AV 5 ALFABETIZAÇA E LETRAMENTO, EDUCOMUNIÇÃO, MIDIAS EAD
5 pág.

AV 5 ALFABETIZAÇA E LETRAMENTO, EDUCOMUNIÇÃO, MIDIAS EAD


DisciplinaPós Graduação158 materiais293 seguidores
Pré-visualização2 páginas
AV \u2013 5 PSICOPEDAGOGIA PÓS ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
1) De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais de 1997, os maiores índices de repetências nos primeiros anos da escolarização são obtidos no final das primeiras séries e na quinta série (atualmente denominados de anos e não mais séries). Enquanto que nas primeiras séries as repetências podem estar ligadas ao processo de ___________, na quinta série esse problema ocorre porque o ensino não garante o uso eficaz da __________.
A partir da frase acima, assinale a alternativa que contém as palavras adequadas às lacunas:
alfabetização; linguagem.
2) De acordo com Ferreiro, em determinado momento do processo de escrita, há uma maior atenção às propriedades sonoras significantes. Do ponto de vista quantitativo, há a descoberta de que a quantidade de letras conhecidas pode corresponder a parte que são emitidas oralmente. Com essa descoberta, em que período de seu desenvolvimento a criança está?
Período silábico.  
3) Dentre as alternativas abaixo, qual é aquela que contém os diferentes métodos de formulação das "cartilhas" de alfabetização da língua portuguesa?
sintéticos, analíticos e mistos.    
4) Notícia: "O preconceito linguístico deveria ser crime"
&quot;Preconceito linguístico é o julgamento depreciativo, desrespeitoso, jocoso e, consequentemente, humilhante da fala do outro ou da própria fala. O problema maior é que as variedades mais sujeitas a esse tipo de preconceito são, normalmente, as com características associadas a grupos de menos prestígio na escala social ou a comunidades da área rural ou do interior. Historicamente, isso ocorre pelo sentimento e pelo comportamento de superioridade dos grupos vistos como mais privilegiados, econômica e socialmente. [...] A Constituição brasileira estabelece que &quot;ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante''. Sendo assim, interpreto eu que qualquer pessoa que for vítima de preconceito linguístico pode buscar a lei maior da nação para se defender. Até porque, sob essa ótica, o preconceito linguístico se configura como um tratamento desumano e degradante - uma tortura moral. Se necessário for, poderíamos até propor uma lei específica contra esse tipo de preconceito, apenas para ficar mais claro que qualquer pessoa tem o direito de buscar a justiça quando for vítima de qualquer iniciativa contra o seu modo de se expressar&quot;. SCHERRE, Marta. O preconceito linguístico deveria ser crime. Portal da Revista Galileu, s. d. Retirado de: <http://goo.gl/od7zn>. Acesso em: 02 out. 2015. Considerando os estudos sobre alfabetização e letramento e suas implicações em relação ao planejamento do ensino, assinale a alternativa correta:
As variedades dialetais devem ser consideradas no ensino da língua portuguesa, com o intuito de combater o preconceito linguístico. Educar na direção de respeitar as diferenças, valorizar a diversidade e eliminar mitos, tais como o de que existe uma única forma correta de falar, aquela que mais se parece com a escrita.  
5) O CEALE (Centro de Alfabetização, Leitura e Escrita) da Faculdade de Educação da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) produziu em 2003 uma coleção intitulada &quot;Orientações para a Organização do Ciclo Inicial da Alfabetização&quot;. O Caderno 2 da coleção versa sobre a Alfabetização a partir de cinco eixos que apresentam condições necessárias para a integração do aluno no mundo letrado, na medida em que são alfabetizados. Quais são esses cinco eixos?
compreensão e valorização da cultura escrita; apropriação do sistema de escrita; leitura; produção de textos escritos; desenvolvimento da oralidade.    
6) Notícia: &quot;Central do Brasil&quot;
&quot;No filme, Fernanda Montenegro vive Dora, uma mulher que ganha vida escrevendo cartas para analfabetos na estação Central do Brasil, no Rio de Janeiro. Cada relato revela uma das inúmeras facetas que compõem a vida brasileira. Dora tem como cliente Ana, que sempre lhe pede para escrever cartas para o marido. Ana vem acompanhada de Josué, seu filho que aos nove anos ainda não conhece o pai. Numa dessas consultas, Ana é atropelada e morre. Josué fica abandonado. A contragosto, Dora acaba acolhendo o menino e envolvendo-se com ele, não sem antes colocar-se com o menino em situações de risco iminente. Sente-se, então, na obrigação de levar o garoto ao encontro do pai&quot;.
