Art. 161 a 212 CP (Definição, Bem Jurídico Tutelado, Espécie de Ação).
5 pág.

Art. 161 a 212 CP (Definição, Bem Jurídico Tutelado, Espécie de Ação).


DisciplinaDireito Penal IV4.966 materiais31.665 seguidores
Pré-visualização5 páginas
Semestre 01/2015 
 
 
Trabalho de Direito Penal III. 

Artigos 161 a 212 CP, bem como sua definição, bem jurídico tutelado e espécie de ação penal.
 
 

Academico(a)  
Paula Marcolan Toso  
 
Orientador  
Antônio Luiz Pinheiro

Frederico Westphalen, junho 2015. 
Art. 161 CP
Definição: Suprimir ou deslocar tapume, marco ou qualquer outro sinal indicativo de linha divisória, para apropriar-se, no todo ou em parte, de coisa imóvel alheia.
Pana: Detenção de 1 (um) ano e 6 (seis) meses, e multa.
§ 1º - Na mesma pena incorre quem:
Usurpação de águas
I - desvia ou represa, em proveito próprio ou de outrem, águas alheias;
Esbulho possessório
II - invade, com violência a pessoa ou grave ameaça, ou mediante concurso de mais de duas pessoas, terreno ou edifício alheio, para o fim de esbulho possessório.
§ 2º - Se o agente usa de violência, incorre também na pena a esta cominada.
§ 3º - Se a propriedade é particular, e não há emprego de violência, somente se procede mediante queixa.
 Consiste em fazer desaparecer ou mudar de lugar tapume, marco ou qualquer outro sinal indicativo de linha divisória em propriedade imóvel, para dela se apossar em parte ou totalmente.
Bem jurídico Tutelado: Os bens jurídicos protegidos são a posse da propriedade imobiliária. Prioritariamente, protege-se a posse da coisa imóvel; embora também proteja-se a propriedade, deve-se ressaltar que se tutela a posse independentemente da propriedade, podendo-se, aliás, contrapor a esta.
Espécies de Ação: Ação Penal Privada.

Art. 162 CP
Definição: Suprimir ou alterar, indevidamente, em gado ou rebanho alheio, marca ou sinal indicativo de propriedade:
Pena \u2013 Detenção de 6 (seis) meses a 3 (três) anos, e multa.
 Ocorre com o desvio do seu curso natural ou represamento de águas alheias, em proveito próprio ou de outrem, causando prejuízo a uma propriedade pública ou privada.
Bem Jurídico Tutelado - Ao contrário das outras figuras de usurpação, no art. 162 o objeto da tutela penal não é a propriedade imobiliária. Os bens jurídicos protegidos são a posse e a propriedade de semoventes (bois, vacas, cavalos, carneiros, porcos etc., constitutivos de gado ou rebanho), que são considerados, para o direito penal, coisas móveis, embora, para o direito civil, possam, eventualmente, ser tratados como imóveis (art. 43, III, do CC/16), por acessão intelectual, quando, por exemplo, imobilizados num prédio, para sua exploração industrial. (Bitencourt, pag. 477-478)
Espécie de Ação: Ação Pública Incondicionada
Art. 163 CP
Definição: Dano: Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia:
Pena- detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
Dano qualificado:
 Parágrafo único. Se o crime é cometido:
I \u2014 com violência à pessoa ou grave ameaça; II \u2014 com emprego de substância inflamável ou explosiva, se o fato não constitui crime mais grave;
III \u2014 contra o patrimônio da União, Estado, Município, empresa concessionária de serviços públicos ou sociedade de economia mista;
 III com redação determinada pela Lei n. 5.346, de 3 de novembro de 1967.
 IV \u2014 por motivo egoístico ou com prejuízo considerável para a vítima:
 Pena \u2014 detenção, de 6 (seis) meses a 3 (três) anos, e multa, além da pena correspondente à violência.
		Bem Jurídico Tutelado: O bem jurídico protegido é o patrimônio, público ou privado, tanto sob o aspecto da posse quanto da propriedade. (Bitencourt, pág. 495).
Espécie de Ação: A ação é privada na iniciativa simples, mas pública incondicionada na forma qualificada.
Art. 164 CP
Definição: Introduzir ou deixar animais em propriedade alheia, sem consentimento de quem de direito, desde que o fato resulte em prejuízo:
Pena \u2013 Detenção de 15 (quinze) dias a 6 (seis meses), ou multa.
Bem Jurídico Tutelado: O s bens jurídicos protegidos neste dispositivo continuam sendo a posse e a propriedade imóvel, rural ou urbana, que constituem aspectos do patrimônio, especialmente contra dano causado por animais emplantações e terrenos cultivados. Ganham especial relevo os danos causados por essa forma a plantações ou a qualquer espécie de terrenos cultivados (Bitencourt, pág. 530).
Espécie de Ação: Exclusivamente de iniciativa privada, ou seja, pública incondicionada.
Art. 165 CP
Definição: Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa tombada pela autoridade competente em virtude de valor artístico, arqueológico ou histórico:
Pena \u2014 detenção, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos, e multa.
Bem Jurídico Tutelado: Bem jurídico protegido é a inviolabilidade do patrimônio histórico, arqueológico ou artístico pelo que representa e pela expressão que assume na coletividade (Bitencourt, pág. 553)
Espécie de Ação: Pública Incondicionada
Art. 166 CP
Definição: Alterar, sem licença da autoridade competente, o aspecto de local especialmente protegido por lei:
Pena \u2014 detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, ou multa.
Bem Jurídico Tutelado: O bem jurídico protegido é o ambiente, sob seu aspecto cultural-estético, particularmente a inviolabilidade do patrimônio público cultural nacional. Essa proteção recai em coisas imóveis, de regra representadas por sítios, paisagens ou quaisquer espécies de locais bucólicos que embelezam determinados lugares e constituem bem comum. A beleza ou estética que se protege pode decorrer da própria natureza ou ser especialmente complementada pela arte ou ofício do ser humano (Bitencourt, pág. 567).
Espécie da Ação: Pública incondicionada

