Prova 2ª - Inteco - Unb - 2010.1b
3 pág.

Prova 2ª - Inteco - Unb - 2010.1b


DisciplinaFundamentos da Economia14.270 materiais174.095 seguidores
Pré-visualização2 páginas
está de acordo com a visão 
\u201cclássica\u201d ou com a visão \u201ckeynesiana\u201d da 
economia? Justifique sua resposta e explique, 
nesse contexto, o efeito esperado daquelas 
medidas. 
 
CRITÉRIOS DE CORREÇÃO 
Total: 10 pontos 
Está de acordo com a visão Keynesiana da 
economia. (3,0 pontos), pois propõe a 
intervenção governamental como forma 
solucionar a insuficiência de demanda (3,0 
pontos). A medida de incentivo ao consumo tem 
efeito de aumentar o consumo privado, 
aumentando a demanda agregada. Como, na 
perspectiva keynesiana a oferta é determinada 
pela demanda, então, com o aumento da 
demanda agregada, haverá aumento da 
produção e consequente aumento do emprego e 
da renda, contribuindo para reverter os efeitos 
da crise. (4,0 pontos). 
 
ERROS MAIS FREQUENTES 
- Afirmar que se trata de política próxima da visão 
clássica da economia. 
- Afirmar que se trata da visão keynesiana, mas 
justificar de maneira incorreta ou incoerente. 
- Explicar incorretamente os efeitos da medida 
adotada 
- Afirmar que a medida adotada aumentará o 
emprego sem explicar de que modo isso se dá. 
 
RESPOSTA PERFEITA DADA POR UM ALUNO 
\u201cTal política está de acordo com a visão 
keynesiana da economia, pois esta linha de 
raciocínio afirma que a atuação do governo é 
fundamental para reaquecimento da economia. 
Aumentando-se o consumo (devido à política de 
incentivo do governo), aumenta-se a renda Y, 
gerando um processo cíclico, que resultará em 
mais aumento de consumo, chamando-se o 
princípio do multiplicador, e, com esses efeitos, o 
país tende a sair da crise\u201d. 
 
***