Curso de HTML 4.01 e Introdução ao XHTML 1.0
195 pág.

Curso de HTML 4.01 e Introdução ao XHTML 1.0


DisciplinaHtml143 materiais1.079 seguidores
Pré-visualização41 páginas
descrição da página: 
 
<meta name=&quot;description&quot; content=&quot;Tutoriais e referências técnicas de HTML, 
CSS, JavaScript, XML, XSLT, SVG&quot;> 
 
No fragmento de código seguinte o elemento <meta> contém palavras-chave 
para indexar a página: 
 
<meta name=&quot;keywords&quot; content=&quot;HTML, DHTML, CSS, XML, XHTML, JavaScript, XSLT, 
SVG&quot;> 
 
Como acabamos de ver, os nomes dados ao atributo name indicam claramente 
a finalidade da informação contida no elemento meta. 
 
Infelizmente, muitos criadores de páginas para a Web abusaram do elemento 
meta e usaram de forma contrária à sua filosofia para enganar os motores de 
pesquisa. Em resultado disto os motores de pesquisa passaram a ignorar cada vez 
mais o elemento <meta>, o que acabou dificultando a vida de todos aqueles que 
pretendiam usá-lo corretamente. 
 
 
Curso de HTML 4.01 e Introdução ao XHTML 1.0 
Desenvolvimento, aplicações e referências de acordo com as normas do W3C 
 
 <meta name=&quot;autor&quot; content=&quot;Rafael Feitosa&quot;> 97 
15.5 Valores desconhecidos para o atributo name do elemento <meta> 
 
Algumas vezes encontramos situações em que o atributo name do elemento 
<meta> contém um valor desconhecido, como no exemplo seguinte: 
 
<meta name=&quot;security&quot; content=&quot;low&quot;> 
 
Numa situação destas devemos interpretar o elemento meta como contendo 
informação que é específica do website em causa. Essa informação pode ser 
importante para o autor da página, mas provavelmente é irrelevante para os visitantes. 
É possível que essa informação seja útil para algum software que leia a página. 
 
Para obter informação completa acerca do elemento meta consulte a 
Referência de HTML 4. 
 
Exemplos de Aplicação 
 
As palavras chave do documento 
 
<html> 
<head> 
<meta name=&quot;description&quot; content= &quot;Tutoriais de HTML, CSS, XML, XHTML, SVG e 
Flash disponíveis para download&quot;> 
<meta name=&quot;keywords&quot; content= &quot;HTML, DHTML, CSS, XML, XHTML, JavaScript, XML, 
SVG&quot;> 
<title>Exemplo</title> 
</head> 
<body> 
 <p>Os atributos do elemento meta presentes neste documento descrevem o seu 
 conteúdo e fornecem algumas palavras-chave.</p> 
</body> 
</html> 
 
 
 
A descrição do documento 
 
<html> 
<head> 
<meta name=&quot;author&quot; content=&quot;Manel Ambrósio&quot;> 
<meta name=&quot;revised&quot; content=&quot;Xiko Ambrósio,26/05/03&quot;> 
<meta name=&quot;generator&quot; content=&quot;Um Software Qualquer&quot;> 
<title>Exemplo</title> 
</head> 
<body> 
 <p>Os atributos do elemento <meta> presentes neste documento identificam o 
 autor e o software usado para criar a página.</p> 
</body> 
Curso de HTML 4.01 e Introdução ao XHTML 1.0 
Desenvolvimento, aplicações e referências de acordo com as normas do W3C 
 
 <meta name=&quot;autor&quot; content=&quot;Rafael Feitosa&quot;> 98 
</html> 
 
 
 
 
 
 
Redirecionar para outra página 
 
<html> 
<head> 
<meta http-equiv=&quot;Refresh&quot; content=&quot;10;url=http://www.w3.org&quot;> 
<title>Exemplo</title> 
</head> 
<body> 
 <p>Se o nosso website estivesse em remodelação seria enviado para o website 
 do w3c: <a href=&quot;http://www.w3.org&quot;>http://www.w3.org/</a></p> 
 <p>Dentro de 10 segundos será enviado para o website do W3C.</p> 
 
 <p>Se esta mensagem permanecer visível por mais de 10 segundos, por favor 
 clique na ligação mais acima!</p> 
</body> 
</html> 
 
 
 
 
 
 
16. Molduras (&quot;frames&quot;) 
 
As molduras (&quot;frames&quot;) são subjanelas definidas sobre a janela principal do 
browser. Estas subjanelas são criadas dividindo a janela em várias partes. Cada uma 
dessas partes pode apresentar uma página da Web diferente. As subjanelas são 
habitualmente designadas por molduras, ou &quot;frames&quot;. 
 
