pricípios ciências tecnologia materiais
81 pág.

pricípios ciências tecnologia materiais


DisciplinaFundamentos de Ciências dos Materiais2.820 materiais49.438 seguidores
Pré-visualização22 páginas
No tratamento térmico dois parâmetros são os mais importantes, temperatura de aquecimento e taxa de resfriamento, não importando muito a composição do aço.
	 
	A temperatura de aquecimento afeta o aspecto microestrutural do aço, podendo originar grãos mais finos ou mais grosseiros.
	
	No tratamento térmico dos aços, quanto mais alta a temperatura de aquecimento do aço, menor é o tamanho de grão.
	
	No tratamento térmico dos aços, a temperatura de aquecimento geralmente é inferior a zona crítica, uma vez que o aço deve permanecer no estado sólido.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201307214775)
	
	As ligas de aço e ferro fundido se diferenciam a partir do teor de carbono, ou seja, quando possuem de 0,008 a 2,11% C são denominadas de aço e quando possuem teores de carbono de 2,11 < %C \u2264 6,7, são denominadas de ferro fundido.
Com relação às ligas de Fe-C, podemos NÃO podemos afirmar:
		
	
	Os principais minérios de ferro são hematita e magnetita.
	
	O Ferro é um metal que se caracteriza por apresentar várias fases alotrópicas.
	 
	Para obtenção do Ferro, utiliza-se o processo eletrolítico, sem necessidade de utilização do calor para extração do mesmo a partir dos óxidos em que ocorre na natureza.
	
	O minério de ferro é retirado do subsolo, porém, muitas vezes, é encontrado exposto formando verdadeiras montanhas.
	
	O ferro é encontrado na natureza geralmente sob a forma de óxidos nos minérios de ferro dos quais é extraído.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201307214777)
	
	Os aços podem ser classificados segundo as normas da SAE (SocietyofAutomotiveEngineers - EUA, nas quais uma possibilidade de classificação inclui a nomenclatura &quot;SAE 10XX&quot; para aços carbono, ou seja, sem elementos de liga, onde XX representa o teor de carbono no aço em questão.
Com relação a esta nomenclatura, assinale a alternativa CORRETA.
		
	
	O aço SAE 1020 possui 8,00% de C.
	 
	O aço SAE 1020 possui 0,02% de C.
	
	O aço SAE 1020 possui 2,00% de C.
	
	O aço SAE 1080 possui 0,20% de C.
	 
	O aço SAE 1020 possui 0,20% de C.
		
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201307624031)
	
	O Tratamento Isotérmico tipo Austêmpera consiste no aquecimento dos aços a temperaturas acima da zona crítica seguido de esfriamento rápido de modo a evitar a transformação da austenita. Atingida essa condição, mantêm-se a temperatura constante até a formação da bainita. No entanto, esse tratamento não é indicada para aplicação em peças de aço carbono e ligas com determinadas espessuras. Assinale a alternativa correta:
		
	
	Aço carbono com espessura até a 5mm e ligas admite-se até 25mm
	
	Somente em aço carbono com espessura inferiores a 5mm
	
	Somente em ligas com espessura acima de 25mm
	 
	Aço carbono com espessura superiores a 5mm e ligas admite-se até 25mm
	
	Aço carbono com espessura superiores a 5mm e ligas acima de 25mm
	 1a Questão (Ref.: 201307327793)
	
	Alguns aços resistentes à corrosão são suscetíveis à precipitação de carbonetos ao longo dos contornos de grãos, quando aquecidos em uma determinada faixa de temperaturas, entre 400 e 900 °C. Esse fenômeno pode provocar
		
	 
	um tipo de corrosão, denominado corrosão intergranular, ocorrendo, principalmente, nos aços inoxidáveis austeníticos.
	
	um tipo de corrosão, denominado corrosão intergranular, ocorrendo, principalmente, nos aços inoxidáveis martensíticos.
	
	um tipo de corrosão localizada, causada pela ação de íons negativos de cloro, denominada corrosão por pites, ocorrendo somente nos aços inoxidáveis austeníticos.
	
