Kapanji - volume 2

Kapanji - volume 2


DisciplinaCinesiologia3.714 materiais61.690 seguidores
Pré-visualização50 páginas
FISIOLOGIA ARTICULAR
À minha mulher
.::-.
A. I. KAPAN DJ I
Ex-Internodos Hospitaisde Paris
Ex-Chefede Clínica-Auxiliardos Hospitaisde Paris
Membro da SociedadeFrancesade OrtopediaeTraumatologia(S.O.F.C.O.T.)
Membro da SociedadeFrancesade Cirurgiada Mão (G.E.M.)
FISIOLOGIA ARTICULAR
ESQUEMAS COMENTADOS DE MECÂNICA HUMANA
VOLUME 11
5ªedição
MEMBRO INFERIOR
I. - O QUADRIL
11.- O JOELHO
111.- O TORNOZELO
IV. - O PÉ
V. - AABÓBADA PLANTAR
Com 690desenhosoriginaisdo autor
___ ~c.-.._;"~'~ __ o(',",~ _
\u2022 Este livro p&:'ie~<;e80 Sistema de Bibliote- \u2022
cas da UC2.&quot;,··.~ sór entreguenos pra-
zos prevltilü, OJ quandO solkitado O aluno
será responsavelpelo livro e em caso de
danificaçãoou perda deverá repo-Io.
- EDITORIALMEDICA-
Cpanamericana-=:> ~TrMALOINE
Título do originalemfrancês
PHYSIOLOGIE ARTICULAIRE. 2. MembreInférieur
©ÉditionsMALOINE. 27,Rue de l'École deMédecine.75006Paris.
Traduçãode
EditorialMédica PanamericanaS.A.
RevisãoCientíficae Supervisãopor SorayaPachecoda Costa,fisioterapeuta
ISBN (do volume):85-303-0044-0
ISBN (obracompleta):85-303-0042-4
©2000ÉditionsMALOINE.
27,ruedel'École deMédecine.75006Paris.
CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE
SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ~
K26f
v.2
00-1624.
Kapandji,A. L (IbrahimAdalbert)
Fisiologia articular,volume2 : esquemascomentadosde
mecânicahumana/ A. r. Kapandji ; com desenhosoriginais
do autor; [traduçãoda5.ed.originalde Editorial Médica
PanamericanaS.A. : revisãocientíficae supervisãopor Soraya
PachecodaCosta].- SãoPaulo: Panamericana; Rio de
Janeiro: GuanabaraKoogan,2000
: 690il.
Traduçãode:Physiologiearticulaire,2 : membre
Ínférieur
Inclui bibliografia
Conteúdo:v.2.Membroinferior: O quadril- O joelho -
O tornozelo- O pé- A abóbadaplantar
ISBN 85-303-0044-0
1.Mecânicahumana.2. Articulações- Atlas. 3.
Articulações- Fisiologia - Atlas. L Título.
CDD 612.75
CDU 612.75
UNIVERSIDADE CAT()IICA
DE BRASil IA
Sistemade Bjtliiotecas
231100 241100 009948
Todos os direitosreservadospara a língua portuguesa.Excetuandocríticas e resenhascientífico-
literárias,nenhumapartedestapublicaçãopode ser reproduzida,armazenadaem sistemascomputadorizadosou transmitida
de nenhumaformae por nenhummeio. sejameletrônicos,mecânicos,fotocopiadoras,gra\'adorasou qualqueroutro,
sem a prévia permissãodesteEditor
(Medicina PanamericanaEditora do Brasil Ltda.)
MedicinaPanamericanaEditorado Brasil LTDA,
RuaButantã,500- IOºAndar - CEP 05424000- Pinheiros- SãoPaulo - Brasil
Distribuiçãoexclusivaparaa línguaportuguesapor Editora GuanabaraKoogan S.A.
Travessado Ouvidor, 1I - Rio deJaneiro - RJ - 20040-040
Te!.:21-222I -962I
Fax: 21-2221-3202
www.editoraguanabara.com.br
DepósitoLegal: M-53.356-200l
ImpresoenEspana
PREFÁCIO À EDIÇÃO EM PORTUGUÊS
Passarammaisde vintee cinco anosdesdeo momentoem quese escreveramestestrês volu-
mesde EsquemasComentadosde Fisiologia Articular obtendogrande sucessoentreos leitores de
todo tipo, estudantesde medicinaefisioterapia, médicos,fisioterapeutase cirurgiões. O fato de que
continueatual se deveaoparticular caráterdestasobras,cujo objetivo é o ensinodofuncionamento
do Aparelho Locomotorde maneiraatrativa,privilegiando a imagemdiante do texto: o princípio é
e).plicarumaúnica idéia atravésdo desenho,o qualpermitelima memorizaçãoe uma compreensão
definitivas.O fato dequeestesliiTos não tenhamcompetidorsério demonstranitidamenteo seuvalor
intrínseco.Na verdade,é a clarezada representaçãoespacialdofuncionamentodos músculose das
articulaçõeso quefaz com queseja tão evidente:estesesquemasnão integramunicamenteas três
dimensõesdo espaço,mastambémumaquartadimensão,a do Tempo,porque a Anatomia Funcional
está i'iva e, conseqiientemente,móvel- isto é. inscrita no Tempo.Isto diferencia a Biomecânica da
Mecânicapropriamentedita, ou Mecânica Industrial.A Biomecânicaé a Ciência das estruturasevo-
lutims, quese modificamsegundoos contratempose evoluememfunção das necessidades,capazes
de renovar-secOllStantementepara compensaro desuso.É lima mecânicasem eixo materializado,
móvelinclusivenopercursodo movimento.As suassupofícies articulares integramumjogo mecâni-
co queseria por completoimpossívelna mecânicaindustrial,porém lhe outorgapossibilidades adi-
clOnazs.
