A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
Historiografia Brasileira_Aulas_06 à 10-Exercícios

Pré-visualização | Página 5 de 5

A Formação do Brasil Contemporâneo, de Caio Prado Jr. 
 
Retrato do Brasil, de Paulo Prado. 
 O Diabo e a Terra de Santa Cruz, de Laura de Mello e Souza. 
 
 6a Questão 
 
 
(Estácio - Enade - Adaptada) Sobre a Revista dos Annales, fundada por March Bloch e Lucian Febvre em 
1929 para promover uma nova espécie de história, pode-se afirmar que: 
 
 
Acreditavam que a história deveria focar as atividades políticas, tidas como as mais importantes 
para o desenvolvimento das organizações sociais. 
 Desejavam o abandono da história centrada em fatos isolados e voltada apenas para 
importantes personagens políticos. 
 
 7a Questão 
 
 
São aspectos relacionados à chamada "expansão documental" ocorrida no campo historiográfico nas últimas 
décadas do século XX, EXCETO: 
 
 
A multiplicação de metodologias para análise documental. 
 A primazia da cultura material em detrimento dos documentos escritos. 
 
 8a Questão 
 
 
A chegada da Nova História no Brasil abriu a historiografia brasileira para novos temas de pesquisa. São 
exemplos dessa renovação temática, EXCETO: 
 
 
História da sexualidade. 
 
A história do cotidiano 
 História Diplomática e do Estado Brasileiro. 
 
 
HISTORIOGRAFIA BRASILEIRA - 10a aula 
 
 
 1a Questão 
 
 
Assinale a opção que melhor define as abordagens estruturalistas. 
 Propunham a ênfase nas estruturas sociais, econômicas e culturais e negavam valor 
heurístico aos sujeitos. 
 
 2a Questão 
 
 
Podemos ressaltar como influência da Nova História Cultural francesa na historiografia brasileira: 
 
 O trabalho com novos temas, como a história das mulheres, das festas e do cotidiano. 
 
 3a Questão 
 
 
Qual das alternativas abaixo melhor representa o conceito de cultura assumido pela História Cultural 
francesa? 
 
 
A Nova História Cultural toma a ideia de cultura como sinônimo de produtos culturais, como cinema, 
teatro, televisão etc. 
 O conceito de cultura é tomado em seu sentido antropológico, abrangendo vários aspectos da 
produção e da experiência humana. 
 
 4a Questão 
 
 
Pode ser considerado um impacto do pós-modernismo no campo disciplinar da História: 
 
 
A percepção do passado como uma realidade objetiva e que pode ser acessada pelo historiador. 
 
A mudança de papel do historiador, que passa a corrigir as interpretações divergentes a respeito do 
passado produzidas socialmente. 
 O fortalecimento da dimensão interpretativa da representação historiográfica. 
 
 5a Questão 
 
 
A nova história cultural chegou ao Brasil especialmente a partir da década de 80 e favoreceu aos historiadores 
brasileiros a ampliação de seus temas, fontes e objetos de pesquisa. NÃO é exemplo dessa ampliação do campo 
temático: 
 
 
Os estudos sobre a sexualidade. 
 Os estudos sobre as estruturas econômicas. 
 
 6a Questão 
 
 
(Estácio - Enade - Adaptada) Sobre a Revista dos Annales, fundada por March Bloch e Lucian Febvre em 1929 
para promover uma nova espécie de história, pode-se afirmar que: 
 
 
Fazia uma forte crítica às análises sócio-econômicas da história, pois priorizavam o estudo do 
cultural desde sua primeira geração. 
 
 
Acreditavam que a história deveria focar as atividades políticas, tidas como as mais importantes 
para o desenvolvimento das organizações sociais. 
 Desejavam o abandono da história centrada em fatos isolados e voltada apenas para importantes 
personagens políticos. 
 
 7a Questão 
 
 
São aspectos relacionados à chamada "expansão documental" ocorrida no campo historiográfico nas últimas 
décadas do século XX, EXCETO: 
 
 
A multiplicação de metodologias para análise documental. 
 
A percepção do cinema como fonte valiosa para o historiador da contemporaneidade. 
 A primazia da cultura material em detrimento dos documentos escritos. 
 
 8a Questão 
 
 
A chegada da Nova História no Brasil abriu a historiografia brasileira para novos temas de pesquisa. São 
exemplos dessa renovação temática, EXCETO: 
 
 História Diplomática e do Estado Brasileiro.