Kapanji - volume 2

Kapanji - volume 2


DisciplinaCinesiologia3.746 materiais62.025 seguidores
Pré-visualização50 páginas
calcâneo.
Porestemotivo.estasduasfacesarticulares(cz>
e (c') podemdenominar-se"facesarticulares
deeversão".
Duranteo movimentode inversão,o cal-
câneosedeslocaaoinverso:a extremidadean-
teriorparadentro(fig.4-13)e tema tendência
de"deitar-se"sobrea suafaceexterna(fig. 4-
14).As duasfacesarticulares-pivôpermane-
cemem contatoentresi; a grandesuperfície
subastragaliana(a) se deslocasobreo tálamo
(a') deixandodescobertaa suaparteântero-in-
ferior;pelafrente,a facearticular deinversão
(c) do astrágalorepousasobrea facearticular
horizontal(c') doprocessolateraldaapófisedo
ca1câneo(fig.4-14).
Portanto,estasduasposiçõessãoevidente-
menteinstáveis,incongruentes,de forma que
solicitamao máximoos ligamentos.Elas so-
mentepodemsertransitórias.
2.MEMBRO INFERIOR 183
b'
a'
Fig.4-10
a
Fig.4-9
e
a
a'
Fig.4-11
a'
a
Fig.4-13
184 FISIOLOGIAARTICULAR
oASTRÁGALO, UM OSSO SINGULAR
N a estruturada parteposteriordo tarso,o
astrágaloé um ossosingulardesdetrêspontos
devista:
Em primeiro lugar, se localiza no ponto
maisproeminentedaparteposteriordo tarso,é
o ossoquedistribuio pesodo corpoe asforças
exercidassobreo conjuntodo pé (fig. 4-15):
- pelasuafacearticularsuperior,a tróclea
do astrágalorecebe(seta 1) o peso do
corpo e as forças transmitidaspela pin-
ça bimaleolare distribui todasestasso-
licitaçõesemtrêsdireções;
- paratrás,o calcanhar(seta2), isto é, a
tuberosidademaiordocalcâneo,através
da articulaçãoastrágalo-calcâneaposte-
rior (superfícietalâmicado astrágalo);
- paradianteeparadentro(seta3), emdi-
reçãoao arcointernoda abóbadaplan-
tar, atravésda articulaçãoastrágalo-es-
cafóide;
- paradiantee para fora (seta4), em di-
reção ao arco externo da abóbada
plantar,atravésda articulação astrága-
lo-calcâneaanterior.
Ele "trabalha"em compressão,e sua fun-
çãomecânicaé muito importante.
Além disso, ele não tem nenhumainser-
ção muscular (fig. 4-16): todos os músculos
quevêmdapernapassamaoredordeleforman-
doumaponte,quelhe dáo apelidodeosso"en-
jaulado".Podem-sedistinguir:
1. o extensorcomumdos dedosdo pé,
2. o fibular anterior(inconstante),
3. o fibular lateralcurto,
4. o fibular laterallongo,
5. o tendãocalcâneoou deAquiles, queé
a terminaçãodo trícepsdapanturrilha,
6. o tibial posterior,
7. o fiexorprópriodo hálux,
8. o fiexorcomumdosdedosdo pé,
9. o extensorprópriodo hálux,
10.o tibial anterior.
Finalmente, ele é completamentecoberto
por superfíciesarticularese inserçõesligamen-
tares,o quelhe_dáo apelidodeossorelevo.Po-
dem-sedistinguir:
1. o ligamentointerósseoou astrágalo-cal-
câneoinferior,
2. o ligamentoastrágalo-calcâneoexterno,
3. o ligamentoastrágalo-calcâneoposterior,
4. o fascículoanteriordo ligamentolateral
externodatíbio-tarsiana,
5. o plano profundodo fascículo anterior
do ligamento lateral interno da tíbio-
tarsiana,
6. o fascículoposteriordo ligamentolate-
ral internodatíbio-tarsiana,
7. o fascículoposteriordo ligamentolate-
ral externodatíbio-tarsiana,
8. a cápsulaanteriordatíbio-tarsianacom
o seureforço,
9. o reforço posterior da cápsula tíbio-
tarsiana,
10.o ligamentoastrágalo-escafóide.
Dado que não possui inserção muscular
nenhuma,o astrágalose "nutre" somentedos
vasosquechegamdasinserçõesligamentares,o
que constitui umaportearterialsuficienteem
condiçõesnormais.No casode fraturado colo
do astrágalo,principalmentecom luxação do
corpodo osso,o seutrofismopodeestarirreme-
diavelmente comprometido,provocando uma
pseudo-artrosedocoloou,pior ainda,umane-
crose assépticadocorpodoosso.
1
2
9
10
Fig.4-15
2.MEMBRO INFERIOR 185
3
4
7
6
8
5
3
Fig.4-17
7
6
9
3
186 FISIOLOGIA ARTICULAR
OS LIGAMENTOS DA ARTICULAÇÃO SUBASTRAGALIANA
(asexplicaçõessãocomunsàsdapáginaanterior)
o calcâneoe o astrágaloestãounidospor
potentesligamentoscurtos,vistoquedevemsu-
portarforçasimportantesdurantea marcha,a
corridae o salto.
