Art. 161 a 212 CP (Definição, Bem Jurídico Tutelado, Espécie de Ação).
5 pág.

Art. 161 a 212 CP (Definição, Bem Jurídico Tutelado, Espécie de Ação).


DisciplinaDireito Penal IV5.000 materiais31.969 seguidores
Pré-visualização5 páginas
ação: a ação penal é de iniciativa privada, salvo se o crime for praticado em prejuízo de entidade de direito público, autarquia, empresa pública, sociedade de economia mista ou fundação instituída pelo Poder Público.

Art. 197 CP
Definição: Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça:
I \u2014 a exercer ou não exercer arte, ofício, profissão ou indústria, ou a trabalhar ou não trabalhar durante certo período ou em determinados dias:
Pena \u2014 detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, e multa, além da pena correspondente à violência;
II \u2014 a abrir ou fechar o seu estabelecimento de trabalho, ou a participar de parede ou paralisação de atividade econômica:
Pena \u2014 detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, e multa, além da pena correspondente à violência.
Bem Jurídico Tutelado: O bem jurídico protegido é a liberdade de trabalho, isto é, a liberdade de escolher o trabalho, a profissão, arte, ofício ou indústria que o indivíduo deseja exercer e de decidir quando abrir ou fechar seu próprio estabelecimento de trabalho (Bitencourt, pág. 990).
	Espécie de Ação: Pública Incondicionada.

Art. 198 CP
Definição: Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a celebrar contrato de trabalho, ou a não fornecer a outrem ou não adquirir de outrem matéria-prima ou produto industrial ou agrícola:
Pena \u2014 detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, e multa, além da pena correspondente à violência.
Bem Jurídico Tutelado: o bem jurídico protegido é a liberdade de trabalho, mais especificamente a liberdade de celebrar contrato de trabalho, bem como a normalidade de celebrar trabalho (Bitencourt, pág. 1010).
Espécie de Ação: Pública Incondicionada

Art. 199 CP
Definição: Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a participar ou deixar de participar de determinado sindicato ou associação profissional:
Pena \u2014 detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, e multa, além da pena correspondente à violência.
Bem Jurídico Tutelado: O bem jurídico protegido é a liberdade de associação e filiação sindical ou profissional, assegurada pela atual Constituição Federal (arts. 5º, XVII, e 8º, V) (Bitencourt, 1025)
Espécie de Ação: Pública Incondicionada.

Art. 200 CP
Definição: Participar de suspensão ou abandono coletivo de trabalho, praticando violência contra pessoa ou contra coisa:
Pena \u2014 detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, e multa, além da pena correspondente à violência.
Parágrafo único. Para que se considere coletivo o abandono de trabalho é indispensável o concurso de, pelo menos, três empregados.
Bem Jurídico Tutelado: O bem jurídico tutelado é a regularidade e moralidade das relações trabalhistas, é a correção e a moralidade que devem orientar os contratos de trabalho, que, venia concessa, não se confunde com \u201cliberdade de trabalho\u201d. (Bitencourt, 1036)
Espécie de Ação Penal: Pública Incondicionada.

Art. 201 CP
Definição: Participar de suspensão ou abandono coletivo de trabalho, provocando a interrupção de obra pública ou serviço de interesse coletivo:
Pena \u2014 detenção, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos, e multa.
Bem Jurídico Tutelado: O bem jurídico são a regularidade e a moralidade das relações trabalhistas, especialmente aquelas relacionadas a obras públicas ou serviços de interesse coletivo; são a correção e a moralidade que devem orientar os contratos de trabalho, o que, venia concessa, não se confunde com \u201cliberdade de trabalho\u201d. (Bitencourt, 1050)
Espécie de Ação: Pública Incondicionada.

Art. 202 CP
Definição: Invadir ou ocupar estabelecimento industrial, comercial ou agrícola, com o intuito de impedir ou embaraçar o curso normal do trabalho, ou com o mesmo fim danificar o estabelecimento ou as coisas nele existentes ou delas dispor:
Pena \u2014 reclusão, de 1 (um) a 3 (três) anos, e Multa.
Bem Jurídico Tutelado: Os bens jurídicos protegidos são, ao mesmo tempo, a liberdade e a organização do trabalho. O patrimônio do proprietário também se inclui na proteção jurídica desse tipo penal. Trata-se, na verdade, de crime pluriofensivo, pois viola bens jurídicos individuais que se vinculam ao funcionamento normal de estabelecimento de trabalho e a sua integridade. (Bitencourt, 1059)
Espécie de Ação: Pública Incondicionada.

