CAPÍTULO 9 LIVRO MACROECONOMIA BLANCHARD
33 pág.

CAPÍTULO 9 LIVRO MACROECONOMIA BLANCHARD


DisciplinaEconomia Básica289 materiais1.044 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Prepared by:
Fernando Quijano and Yvonn Quijano
9
C A P Í T U L O
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
Inflação, Atividade 
Econômica e 
Expansão Monetária
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
C
a
p
ít
u
lo
 9
: 
In
fl
a
ç
ã
o
, 
A
ti
v
id
a
d
e
 E
c
o
n
ô
m
ic
a
e
 E
x
p
a
n
s
ã
o
 M
o
n
e
tá
ri
a
Produto, Desemprego e Inflação
\uf0a7 Este capítulo baseia-se em três relações:
\uf0a7 A lei de Okun, que relaciona a variação no 
desemprego ao crescimento do produto.
\uf0a7 A curva de Phillips, que relaciona variações na 
inflação ao desemprego.
\uf0a7 A relação de demanda agregada, que relaciona o 
crescimento do produto à inflação e à expansão 
monetária.
9-1
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
C
a
p
ít
u
lo
 9
: 
In
fl
a
ç
ã
o
, 
A
ti
v
id
a
d
e
 E
c
o
n
ô
m
ic
a
e
 E
x
p
a
n
s
ã
o
 M
o
n
e
tá
ri
a
Crescimento do Produto, Desemprego, 
Inflação e Expansão Monetária
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
C
a
p
ít
u
lo
 9
: 
In
fl
a
ç
ã
o
, 
A
ti
v
id
a
d
e
 E
c
o
n
ô
m
ic
a
e
 E
x
p
a
n
s
ã
o
 M
o
n
e
tá
ri
a
Lei de Okun: do Crescimento do 
Produto ao Desemprego
\uf0a7 Segundo a equação acima, a variação da taxa 
de desemprego deve ser igual à variação 
negativa da taxa de crescimento do produto.
\uf0a7 Por exemplo, se o crescimento do produto for 
de 4%, então, a taxa de desemprego deve cair 
4%.
u u gt t yt\uf02d \uf03d \uf02d\uf02d1
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
C
a
p
ít
u
lo
 9
: 
In
fl
a
ç
ã
o
, 
A
ti
v
id
a
d
e
 E
c
o
n
ô
m
ic
a
e
 E
x
p
a
n
s
ã
o
 M
o
n
e
tá
ri
a
Lei de Okun: do Crescimento do 
Produto ao Desemprego
\uf0a7 A verdadeira relação entre o crescimento do 
produto e a variação da taxa de desemprego é 
conhecida como lei de Okun.
\uf0a7 Usando dados de trinta anos, a reta que 
melhor se ajusta aos dados corresponde a:
u u gt t yt\uf02d \uf03d \uf02d \uf02d\uf02d1 0 4 3%). (
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
C
a
p
ít
u
lo
 9
: 
In
fl
a
ç
ã
o
, 
A
ti
v
id
a
d
e
 E
c
o
n
ô
m
ic
a
e
 E
x
p
a
n
s
ã
o
 M
o
n
e
tá
ri
a
Lei de Okun: do Crescimento do 
Produto ao Desemprego
O alto crescimento do 
produto está 
associado à redução 
da taxa de 
desemprego; o baixo 
crescimento do 
produto está 
associado ao 
aumento da taxa de 
desemprego.
Variação na taxa de 
desemprego versus 
crescimento do 
produto nos Estados 
Unidos, 1970-2000
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
C
a
p
ít
u
lo
 9
: 
In
fl
a
ç
ã
o
, 
A
ti
v
id
a
d
e
 E
c
o
n
ô
m
ic
a
e
 E
x
p
a
n
s
ã
o
 M
o
n
e
tá
ri
a
Lei de Okun: do Crescimento do 
Produto ao Desemprego
\uf0a7 Segundo a equação acima:
u u gt t yt\uf02d \uf03d \uf02d \uf02d\uf02d1 0 4 3%). (
\uf0a7 Para manter constante a taxa de desemprego, 
o produto deve crescer 3% ao ano. Essa taxa é 
chamada de taxa normal de crescimento.
Se g uyt t tu> 3%, então \uf02d = \u20130,4 (+) < 0\uf02d1
Se g uyt t tu< 3%, então \uf02d = \u20130,4 (\u2013) > 0\uf02d1
Se g uyt t tu= 3%, então \uf02d = \u20130,4 (0) = 0\uf02d1
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
C
a
p
ít
u
lo
 9
: 
In
fl
a
ç
ã
o
, 
A
ti
v
id
a
d
e
 E
c
o
n
ô
m
ic
a
e
 E
x
p
a
n
s
ã
o
 M
o
n
e
tá
ri
a
Lei de Okun: do Crescimento do 
Produto ao Desemprego
\uf0a7 Segundo a equação acima, uma expansão do 
produto 1% acima do normal provoca uma redução 
de apenas 0,4% da taxa de desemprego, por duas 
razões:
\uf0a7 Manutenção dos empregos: as empresas 
preferem manter os funcionários em vez de 
demiti-los quando o produto cai.
