Aula_09 2015

Aula_09 2015


DisciplinaEstética e História da Arte Contemporânea946 materiais20.234 seguidores
Pré-visualização4 páginas
que questiona o sistema legitimado da arte
Ambiente ou arte ambiental
O objetivo do Parangolé era dar ao público a chance de deixar de ser público para ser participante na atividade criadora, simbolizando a antiarte por excelência, através da arte e participação corporal, uso da cor, vivência e apropriação de manifestações coletivas. O Brasil já mostrava então, estar finalmente inserido na discussão e pesquisa artística internacional.
Tema da Apresentação
AULA 9 \u2013 EXPERIMENTALISMO NA ARTE BRASILEIRA: DA ARTE NACIONAL PARA A ARTE INTERNACIONAL
ESTÉTICA E HISTÓRIA DA ARTE CONTEMPORÂNEA
O CONCRETISMO: A ARTE ABSTRATA BRASILEIRA
O Concretismo pode ser compreendido como a introdução da arte abstrata no Brasil, que provocou críticas e resistências entre artistas e intelectuais adeptos de um Modernismo destituído de contestação formal e identificado com uma certa brasilidade.
Os principais artistas concretistas foram Waldemar Cordeiro, Abraham Palatnik, Décio Vieira, Décio Pignatari, Haroldo e Augusto de Campos, Lygia Clark, Lygia Pape e Ferreira Gullar.
O projeto concretista no Brasil fez parte do segundo movimento modernista caracterizado por um momento político, econômico e social, fundado na ideia desenvolvimentista da década de 50. A modernidade das vanguardas, já histórica na Europa, foi aqui reativada em sua plenitude utópica no Rio de Janeiro e São Paulo dos anos de 1950 e 1960.
Tema da Apresentação
AULA 9 \u2013 EXPERIMENTALISMO NA ARTE BRASILEIRA: DA ARTE NACIONAL PARA A ARTE INTERNACIONAL
ESTÉTICA E HISTÓRIA DA ARTE CONTEMPORÂNEA
O NEOCONCRETISMO X O CONCRETISMO
Os grupos concretistas do RJ e de SP divergiram após a 1ª Exposição Nacional de Arte Concreta, realizada em 1956-57. O Neoconcretismo, portanto, foi o movimento que em 1957, no Rio de Janeiro, se opôs ao Concretismo paulista. Insatisfeitos com o excesso de racionalismo, alguns artistas aliam ao Concretismo uma dose maior de sensualidade, através do uso mais livre da cor nas obras e da criação de objetos que dependem da manipulação do espectador. O binômio concreto-neoconcreto revelava um avanço crítico das vanguardas no Brasil, simbolizando uma adaptação dos conceitos concretistas importados da Europa à realidade nacional. 
Os principais artistas neoconcretos foram Amílcar de Castro, Ferreira Gullar, Franz Weissmann, Lygia Clark, Lygia Pape, Reinaldo Jardim e Hélio Oiticica.
Tema da Apresentação
AULA 9 \u2013 EXPERIMENTALISMO NA ARTE BRASILEIRA: DA ARTE NACIONAL PARA A ARTE INTERNACIONAL
ESTÉTICA E HISTÓRIA DA ARTE CONTEMPORÂNEA
A EXPERIMENTAÇÃO DA ARTE BRASILEIRA NA CONTEMPORANEIDADE
A experimentação na arte brasileira foi, mais tarde, influenciada pela arte conceitual dos anos 70, pela arte pública e pelo neoexpressionismo dos anos 80 e pela arte digital dos anos 90 e 2000. Entre inúmeros artistas de grande significação para a arte brasileira contemporânea, tem-se Antonio Dias, Anna Maria Maiolino, Nelson Leirner, Marcelo Nitsche, Iole de Freitas, Arthur Alípio Barrio, Sérgio Camargo, Cildo Meirelles, Luiz Alphonsus, Rubem Gerchman, Waltércio Caldas, Ivens Machado, Antonio Manoel, José Rezende, Leda Catunda, Paulo Pasta, Chico Cunha, Beatriz Milhazes, Tunga, Regina Silveira, Julio Plaza, Eduardo Kac, Carlos Zílio, entre outros.
Tema da Apresentação
AULA 9 \u2013 EXPERIMENTALISMO NA ARTE BRASILEIRA: DA ARTE NACIONAL PARA A ARTE INTERNACIONAL
ESTÉTICA E HISTÓRIA DA ARTE CONTEMPORÂNEA
EXPLORANDO O TEMA
Assistam ao trecho da entrevista de Ferreira Gullar, discutindo as transformações referentes, principalmente, às Bienais no Brasil, quando ele analisa a relação entre as instituições brasileiras ligadas à arte e o verdadeiro papel da arte, 
http://www.youtube.com/watch?v=CIQ1ckiTQRw
Tema da Apresentação
AULA1 \u2013 ESTÉTICA E HISTÓRIA DA ARTE CONTEMPORÂNEA
ESTÉTICA E HISTÓRIA DA ARTE CONTEMPORÂNEA
A trajetória da história da arte brasileira;
O desenvolvimento da arte moderna e contemporânea no Brasil ;
O conceito de experimentalismo na arte brasileira e as tendências artísticas da arte nacional; e,
Os grandes artistas do Modernismo e do Neoconcretismo.
AO FINAL DESSA AULA, RELEMBRAMOS: 
Tema da Apresentação