Avaliação 1 2 3 legislação tributaria
12 pág.

Avaliação 1 2 3 legislação tributaria


DisciplinaDireito Tributário I20.735 materiais266.600 seguidores
Pré-visualização4 páginas
externa, concedida pela fiscalização municipal, pode ensejar a cobrança, pelo Município, de uma taxa fundada no seu poder de polícia.
II. A União, por meio de lei complementar e atendendo a relevante interesse social, poderá conceder isenção de taxas estaduais.
III. Criança de doze anos não pode ser sujeito passivo do imposto sobre renda e proventos de qualquer natureza.
IV. Tributo exigido em virtude de serviços públicos postos à disposição do contribuinte, mas não utilizados por ele, é uma taxa de serviço. 
		
	
	Só a proposição IV é verdadeira. 
 
	
	Só as proposições I e IV são verdadeiras. 
 
	
	Só as proposições I e III são verdadeiras. 
 
	
	Nenhuma das alternativas é verdadeira. 
	
	Só as proposições I, II e IV são verdadeiras. 
	
	
	Período de não visualização da prova: desde 10/12/2012 até 06/02/2013.
Parte inferior do formulário
 
 
Período de não visualização da prova: desde 22/03/2013 até 31/03/2013.
Parte inferior do formulário
 Parte superior do formulário
	Processando, aguarde ...
		
		
	
	Fechar
	Avaliação: GST0278_AV2_201102333379 » LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA
	Tipo de Avaliação: AV2 
	Aluno: 201102333379 - ANA CRISTINA DE PAULO DE OLIVEIRA 
	Professor:
	LEONARDO JOSE MUNIZ DE ALMEIDA
	Turma: 9001/AA
	Nota da Prova: 2,0 de 8,0        Nota do Trabalho:        Nota de Participação: 2        Data: 15/03/2013 17:04:33
	
	 1a Questão (Cód.: 35870)
	4a sem.: LIMITAÇÃO AO PODER DE TRIBUTAR
	Pontos: 0,5  / 1,5 
	A Constituição Federal, como limitação do poder de tributar, vedou à União, aos estados, ao DF e aos municípios a instituição de tributos sobre templos de qualquer culto, criando-se, dessa forma, uma imunidade tributária. CERTO OU ERRADO? Justifique. 
		
	
Resposta: Correto.Pois são constituidos sem fins lucrativos e visam a contribuir com a sociedade.
	
Gabarito: ERRADO. A limitação constitucional sobre a imposição tributária incidente sobre templos de qualquer culto se restringe, com exclusividade, aos impostos - não a todas as espécies tributárias. 
	
	
	 2a Questão (Cód.: 60984)
	7a sem.: Crédito tributário
	Pontos: 0,0  / 1,5 
	     O Código Tributário Nacional dispõe que compete privativamente à autoridade administrativa constituir o crédito tributário pelo lançamento, assim, pergunta-se: em que consiste o lançamento?
		
	
Resposta: Com base no não cumprimento das obrigações tributárias estabelecidas.
	
Gabarito: 
R: o lançamento é procedimento administrativo tendente a verificar a ocorrência do fato gerador da obrigação correspondente, determinar a matéria tributável, calcular o montante do tributo devido, identificar o sujeito passivo e, sendo o caso, propor a aplicação da penalidade cabível.
	
	
	 3a Questão (Cód.: 49204)
	2a sem.: ESPÉCIES DE TRIBUTOS
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	Em relação ao exercício do poder de polícia, marque a alternativa correta:
		
	
	não permite a exigência de taxa
	
	faculta a incidência simultânea da taxa de serviço e da taxa de polícia
	
	permite a exigência de taxa de serviço
	
	torna possível a cobrança de pedágio
	
	possibilita a incidência de taxa de polícia
	
	
	 4a Questão (Cód.: 41686)
	7a sem.: Legislação Tributária
	Pontos: 0,0  / 0,5 
	Pode-se determinar como modalidade de lançamento do credito tributário, no qual o sujeito passivo deve permitir à autoridade fiscal informações sobre matérias de fato indispensável a sua efetivação, sem, porém, permitir o respectivo pagamento: 
		