UOL. Central do Brasil. Retirado de: <http://www2.uol.com.br/fernandamontenegro/central.htm>. Acesso em: 02 out. 2015.
A partir da breve sinopse do filme brasileiro &quot;Central do Brasil&quot; (1998), bem como das discussões sobre alfabetização e letramento propostas por Soares, identifique as alternativas abaixo como (V) verdadeiras ou (F) falsas.
(___) O motivo que justifica o trabalho de Dora, o analfabetismo, é a carência.
(___) Há relações de interdependência entre alfabetização e letramento.
(___) O letramento pode ser entendido como apropriação das práticas sociais da leitura e da escrita.
(___) Ao ditar a carta para Dora, o indivíduo mesmo analfabeto, pode ser considerado letrado. 
F \u2013 V \u2013 V \u2013 V.    
7) De acordo com Rego e com o Ministério da Educação (MEC) deve-se realizar a alfabetização letrando. Nesta perspectiva, as metodologias de alfabetização precisam garantir a apropriação dos domínios do conhecimento. Neste sentido, considere as afirmações a seguir:
I - A aprendizagem da notação escrita é chamada de letramento.
II - Alfabetizar letrando significa abordar a linguagem falada e escrita em diversas situações e contextos.
III - Alfabetizar letrando significa aplicar o método das cartilhas ecléticas no ambiente da escola.
IV - Alfabetizar letrando implica a reflexão dos alunos sobre as distintas possibilidades de emprego das práticas da leitura, escrita, fala e escuta.
Estão corretas somente as afirmações:
II e IV.    
8) De acordo com os conhecimentos obtidos na disciplina Alfabetização e Letramento do curso de especialização em Psicopedagogia Institucional, qual é (são) o(s) melhor(es) método(s) para os alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem? Identifique se são (V) verdadeiras ou (F) falsas as alternativas abaixo:
(___) É melhor para o aluno buscar uma outra escola que apresente uma metodologia de ensino diferente e mais adequada a seu tipo de inteligência.
(___) Ao professor cabe adaptar o ensino às necessidades específicas daquele aluno, inclusive pela individualização.
(___) O objetivo da alfabetização e do letramento não é só alfabetizar, mas conquistar o papel do leitor e escritor ativo e pleno.
(___) A responsabilidade tem que ser repassada aos pais, ou a professores particulares, para que o atraso de um aluno não prejudique o desenvolvimento da classe.
F \u2013 V \u2013 V \u2013 F.    
9) Notícia:
&quot;Nenhum nome teve mais influência sobre a educação brasileira nos últimos 30 anos do que o da psicolinguista argentina Emília Ferreiro. A divulgação de seus livros no Brasil, a partir de meados dos anos 1980, causou um grande impacto sobre a concepção que se tinha do processo de alfabetização, influenciando as próprias normas do governo para a área, expressas nos Parâmetros Curriculares Nacionais. As obras de Emília - Psicogênese da Língua Escrita é a mais importante - não apresentam nenhum método pedagógico, mas revelam os processos de aprendizado das crianças, levando a conclusões que puseram em questão os métodos tradicionais de ensino da leitura e da escrita. &quot;A história da alfabetização pode ser dividida em antes e depois de Emília Ferreiro&quot;, diz a educadora Telma Weisz, que foi aluna da psicolinguista&quot;..
Emília Ferreiro também foi influenciada em suas ideias. Qual dos autores listado abaixo influenciou Emília Ferreiro?
Piaget.    
10) Em relação ao histórico da alfabetização, considere as afirmações abaixo:
I - Os métodos tradicionais estão relacionados com o uso das cartilhas por uma abordagem sintética, analítica ou mistos/ecléticos.
II - A perspectiva construtivista ganhou maior fôlego a partir dos anos 1980 no Brasil.
III - O letramento é uma forma de abordagem da alfabetização