	a fragilização, devido à difusão do hidrogênio, denominada fragilidade pelo hidrogênio, ocorrendo, em geral, nos aços inoxidáveis ferríticos.
	
	a fragilização, devido à difusão do hidrogênio, denominada fragilidade pelo hidrogênio, ocorrendo, em geral, nos aços inoxidáveis martensíticos.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201307632261)
	
	De forma geral, o processo de fratura,normalmente, tem um contexto amplo quanto à sua ocorrência e pode gerar grandes acidentes. O mesmo envolve duas etapas principiais que são a formação de trinca e propagação. Ao tratar-se de uma material Frágil, podemos considerar que o fator Trinca apresentará a característica de:
		
	
	Não ocorre o processo de trinca
	 
	Ser instável por se propagar mesmo sem aumento da tensão aplicada
	
	Aplicar-se somente ao material dúctil
	
	Ocorrer a deformação substancialmente antes de fraturar
	
	Desenvolver-se lentamente à medida que a trinca propaga
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201307327796)
	
	Muitas vezes placas são utilizadas nos cascos de navios para que a corrosão ocorra nestas e não na estrutura de aço. Essa proteção é conhecida como:
		
	
	Proteção por passivação
	 
	Proteção por anodo de sacrifício
	
	Proteção por eletrodeposição
	
	Proteção por fosfatação
	
	Proteção por aeração
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201307634314)
	
	Diversas vezes, um material se rompe mesmo quando submetido a valores de tensão abaixo do limite de resistência a fratura. Isto ocorre quando a tensão presente é constante e o material encontra-se a temperaturas acima da temperatura ambiente, sendo o fenômeno denominado de fluência. Com relação a este fenômeno,PODEMOS afirmar que:
		
	 
	A fratura por fluência é comumente encontrada em turbinas de jatos e geradores a vapor.
	
	Em projetos de estruturas metálicas, deve-se dar especial atenção a temperatura que corresponde a 60% da temperatura de fusão quando nos referirmos ao fenômeno da fluência.
	
	A fratura por fluência se manifesta somente se o esforço ao qual o material estiver submetido for cíclico.
	
	Nas três fases que caracterizam a fratura por fluência, a taxa de crescimento da deformação é constante.
	
	A fratura por fluência pode ser estudado teoricamente como constituída de três fases, sendo que na segunda, a taxa de crescimento da deformação é crescente.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201307634311)
	
	Uma das principais preocupações de um engenheiro projetista é com o isolamento de materiais com relação às substâncias que o corroem, provocando a perda de massa e, consequentemente, a perda das propriedades mecânicas, ocasionando a fratura da estrutura metálica. Com relação ao fenômeno da corrosão, identifique o item INCORRETO.
		
	
	Na corrosão microbiológica, há a presença de microorganismos que atacam o metal ou a camada passivadora que o protege.
	
	O eletrólito é um fluido condutor que promove a corrente elétrica entre o anodo e catodo.
	
	As reações de redução ocorrem na área denominada de catódica.
	
	Identifica-se como área anódica aquela na qual ocorrem as reações de oxidação do metal.
	 
	A corrosão pode ocorrer de diversas formas, coma a uniforme, a localizada e a subcrítica.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201307298876)
	
	A &quot;fratura por fadiga&quot; ocorre quando submetemos os materiais a esforços abaixo do limite de resistência do material, em regime cíclico ao logo de um grande período de tempo. Com relação a este tipo de fratura, PODEMOS afirmar:
		
	
	A maior parte das trincas que iniciam o processo de falha se origina no interior do material.
	
	A carbonetação é um tratamento superficial que confere menor dureza superficial ao aço e que pode ser utilizado para diminuir a probabilidade de falha do componente através de fratura por fadiga.
	
	Quanto maior o valor médio da tensão aplicada ao componente, maior é a vida útil do mesmo.
	 
	Através do polimento superficial, não alteramos a probabilidade de falha do componente através de fratura por fadiga.
	 
	Através do tratamento superficial para a criação de tensões compressivas, diminui-se a probabilidade de falha do componente através de fratura por fadiga.
	 1a Questão