibilidade muito simples.
Nos casos em que o método/propriedade é de pouca utilidade, ou em que não 
é possível escrever uma função de compatibilidade simples que tire partido da sua 
funcionalidade, optamos
Carregar mais