A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
214 pág.
Estatistica Experimental

Pré-visualização | Página 1 de 50

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA 
CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS 
DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
EST 220 – ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Viçosa – Minas Gerais 
2010 / II 
 
UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA 
Departamento de Estatística 
EST 220 – Estatística Experimental – 2010 / II 
 
1. CONTEÚDO 
 
Capítulo 1 – Testes de hipóteses 
Capítulo 2 – Contrastes 
Capítulo 3 – Introdução à Experimentação 
Capítulo 4 – Delineamento Inteiramente Casualizado 
Capítulo 5 – Procedimentos para Comparações Múltiplas 
Capítulo 6 – Delineamento em Blocos Casualizados 
Capítulo 7 – Delineamento em Quadrado Latino 
Capítulo 8 – Experimentos Fatoriais 
Capítulo 9 – Experimentos em Parcelas Subdivididas 
Capítulo 10 – Regressão e Correlação 
 
2. AVALIAÇÃO 
 
Prova Data Horário Local 
1 03/09 (Sex) 18:20 h A CONFIRMAR 
2 15/10 (Sex) 20:30 h A CONFIRMAR 
3 26/11 (Sex) 20:30 h A CONFIRMAR 
 
O sistema de avaliação constará de três provas com pesos iguais, cujas 
datas foram sugeridas ao Registro Escolar. A nota final será a média das provas. 
Será aplicada uma quarta prova escrita (29/11 – Seg – 12:00 h) que 
abordará todo o assunto do semestre, somente para o estudante que perder pelo 
menos uma das três provas por qualquer motivo. 
Levar documento com foto para fins de fiscalização durante as provas. 
Levar tabelas dos testes de hipóteses, formulário e calculadora para as 
provas, pois são de uso individual. 
O coordenador da disciplina marcará um único período de revisão para 
cada uma das provas que deverá ser respeitado, dado que não serão abertas 
exceções para revisões de provas fora do período estabelecido. 
As revisões de provas serão realizadas com o monitor durante o seu horário 
numa sala do Departamento de Estatística no prédio do CCE, mesmo que a 
monitoria regular esteja marcada para outro local. 
A data da prova final será marcada pelo Registro Escolar. 
 
3. MONITORIA 
 
 O horário e local da monitoria serão divulgados na terceira semana de aula. 
 Serão agendados horários extras durante a semana de cada prova, sendo o 
horário e local, divulgados no quadro de avisos do Departamento de Estatística no 
prédio do CCE. 
 
4. BIBLIOGRAFIA 
 
BARBETTA, P.A.; REIS, M.M. e BORNIA, A.C. Estatística para cursos de 
engenharia e informática. Editora Atlas, São Paulo, 2004. 410 p. 
BANZATTO, D.A. e KRONKA, S.N. Experimentação agrícola. FUNESP, 
Jaboticabal, 1989. 249 p. 
COSTA NETO, P.L.O. Estatística. Editora Edgard Blücher, São Paulo, 1977, 264 
p. 
GOMES, F.P. Curso de estatística experimental. 12a edição, Livraria Nobel S.A, 
São Paulo, 1987. 467 p. 
HINES, W.W.; MONTGOMERY, D.C.; GOLDSMAN, D.M. e BORROR, C.M. 
Probabilidade e estatística na engenharia. 4a edição, LTC Editora, Rio de Janeiro, 
2006. 588 p. 
HOFFMANN, R. e VIEIRA, S. Análise de regressão: uma introdução à 
econometria. 2a edição, Editora Hucitec, São Paulo, 1983. 379 p. 
MONTGOMERY, D.C. e RUNGER, G.C. Estatística aplicada e probabilidade para 
engenheiros. 4a edição, LTC Editora, Rio de Janeiro, 2009. 490 p. 
MOORE, D.S. e McCABE, G.P. Introdução à prática da estatística. 3a edição, LTC 
Editora, Rio de Janeiro, 2002. 536 p. 
RIBEIRO JÚNIOR, J.I. Análises estatísticas no Excel – guia prático. Editora UFV, 
Viçosa, 2004. 249 p. 
RIBEIRO JÚNIOR, J.I. e MELO, A.L.P. Guia prático para utilização do SAEG. 
Folha Artes Gráficas Ltda, Viçosa, 2008. 288 p. 
VIEIRA, S. e HOFFMANN, R. Estatística experimental. Editora Atlas, São Paulo, 
1989, 179 p. 
 