Art. 203 CP
Definição: Frustrar, mediante fraude ou violência, direito assegurado pela legislação do trabalho:
Pena \u2014 detenção, de 1 (um) ano a 2 (dois) anos, e multa, além da pena correspondente à violência.
§ 1º Na mesma pena incorre quem:
I \u2014 obriga ou coage alguém a usar mercadorias de determinado estabelecimento, para impossibilitar o desligamento do serviço em virtude de dívida;
II \u2014 impede alguém de se desligar de serviços de qualquer natureza, mediante coação ou por meio da retenção de seus documentos pessoais ou contratuais.
§ 2º A pena é aumentada de 1/6 (um sexto) a 1/3 (um terço) se a vítima é menor de 18 (dezoito) anos, idosa, gestante, indígena ou portadora de deficiência física ou mental.
Bem Jurídico Tutelado: O bem jurídico protegido abrange todo e qualquer direito que seja protegido pela legislação trabalhista. Como destaca Damásio de Jesus, \u201cO legislador buscou tutelar a legislação trabalhista, entendendo indispensável ao desenvolvimento harmônico da sociedade o cumprimento dos deveres impostos ao empregado e ao empregador\u201d (Bitencourt, 1067).

Art. 204 CP
Definição: Frustrar, mediante fraude ou violência, obrigação legal relativa à nacionalização do trabalho:
Pena \u2014 detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, e multa, além da pena correspondente à violência.
Bem Jurídico Tutelado: Bem jurídico protegido é o interesse na nacionalização do trabalho, particularmente o interesse do Estado em garantir a reserva de mercado para os brasileiros, em seu próprio território. (Bitencourt, 1079).
Espécie de ação: Pública incondicionada.

Art. 205 CP
 	Definição: Exercer atividade, de que está impedido por decisão administrativa:
Pena \u2014 detenção, de 3 (três) meses a 2 (dois) anos, ou multa.
 	Bem Jurídico Tutelado: O bem jurídico protegido é a garantia de execução das decisões administrativas, ou, mais especificamente, o interesse do Estado no cumprimento de suas decisões administrativas (Bitencourt, 1086).
Espécie de ação: Pública Incondicionada.

Art. 206 CP
Definição: Recrutar trabalhadores, mediante fraude, com o fim de levá-los para território estrangeiro.
Pena \u2014 detenção, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa.
Bem Jurídico Tutelado: O bem jurídico protegido é o interesse do Estado em garantir a permanência dos trabalhadores brasileiros no Brasil, ou seja, manter a mão de obra no território nacional. Protege-se o interesse público na não emigração do trabalhador nacional, partindo da presunção de que essa evasão de trabalhadores é danosa à economia nacional. Essa presunção é absoluta, não podendo ser elidida, para afastar sua atipicidade, em nenhuma circunstância (Bitencourt, pág. 1095-1096).
Espécie de Ação: Pública Incondicionada.

Art. 207 CP
Definição: Aliciar trabalhadores, com o fim de levá-los de uma para outra localidade do território nacional:
Pena \u2014 detenção de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa.
§ 1º Incorre na mesma pena quem recrutar trabalhadores fora da localidade de execução do trabalho, dentro do território nacional, mediante fraude ou cobrança de qualquer quantia do trabalhador, ou, ainda, não assegurar condições do seu retorno ao local de origem.
§ 2º A pena é aumentada de 1/6 (um sexto) a 1/3 (um terço) se a vítima é menor de 18 (dezoito) anos, idosa, gestante, indígena ou portadora de deficiência física ou mental.
Bem Jurídico Tutelado: O bem jurídico protegido é o interesse do Estado em evitar o êxodo de trabalhadores no território nacional. Procura-se evitar que alguma região fique despovoada, em detrimento de outra. Interessa ao Estado, como destaca Paulo José da Costa Jr., evitar o êxodo de mão de obra barata, proveniente de zonas desfavorecidas do País, produzindo concentrações urbanas e desajustes socioeconômicos. (Bitencourt, 1102).
Espécie de Ação: Pública Incondicionada.

Art. 208 CP
Definição:
Primavera
Primavera fez um comentário
sujeito ativo c penal artigo 161
0 aprovações
Carregar mais