	
	(b) homologação
	
	(a) autolançamento
	
	(d) declaração 
	
	(c) ex officio
	
	
	 5a Questão (Cód.: 14991)
	8a sem.: Crédito Tributário
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	Decadência é sinônimo de caducidade. Corresponde ao prazo assinalado por lei para exercício de um direito. Na esfera tributária entende-se que esse prazo é de 5 anos e se relaciona:
		
	
	à perda de a Fazenda Pública executar a dívida fiscal 
	
	a uma das formas de constituição do crédito tributário
	
	à restituição do tributo quando esse é recolhido e pago a maior
	
	à perda do direito de a Fazenda Pública efetuar o lançamento e uma das causas de extinção do crédito tributário
	
	ao perdão pela falta cometida pelo infrator de deveres tributários
	
	
	 6a Questão (Cód.: 22239)
	4a sem.: Limitação ao Poder de Tributar
	Pontos: 0,0  / 0,5 
	Objetivando garantir o cidadão contra as investidas estatais, a Constituição impôs limites à atuação das entidades públicas em matéria tributária. Com relação ao assunto, julgue os itens abaixo.
		
	
	As leis da anistia ou remissão, em matéria fiscal, devem ser editadas no nível federal, qualquer que seja o tributo subjacente.
	
	Nos termos da Constituição e em conformidade com o princípio da legalidade, qualquer majoração ou instituição de tributos deve vir veiculada em lei.
	
	A instituição de empréstimos compulsórios, no caso de investimento público de caráter urgente e de relevante interesse nacional, deverá submeter-se ao princípio da anterioridade tributária.
	
	Os empréstimos compulsórios deverão ser instituídos, sempre, por meio de lei complementar.
	
	Existe a possibilidade de que a competência da União para instituir impostos não discriminados na Constituição seja exercida por meio de lei ordinária.
	
	
	 7a Questão (Cód.: 43722)
	4a sem.: CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	Marque (Verdadeiro) ou (Falso) em relação às contribuições sociais, no sistema tributário brasileiro:
		
	
	Não precisam observar os princípios da legalidade e da anterioridade. 
	
	Podem ser instituídas pelos Estados e Municípios, para custeio do sistema de previdência de seus servidores. 
	
	As contribuições previdenciárias aumentadas num exercício só podem ser cobradas no primeiro dia do exercício seguinte. 
	
	Não têm natureza tributária. 
	
	Somente podem ser instituídas pela União. 
	
	
	 8a Questão (Cód.: 41687)
	2a sem.: Legislação Tributária
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	O Tributo é: [SBM/UNESA] 
		
	
	(b) Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, que constitui sanção por ato praticado por pessoa física ou jurídica que seja contrário à lei.
	
	(c) Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em bens ou serviços, que não constitua sanção de ato ilícito, instituída em lei e cobrada mediante atividade administrativa plenamente vinculada. 
	
	(d) Tributo é toda prestação pecuniária facultativa, que constitui sanção por ato praticado por pessoa física ou jurídica que seja contrário à lei.
	
	(a) Tributo é toda contribuição pecuniária prestada por pessoa física ou jurídica para que o Estado possa custear o bem comum. 
	
	
	 9a Questão (Cód.: 49255)
	2a sem.: ESPÉCIES TRIBUTÁRIAS
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	Alguns tributos são vinculados, até porque alguns tributos, tais como o imposto, serão gerados em razão de alguma capacidade de riqueza por parte do contribuinte, outros tributos possuem como fato gerador uma manifestação de riqueza pertinente ao fato de alguém ser proprietário de veículo automotor, tal como o(a):
		
	
	IPTU
	
	IR
	
	IPVI
	
	TAXA
	
	IPVA
	
	
	 10a Questão (Cód.: 14979)
	10a sem.: Crédito Tributário
	Pontos: 0,0  / 0,5 
	Em um dos municípios da Paraíba, determinado contribuinte foi submetido à fiscalização; constatou-se irregularidades e, por isso mesmo, foi lavrado auto de infração por falta de pagamento de ICMS no montante de cem mil reais, aplicando-lhe, ainda, a multa de 50% do valor do tributo. A modalidade de lançamento utilizada foi:
		
	
	por homologação
	
	autolançamento
	
	arbitramento por parte da autoridade administrativa
	
	de