5. PROFESSORES 
 
Antonio Policarpo Souza Carneiro – CCE 313B – Ramal 1786 
José Ivo Ribeiro Júnior – CCE 306B – Ramal 1783 (Coordenador) 
Nerilson Terra Santos – CCE 312B – Ramal 1784 
Sebastião Martins Filho – CCE 316B – Ramal 1773 
 
6. HORÁRIOS DAS TURMAS 
 
Horário Seg Ter Qua Qui Sex 
8 T1 - PVB310 
Nerilson 
 T4 - PVB209 
Sebastião 
T3 - PVB209 
Nerilson 
10 T4 - PVB209 
Sebastião 
T3 - PVB209 
Nerilson 
 T1 - PVB310 
Nerilson 
 
14 T6 - PVB304 
Policarpo 
 T5 - PVB105 
José Ivo 
T2 - PVB209 
Sebastião 
 
16 T2 - PVB209 
Sebastião 
 T6 - PVB304 
Policarpo 
 T5 - PVB105 
José Ivo 
 
 
7. PLANEJAMENTO 
 
Aula Semana Assunto 
1 02 a 06/08 Apresentação da disciplina 2 Testes de hipóteses: conceitos 
3 
09 a 13/08 
Teste t e intervalo de confiança para uma média 
4 Teste F para duas variâncias, teste t para duas médias independentes 
5 
16 a 20/08 
Intervalo de confiança para duas médias independentes, 
teste t para duas médias dependentes e intervalo de 
confiança para duas médias independentes 
6 Teste t e intervalo de confiança para duas médias dependentes 
7 23 a 27/08 Contrastes: conceitos 8 Métodos para obtenção de contrastes ortogonais 
9 30 a 03/09 Princípios básicos da experimentação 10 Tira dúvidas 
 Prova 1 – 03/09 – Sex – 18:20 h 
11 08 a 10/09 Delineamento inteiramente casualizado (DIC) 
12 13 a 17/09 Análise de variância e pressuposições 13 Delineamento em blocos casualizados (DBC) 
14 20 a 24/09 Delineamento em quadrado latino (DQL) 15 Testes de Tukey e Duncan 
16 27 a 29/09 Testes t e de Scheffé 
17 04 a 08/10 Experimento fatorial (EF) 18 Interação AxB não significativa de EF 
19 11 a 15/10 Interação AxB significativa de EF 20 Tira dúvidas 
 Prova 2 – 15/10 – Sex – 20:30 h 
21 25 a 29/10 Experimento em parcelas subdivididas (EPS) 22 Interação AxB não significativa de EPS 
23 03 a 05/11 Interação AxB significativa de EPS 
24 08 a 12/11 Regressão linear de 1
o
 grau 
25 Regressão linear de 2o grau 
26 17 a 19/11 Regressão linear com delineamento experimental 
27 22 a 26/11 Análise de correlação 28 Tira dúvidas 
 Prova 3 – 26/11 – Sex – 20:30 h 
29 Prova 4 – 29/11 – Seg – 12:00 h 
30 Software estatístico – 30/11 – Ter – 12:00 h 
 
 
 
 
Índice 
 
 Capítulo 1 - Testes de Hipóteses 1
 
 Capítulo 2 - Contrastes 22
 
 Capítulo 3 – Introduçao à Experimentação 30
 
 Capítulo 4 - Delineamento Inteiramente Casualizado 37
 
 Capítulo 5 – Procedimentos para Comparações Múltiplas 45
 
 Capítulo 6 - Delineamento em Blocos Casualizados 53
 
 Capítulo 7 - Delineamento em Quadrado Latino 65
 
 Capítulo 8 - Experimentos Fatoriais 71
 
 Capítulo 9 - Experimentos em Parcelas Subdivididas 95
 
 Capítulo 10 - Regressão 111
 
 Capítulo 11 – Respostas dos Exercícios 125
 
 Anexo 1 - Formulário e Tabelas 151
 
 Anexo 2 – Fórmula Geral para o Cálculo de Soma de Quadrados 167
 
 Anexo 3 – Introdução ao Uso do Programa SAS 169
 
 Anexo 4 – p-valor 190
 
 Anexo 5 – Exemplo Extra ANOVA 191
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
EST 220 – Estatística Experimental – I/2008 
________________________________________________________________ 
 
 
1 
1. Testes de Hipóteses 
1.1. Introdução 
Os testes de hipóteses fazem parte de um conjunto de procedimentos inferenciais 
usados em estatística. O uso de tais procedimentos permite ao pesquisador fazer 
inferências a respeito de uma população a partir de uma ou mais amostras 
representativas da população da qual as amostras foram retiradas. 
No dia a dia usamos de inferência para tomarmos certas decisões. Por exemplo, 
quando vamos a feira para comprar abacaxi e um feirante nos oferece um pedaço de 
abacaxi. Qual o nosso procedimento? Se aquele pedaço de abacaxi for doce, concluímos 
que todo o lote de abacaxi vendido por aquele feirante é doce. Por outro lado, se o 
pedaço for azedo, inferimos que todo o lote é azedo. É lógico que podemos tomar 
decisões erradas devido à amostragem. Por exemplo, corremos o risco de levar abacaxi 
azedo para casa, mesmo que a nossa prova tenha sido doce. Isto pode acontecer porque 
o lote de