O sistemaprincipalestáconstituídopeloli-
gamentoastrágalo-calcâneointerósseo,tam-
bémdenominado"fileirainteróssea",formado
porduaslâminastendinosasfortese retangula-
res,queocupamo seiodotarso(fig.4-18,vista
ântero-externa):
-. o fascículoanterior(1)seinserenosul-
co calcâneo,queconstituio soalhodo
seiodotarso,portrásdasuperfícieante-
rior.Suasfibras,espessasenacaradas,se
dirigemobliquamenteparacima,para
dianteeparafora,parainserir-senafen-
daastragaliana,situadana faceinferior
do colo do astrágaloe formandoo teto
do seiodo tarso(fig.4-6,A), imediata-
menteportrásdasuperfíciecartilagino-
sadacabeça;
- o fascículoposterior(2) se inserepor
trásdoanterior,nosolodoseio,justope-
la frentedo tálamo.Suasfibras,igual-
menteespessas,oblíquasparacima,para
tráseparafora,seinseremnotetodoseio
(fig.4-6,A), imediatamentepelafrente
dasuperfícieposteriordoastrágalo.
A disposiçãodosfascículosdo ligamento
interósseoaparecenitidamentequandoo astrá-
galoseafastadocalcâneosesup,usermosqueos
ligamentossejamelásticos(fig.4-19).
Do mesmomodo,o astrágaloestáunidoao
calcâneoporoutrosdoisligamentosmenosim-
portantes(figs.4-18e4-19):
- o ligamentoastrágalo-calcâneoexterno
(3),queseoriginanoprocessolateraldo
astrágaloe,apósumtrajetooblíquopara
baixoe paratrás,paraleloao fascículo
médiodoligamentolateralexternodatí-
bio-tarsiana,seinserenafaceexternado
calcâneo;
- o ligamentoastrágalo-calcâneoposte-
rior (4),bandafinaqueseexpandedo
tubérculopóstero-externodo astrágalo
atéafacesuperiordocalcâneo.
O ligamentointerósseodesempenhaumpa-
pelessencialnaestáticaenadinâmicadaarticu-
laçãosubastragaliana,vistoque,comomostrao
esquema(fig.4-20)noqualsecolocouumatró-
cleadoastrágalo,supostamentetransparente,nas
superfíciescalcâneas,ocupaumaposiçãocentral.
Destemodo,sepodeconstatarqueopesodocor-
po,quesetransmiteàtrócleadoastrágaloatravés
doesqueletodaperna,serepartesobreotálamoe
sobreassuperfíciesanterioresdocalcâneo.Tam-
bémsepodeobservarqueo ligamentoastrágalo-
calcâneointerósseoestásituadoexatamenteno
prolongamentodo eixodaperna(círculocoma
cruz),o queexplicao trab"tlhoquerealizatanto
emtorçãoquantoemalongamento(verpág.190).
4
Fig.4-18
3 2
1
2
2.MEMBRO INFERIOR 187
Fig.4-19
188 FISIOLOGIA ARTICULAR
A MÉDIO- TARSIANA E OS SEUS LIGAMENTOS
(asexplicaçõessãocomunsàsdasduaspáginasanteriores)
Com a articulaçãomediotarsianaaberta,o
cubóidee o escafóidesãodeslocadosparabaixo
(fig. 4-21, segundoRouviere),e a articulação
aparececompostapor duaspartes:a interlinha
astrágalo-escafóide,côncavaparatrás,constitui
a parteinterna(verpág.180),a parteexternaé
formadapelainterlinhaca1câneo-cubóide,ligei-
ramentecôncavaparadiante,demodoque,vista
desdecima,a interlinhadeChoparttemaforma
doS itálico.A superfícieanterior(e)doca1câneo
temumaformacomplexa:nosentidotransversal
é côncavanasuapartesuperiore convexanasua
parteinferior;decimaparabaixoé côncavaem
primeirolugaredepoisconvexa.A superfíciepos-
terior(e')docubóide,opostaàanterior,temuma
estruturainversa,emboracomfreqüência(fig.4-
26,vistaposteriordoescafóidee docubóide)se
prolongueporumafacearticular(e') parao esca-
fóide,querepousaatravésdasuaextremidadeex-
ternasobreo cubóide:o contatose realizapor
duasfacesarticularesplanas(heh') eosdoisos-
sosestãofortementeunidospor trêsligamentos,
umdorsalexterno(5),umplantarinterno(6)eum
interósseo(7)curtoe muitoespesso(aquiambos
osossosforamseparadosartificialmente).
Os ligamentosdamediotarsianasãocinco:
- o ligamentoglenóide(c') ou ca1câneo-
escafóideinferior,que une o calcâneo
como escafóide(fig.4-22)econstituiao
mesmotempoumasuperfíciearticular
(verpág.180).Suamargeminterna(8)
servedeinserçãoparaabasedoligamen-
todeltóide(verpág.166);
- o ligamentoastrágalo-escafóidesupe-
rior (9),queseestendedafacedorsaldo
colodoastrágaloatéa facedorsaldoes-
cafóide(fig.4-25);
- o ligamentoemY de Chopart (figs.4-
22e4-25),queconstituia chavedaarti-
culação,graçasà