Art. 168. CP
Definição: Apropriar-se de coisa alheia móvel, de que tem a posse ou a detenção:
Pena \u2014 reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa.
Aumento de pena
§ 1º A pena é aumentada de um terço, quando o agente recebeu a coisa:
I \u2014 em depósito necessário;
II \u2014 na qualidade de tutor, curador, síndico, liquidatário, inventariante, testamenteiro ou depositário judicial;
III \u2014 em razão de ofício, emprego ou profissão.	
Bem Jurídico Tutelado: O bem jurídico protegido é a inviolabilidade do patrimonial, particularmente em relação à propriedade. Na verdade, protege o direito de propriedade, direta e imediatamente, contra eventuais abusos do possuidor, que possa ter a intenção de dispor da coisa alheia como se fosse sua (Bitencourt, 578-579).
Espécie de Ação: Pública incondicionada.
Art. 168 CP
Definição: - A. Deixar de repassar à previdência social as contribuições recolhidas dos contribuintes, no prazo e forma legal ou convencional:
Pena \u2014 reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, e multa.
§ 1º Nas mesmas penas incorre quem deixar de:
I \u2014 recolher, no prazo legal, contribuição ou outra importância destinada à previdência social que tenha sido descontada de pagamento efetuado a segurados, a terceiros ou arrecadada do público;
II \u2014 recolher contribuições devidas à previdência social que tenham integrado despesas contábeis ou custos relativos à venda de produtos ou à prestação de serviços;
III \u2014 pagar benefício devido a segurado, quando as respectivas cotas ou valores já tiverem sido reembolsados à empresa pela previdência social.
§ 2º É extinta a punibilidade se o agente, espontaneamente, declara, confessa e efetua o pagamento das contribuições, importâncias ou valores e presta as informações devidas à previdência Social na forma definidas em lei ou regulamento, antes do início da ação fiscal.
Bem Jurídico Tutelado: Bem jurídico protegido são as fontes de custeio da seguridade social, particularmente os direitos relativos à saúde, à previdência e à assistência social (art. 194 da CF). São protegidas especialmente contra a apropriação indébita que pode ser praticada por quem tem o dever de recolher os tributos e taxas. É, em outros termos, a tutela da subsistência financeira da previdência social (Bitencourt, pág. 619).
Espécie da Ação: Pública Incondicionada.

Art. 169 CP
Definição: Apropriar-se alguém de coisa alheia vinda ao seu poder por erro, caso fortuito ou força da natureza:
Pena \u2014 detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, ou multa.
Parágrafo único. Na mesma pena incorre:
Apropriação de tesouro
I \u2014 quem acha
Primavera
Primavera fez um comentário
sujeito ativo c penal artigo 161
0 aprovações
Carregar mais