data base de marketing
6 pág.

data base de marketing


DisciplinaData Base Marketing138 materiais1.560 seguidores
Pré-visualização6 páginas
D isc. : D A TABAS E M AR KETIN G
A luno(a ) : AN A PAULA S CH AR N ESK Y FR ANC O
Matr íc ula : 201801225711
Acer tos : 8,0 de 10,0
Ic io : 20/05 /2019 (F ina liz.)
1a Que s tão (Re f. :201801293635 )
Acer to : 1,0 / 1,0
Em re lação aos co nce itos sob re dados, infor mações e co nhec ime nto, q ua l das
a lter nativas aba ixo é invá lida?
conhec ime nto e infor mação são s inô nimos, po is q ue m te m infor mação te m
conhec ime nto
um b a nco de dados co nte m dado s ar ma ze nados e o r ga nizado s para a
rec uperação pe lo us uá r io
dados são descr ições e le me ntar es q ue são re gis trada s, c las s ificadas e
ar ma ze nada s, mas não são or ga nizadas pa ra car re gar s ignificado s espec ífic os.
dados pode m se r for mados por c arac teres, números, so ns o u ima ge ns
infor mação são dado s or ga nizados de modo q ue te nha m s ignif icado e va lor para
que m ut iliza r
Gaba rito
Co me nt.
2a Que s tão (Re f. :201801954013 )
Acer to : 1,0 / 1,0
U m bo m uso da Tec no lo gia da I nfor ma ção - TI pe r mite q ue os e xec utivos
desenvo lva m hab ilidades e co mpe nc ia s para b usc ar as infor mações q ue rea lme nt e
o re le va ntes.
Com bas e no uso da TI par a a to mada de dec isão, as s ina le F (Fa lso) o u V ( verdade iro )
nas a fir ma t ivas e marq ue a a lter na tiva co rret a.
( ) A tec no lo gia é es se nc ia l ta nto para a co municação e ar ma ze na me nto do s dados,
das infor mações e dos co nhec ime ntos q ua nto p ara a inte gra ção dest es co nhec ime ntos
vo ltados pa ra os to madore s de dec isão.
( ) A to mada de d ec isão co m uso da TI p rod uze m info r mõe s q ue são a r ma ze nada s
no ba nco de dado s operac io na l. P o rta nto, os dados us ados para s uporte à dec is ão são
igua is ao s dados usado s nos ba ncos de dado s para p rocessa me nto de tra nsações.
( ) A Tec no lo gia da I nfor mão é um rec urso q ue - esta ndo e m s into nia c o m as
nece ss idade s e obje t ivos do s us uár ios - poss ib il ita ma io r e fic iê nc ia e e fic ia no
re lac io na me nto inter no e e xter no das o r ga nizações, e vide nc ia ndo, a ss im, a gilidade e
qua lidade no p rocesso da to mada d e dec is ão.
(V) (V) (F)
(F)(V )(F)
(V) (F)(F)
(F)(V )( V)
(V) (F)( V)
Gaba rito
Co me nt.
3a Que s tão (Re f. :201801483144 )
Acer to : 1,0 / 1,0
O s Sis te ma s de I nfo r m ão dese mp e nha m papé is ad min ist rativos e opera c io na is
impor ta nte s e m e mpresa s e o ut ras or ga nizações. As s ina le a a lter na tiva q ue se re fere
aos S iste mas Es tra gicos.
A uxilia o co ntro le d as operõ es, es ta ndo intima me nte ligado ao d ia a d ia das
e mpresa s.
V isa m a at e nder à de ma nda da d ireção das e mpre sas (d ire tores, vice - pres id e ntes
e pres ide ntes), a uxilia ndo no p la neja me nto a lo ngo pra zo e a aj us tar a e str ut ura
at ua l da e mpres a e m r esposta às muda nças q ue ocor re m e m se u a mb ie nte.
Respo nde q ues tões co mo : Q ua l o res ultado ope rac io na l des te mês e m
co mparação co m o me s mo mês do a no a nter io r?
Me lhora o fluxo de infor mações na o r ga niza ção.
Contro la proc essos ind ustr ia is.
4a Que s tão (Re f. :201801954086 )
Acer to : 1,0 / 1,0
O s Sis te ma s de I nfo r m ão dese mp e nha m papé is ad min ist rativos e opera c io na is
impor ta nte s e m e mpresa s e o ut ras or ga nizações. Po rta nto, os t ipos de s is te mas d e
infor mação pode m ser c lass ific ados co nce it ua lme nte co mo :
(1) S is te ma s de apo io à s operaçõe s.
(2) S is te ma s de apo io ge re nc ia l.
(3) S is te ma s est raté gicos.
Faça a corre ta assoc iação e ntre os ite ns e as s ua s respe ctivas desc r ições, marc a ndo a
seguir a opção q ue aprese nta a co rret a seq uê nc ia dos ite ns :
( ) Re spo nde q ues tões co mo : Co mo es tá a e vo lução das ve nda s?
( ) Re spo nde q ues tões co mo : Q ua l se rá o ve l de e mpre go de ntro de 3 a nos?
( ) Te m co mo pape l P ro cessa r tra nsações de modo e fic ie nte e re spo nder q ues tões
co mo : Q ua ntas p eças há e m um de ter minado a r ma zé m?
2- 1- 3
3- 2- 1
1- 2- 3
3- 1- 2
2- 3- 1
5a Que s tão (Re f. :201801292759 )
Acer to : 1,0 / 1,0
O que é o Da tabase Marke ting?
U ma ferra me nta q ue viab iliza o p la no de ve nd as e labo rado por M arket ing
U m método de traba lho q ue ut il iza um ba nco d e dados de c lie ntes e q ue pe r mite
re fina r as açõe s de Marke t ing
U m so ft ware q ue a e mpre sa adq uire para pode r ad minis tra r se us c lie ntes
U m s iste ma q ue a e mpres a ut iliza para r ea lizar Ca mpa nhas de Ma rketing
U m so ft ware pa ra per mit ir a c r i ão do C RM
6a Que s tão (Re f. :201801955609 )
Acer to : 1,0 / 1,0
Com bas e no co nce ito de D atabas e Marke t ing, co loq ue F (Fa lso) o u V ( ve rdade iro)
nas a fir ma t ivas ab a ixo e as s ina le a a lter na t iva corre ta.
( ) O Datab ase Ma rket ing é um método de c urto pr a zo, vo ltado para o c lie nte e
pro funda me nte baseado e m infor mações.
( ) O Datab ase Ma rket ing trab a lha por me io d a cr iação de uma b ase de dados q ue
re flita a s necess idades ind ivid ua is do s c lie nte s at ua is e pot e nc ia is ( in for mação q ue s e
obté m, por e xe mp lo, do s ped ido s, dos catá lo gos e xter nos, do s ped idos d e info r mação )
e que s e usa para d eter mina r os padrõ es de co mp ra e de nece ss idad es desse s c lie nte s.
( ) O Datab ase Ma rketing é um so ft ware de fác il e xec ução q ue d ispe ns a a cr iação de
um b a nco de dados.
(F)(V )(F)
(F)(F )(F )
(F)(V )( V)
(V) (F)( V)