Eis aqui o espíritoqueimpregnaestesvolumes,ao mesmoternpoquedeixaa porta abertaaos
outrosmétodosde ensinopara ofuturo. Este é, na verdade,o segredoda suaperenidade.
A. I. KAPANDJI
ADVERTÊNCIA DO AUTOR À QUINTA EDIÇÃO
A partir de suaprimeira edição,há seteanos atrás, estelin'o, inspiradoprincipalmentepor
. DuchennedeBoulogne,o &quot;grandeprecursor&quot; da Biomecânica,permaneceufiel a si mesmo,exceção
feita por algumaspequenascorreções.Nestemomento,na oportunidadedo aparecimentoda quinta
edição,achamosnecessárioincluir modificaçõesimportantes,emespeciaino queserefereà mão.De
fato, o rápido desenvolvimentoda cirurgia da mão exigeum incessanteaprofundamentoquantoao
conhecimentode suafisiologia. Este é o motivopelo qual, à luz de recentestrabalhos,temosescritoe
desenhadonovamentetudorelacionadoao polegar e ao mecanismodeoposição:afunção da articu-
lação trapézio-metacarpeanana orientaçãoe rotaçãolongitudinalda colunadopolegarseexplicade
maneiramatemáticaapartir da teoriadasarticulaçõesdedois eixostipocardan:assimmesmo,sees-
clareceafunção da articulação metacarpofalangeanano &quot;bloqueio&quot; dapreensãodegrandesobjetos
e, enfim,afunção da articulação inteJfalangeanana &quot;distribuição&quot; da oposiçãodo polegar sobrea
polpa de cada umdos quatro dedos.A riquezana variedadedepreensãoepreensõesassociadasàs
açõesestáilustradacomnovosdesenhos.Temosapelfeiçoadoa definiçãodasdistintasposiçõesfzlll-
cionaisedeimobilização.Porfim, como O,bjetivodeestabelecerumbalançofzlllcionalrápidoda mão.
propõe-seumasériedeprovas de movimentos,as &quot;preensõesmais ação&quot; que,melhordo queas ,'a-
loraçõesanalíticasda amplitudede cada umadas articulaçõese dapotênciadecadamÚsculo,faci-
litam umaapreciaçãosintéticado valor da utilizaçãoda mão.
No final do livro suprimimosalgunsmodelosobsoletosou quenão oferecemmuitointeresse.
e substituímospor ummodeloda mãoqueexplica,nestecasode maneirasatisfatória,a oposiçãodo
poleg([J~
Em resumo,esteé umlivro renovadoe enriquecidoemprofundidade.
PREF ÁCIO À EDIÇÃO EM PORTUGUÊS
Passarammaisde vintee cinco anosdesdeo momentoemquese escreveramestestrês volu-
mesde EsquemasComentadosde Fisiologia Articular obtendogrande sucessoentre os leitores de
todo tipo, estudantesde medicinaefisioterapia, médicos,jisioterapeutase cirurgiões. O fato de que
continueatual se deveaoparticular caráterdestasobras,cujo objetivo é o ensinodofuncionamento
do Aparelho Locomotorde maneiraatratim, prh'ilegiando a imagemdiante do texto: o princípio é
explicar umaÚnicaidéia atravésdo desenho,o qualpermiteuma memorizaçãoe uma compreensão
definitivas.O fato dequeesteslii'J&quot;OSnão tenhamcompetidorsério demonstranitidamenteo seuvalor
intrínseco.Na verdade,é a clarezada representaçãoespacialdofuncionamentodos mÚsculose das
articulaçõeso quefaz com queseja tão evidente:estesesquemasnão integramunicamenteas três
dimensõesdo espaço,mastambémumaquartadimellSão,a do Tempo,porque a Anatomia Funcional
estái'iva e, conseqiientemente,móvel- isto é, inscrita no Tempo.Isto diferencia a Biomecânica da
Mecânica propriamentedita, ou Mecânica Industrial.A Biomecânicaéa Ciência das estruturasevo-
lutims, quese modifIcamsegundoos contratempose evoluememfunção das necessidades,capazes
de renovar-seconstantementepara compensaro desuso.É uma mecânicasem eixo materializado,
móvelinclusivenopercursodo movimento.As suassupelfíciesarticulares integramumjogo mecâni-
co queseria por completoimpossívelna mecânicaindustrial,porém lhe outorgapossibilidades adi-
CIOIICIlS.
Eis aqui o espíritoqueimpregnaestesi'olumes,ao mesmotempoquedeixaa porta abertaaos
outrosmétodosde ensinopara ofuturo. Este é, lia i'erdade,o segredoda