Curso de HTML 4.01 e Introdução ao XHTML 1.0 
Desenvolvimento, aplicações e referências de acordo com as normas do W3C 
 
 <meta name=&quot;autor&quot; content=&quot;Rafael Feitosa&quot;> 99 
Exemplos de Aplicação 
 
Como criar um conjunto de subjanelas com três documentos dispostos na 
vertical 
 
Moldura A 
 
<html> 
<head> 
<title></title> 
</head> 
<body> 
 <p>Esta é a moldura <span style=&quot;color: red; font-size: 150%&quot;>A</span></p> 
</body> 
</html> 
 
Moldura B 
 
<html> 
<head> 
<title></title> 
</head> 
<body> 
 <p>Esta é a moldura <span style=&quot;color: blue; font-size: 150%&quot;>B</span></p> 
</body> 
</html> 
 
Moldura C 
 
<html> 
<head> 
<title></title> 
</head> 
<body> 
 <p>Esta é a moldura <span style=&quot;color: teal; font-size: 150%&quot;>C</span></p> 
</body> 
</html> 
 
 
<html> 
<head> 
<title>Exemplo</title> 
</head> 
 <frameset cols=&quot;25%,50%,25%&quot;> 
 <frame src=&quot;moldura_a.html&quot;> 
 <frame src=&quot;moldura_b.html&quot;> 
 <frame src=&quot;moldura_c.html&quot;> 
 </frameset> 
</html> 
 
 
 
Curso de HTML 4.01 e Introdução ao XHTML 1.0 
Desenvolvimento, aplicações e referências de acordo com as normas do W3C 
 
 <meta name=&quot;autor&quot; content=&quot;Rafael Feitosa&quot;> 100 
Como criar um conjunto de subjanelas com três documentos dispostos na 
horizontal 
 
<html> 
<head> 
<title>Exemplo</title> 
</head> 
 <frameset rows=&quot;25%,50%,25%&quot;> 
 <frame src=&quot;moldura_a.html&quot;> 
 <frame src=&quot;moldura_b.html&quot;> 
 <frame src=&quot;moldura_c.html&quot;> 
 </frameset> 
</html> 
 
 
 
 
 
Vantagens e desvantagens das molduras 
 
As molduras (&quot;frames&quot;) permitem-nos apresentar mais do que uma página 
HTML numa única janela do browser. Cada página está dentro da sua própria moldura 
(subjanela) e é independente das restantes páginas. Apesar de oferecerem alguma 
liberdade ao facilitarem bastante a criação de barras de navegação em conjuntos de 
documentos com muitas páginas e de tornarem bastante mais rápido o carregamento 
das páginas, as molduras também podem dar origem a algumas dificuldades, tais 
como: 
 
\u2022 O criador de páginas se vê obrigado a lidar com um número maior de páginas 
ao mesmo tempo. 
\u2022 A impressão do conteúdo do browser fica mais difícil. 
\u2022 Algumas vezes é preciso que um único elemento <a> faça ligação a duas ou 
mais páginas, o que obriga a utilizar JavaScript. 
 
 
O Elemento frameset 
 
\u2022 O elemento <frameset> define a forma como a janela do browser se subdivide 
para acomodar as molduras. 
\u2022 Este elemento divide a janela do browser em linhas e colunas. 
\u2022 Os valores atribuídos às linhas e às colunas indicam a quantidade de área de 
tela que cada linha e cada coluna devem ocupar. 
 
Curso de HTML 4.01 e Introdução ao XHTML 1.0 
Desenvolvimento, aplicações e referências de acordo com as normas do W3C 
 
 <meta name=&quot;autor&quot; content=&quot;Rafael Feitosa&quot;> 101 
O Elemento <frame> 
 
\u2022 O elemento <frame> define qual o documento HTML deverá colocar numa 
determinada moldura. 
 
No exemplo apresentado a baixo temos um conjunto de molduras com duas 
colunas. A primeira coluna ocupa 25% da largura da janela do browser e a segunda 
coluna ocupa 75% da largura. O documento &quot;moldura_a.html&quot; ocupa a primeira coluna 
e o documento &quot;moldura_b.html&quot; ocupa a segunda coluna: 
 
<frameset cols=&quot;25%,75%&quot;> 
 <frame src=&quot;moldura_a.html&quot;> 
 <frame src=&quot;moldura_b.html&quot;> 
<frameset> 
 
Dicas 
 
 Diferente de outras páginas normais, as páginas dividas em frames não 
utilizam o elemento <body>, sendo assim substituído pelo elemento <frameset> 
Quando uma moldura possui linhas de contorno visíveis, o usuário pode alterar 
as suas dimensões arrastando as linhas de limite com o mouse. Para impedir que isso 
aconteça utilize o atributo noresize no elemento <frame>. 
Se você deseja ocultar as bordas dos frames, utilize o atributo frameborder=\u201d0\u201d 
e para definir os espaçamento entre o frames como 0 utlize o framespacing=&quot;0&quot;. Esses 
atributos são usados sempre no elemento <frameset> 
Outro recurso que pode ser utilizado nos frames é o scrolling para ocultar ou 
não as barras de rolagem. Usa-se como: scrolling=\u201dno\u201d no elemento <frame>. 
O atributo name do elemento <frame> especifica sua identificação para que 
outros frames o reconheça e chame