\uf0a7 Quando o emprego aumenta, nem todas as novas 
vagas são preenchidas pelos desempregados.
\uf0a7 Um aumento de 0,6% na taxa de desemprego leva a 
uma redução de apenas 0,4% na taxa de desemprego. 
u u gt t yt\uf02d \uf03d \uf02d \uf02d\uf02d1 0 4 3%). (
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
C
a
p
ít
u
lo
 9
: 
In
fl
a
ç
ã
o
, 
A
ti
v
id
a
d
e
 E
c
o
n
ô
m
ic
a
e
 E
x
p
a
n
s
ã
o
 M
o
n
e
tá
ri
a
Lei de Okun: do Crescimento do 
Produto ao Desemprego
\uf0a7 Usando letras em vez de números:
u u gt t yt\uf02d \uf03d \uf02d \uf02d\uf02d1 0 4 3%). (
1
\u3b2
t t yt y
u u ( g g )
-
- = - -
\uf0a7 O crescimento do produto acima do normal 
provoca uma redução da taxa de desemprego; 
o crescimento do produto abaixo do normal 
leva a um aumento da taxa de desemprego. 
Esta é a lei de Okun:
g g u uyt y t t\uf03e \uf0de \uf03c \uf02d1g g u uyt y t t\uf03c \uf0de \uf03e \uf02d1
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
C
a
p
ít
u
lo
 9
: 
In
fl
a
ç
ã
o
, 
A
ti
v
id
a
d
e
 E
c
o
n
ô
m
ic
a
e
 E
x
p
a
n
s
ã
o
 M
o
n
e
tá
ri
a
A Curva de Phillips: do Desemprego à 
Inflação
\uf0a7 A inflação depende da inflação esperada e do 
desvio do desemprego de sua taxa natural. 
Quando pet é bem aproximada por pt-1, então:
1
\u3c0 \u3c0 \u3b1
t t t n
( u u )
-
- = - -
\u3c0 \u3c0 \u3b1e
t t t n
(u u )= - -
\uf0a7 De acordo com a curva de Phillips:
u ut n t t\uf03c \uf0de \uf03e \uf02dp p 1
u ut n t t\uf03e \uf0de \uf03c \uf02dp p 1
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
C
a
p
ít
u
lo
 9
: 
In
fl
a
ç
ã
o
, 
A
ti
v
id
a
d
e
 E
c
o
n
ô
m
ic
a
e
 E
x
p
a
n
s
ã
o
 M
o
n
e
tá
ri
a
A Relação de Demanda Agregada: da Expansão 
Monetária e Inflação ao Crescimento do Produto
\uf0a7 À relação de demanda agregada deduzida no 
Capítulo 7 adicionamos os indicadores de 
tempo:
\uf0a7 Ignorando as variações no produto causadas 
por todos os demais fatores, exceto a variação 
no estoque real de moeda, temos:
\u3b3 t
t
t
M
Y
P
=
Relação AD Y
M
P
G Tt
t
t
t tY \uf03d
\uf095\uf0e6
\uf095\uf0e8
\uf095\uf0e7
\uf0f6
\uf0f8
\uf0f7, ,
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
C
a
p
ít
u
lo
 9
: 
In
fl
a
ç
ã
o
, 
A
ti
v
id
a
d
e
 E
c
o
n
ô
m
ic
a
e
 E
x
p
a
n
s
ã
o
 M
o
n
e
tá
ri
a
A Relação de Demanda Agregada: da Expansão 
Monetária e Inflação ao Crescimento do Produto
\uf0a7 Em termos das taxas de crescimento de 
produto, moeda e nível de preços:
\uf0a7 De acordo com a relação de demanda 
agregada:
g gyt mt t\uf03d \uf02d p
g gmt t yt\uf03e \uf0de \uf03ep 0
g gmt t yt\uf03c \uf0de \uf03cp 0
\uf0a7 Dada a inflação, uma política monetária 
expansionista aumenta o crescimento do 
produto.
© 2004 by Pearson Education Macroeconomia, 3ª edição Olivier Blanchard
C
a
p
ít
u
lo
 9
: 
In
fl
a
ç
ã
o
, 
A
ti
v
id
a
d
e
 E
c
o
n
ô
m
ic
a
e
 E
x
p
a
n
s
ã
o
 M
o
n
e
tá
ri
a
O Médio Prazo
\uf0a7 Considere uma taxa constante de expansão 
monetária, gm.
\uf0a7 No médio prazo, a taxa de desemprego deve ser 
constante, então, , implicando que . 
O produto cresce à sua taxa natural.
9-2
g gy m\uf03d \uf02d p
u ut t\uf03d \uf02d1 g yt y\uf03d g
\uf0a7 Com a expansão monetária igual a gm e o 
crescimento do produto igual a gy, a relação de 
demanda agregada implica que a inflação é 
constante e satisfaz:
Indianara
Indianara fez um comentário
MUITO BOM O CONTEÚDO. BEM EXPLICADO!
0 aprovações
Carregar mais