A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
130 pág.
APOSTILA-ÉTICA-2017-PROF -GUILHERME (2)

Pré-visualização | Página 7 de 29

mediante edital resumido, 
publicado na imprensa oficial. 
O voto é obrigatório para todos os advogados inscritos da OAB, 
sob pena de multa equivalente a 20% (vinte por cento) do valor da 
anuidade, salvo ausência justificada por escrito, a ser apreciada pela 
Diretoria do Conselho Seccional. 
A Diretoria do Conselho Federal, no mês de fevereiro do ano das 
eleições, designará Comissão Eleitoral Nacional, composta por 05 (cinco) 
advogados e presidida preferencialmente por Conselheiro Federal que não 
seja candidato, como órgão deliberativo encarregado de supervisionar, 
com função correcional e consultiva, as eleições seccionais e a eleição 
para a Diretoria do Conselho Federal. Esta Comissão, por sua vez, é 
composta de cinco advogados, sendo um Presidente, que não integrem 
qualquer das chapas concorrentes. 
Contra decisão da Comissão Eleitoral cabe recurso ao Conselho 
Seccional, no prazo de quinze dias, e deste para o Conselho Federal, no 
mesmo prazo, ambos sem efeito suspensivo. Entretanto, quando a maioria 
dos membros do Conselho Seccional estiver concorrendo às eleições, o 
 
Exame de Ordem 
Ética Profissional 
Prof. Guilherme Martins 
 
28 
 
 
redejuris.com 
 
 
 
recurso contra decisão da Comissão Eleitoral será encaminhado 
diretamente ao Conselho Federal. 
Acerca das condições de elegibilidade, regula o 131-A do RGE que: 
Art. 131-A. São condições de elegibilidade: ser o candidato advogado 
inscrito na Seccional, com inscrição principal ou suplementar, em efetivo 
exercício há mais de 05 (cinco) anos, e estar em dia com as anuidades na 
data de protocolo do pedido de registro de candidatura, considerando-se 
regulares aqueles que parcelaram seus débitos e estão adimplentes com a 
quitação das parcelas. 
 § 1º O candidato deverá comprovar sua adimplência junto à OAB por meio 
da apresentação de certidão da Seccional onde é candidato. 
§ 2º Sendo o candidato inscrito em várias Seccionais, deverá, ainda, 
quando da inscrição da chapa na qual concorrer, declarar, sob a sua 
responsabilidade e sob as penas legais, que se encontra adimplente 
com todas elas. 
§3º O período de 05 (cinco) anos estabelecido no caput deste artigo é 
o que antecede imediatamente a data da posse, computado 
continuamente. 
Além disso, no que se refere a este tema é interessante que o 
candidato tenha em mente as causas que podem gerar a extinção do 
mandato: 
 
EOAB - Art. 66. Extingue-se o mandato automaticamente, antes do seu 
término, quando: 
I - ocorrer qualquer hipótese de cancelamento de inscrição ou de 
licenciamento do profissional; 
II - o titular sofrer condenação disciplinar; 
III - o titular faltar, sem motivo justificado, a três reuniões ordinárias 
consecutivas de cada órgão deliberativo do conselho ou da diretoria da 
Subseção ou da Caixa de Assistência dos Advogados, não podendo ser 
reconduzido no mesmo período de mandato. 
Parágrafo único. Extinto qualquer mandato, nas hipóteses deste artigo, 
cabe ao Conselho Seccional escolher o substituto, caso não haja suplente. 
 
Exame de Ordem 
Ética Profissional 
Prof. Guilherme Martins 
 
29 
 
 
redejuris.com 
 
 
 
 
RGE - Art. 131-A. São condições de elegibilidade: ser o candidato advogado 
inscrito na Seccional, com inscrição principal ou suplementar, em efetivo 
exercício há mais de 05 (cinco) anos, e estar em dia com as anuidades na 
data de protocolo do pedido de registro de candidatura, considerando-se 
regulares aqueles que parcelaram seus débitos e estão adimplentes com a 
quitação das parcelas. 
§ 1º O candidato deverá comprovar sua adimplência junto à OAB por meio 
da apresentação de certidão da Seccional onde é candidato. 
 § 2º Sendo o candidato inscrito em várias Seccionais, deverá, ainda, 
quando da inscrição da chapa na qual concorrer, declarar, sob a sua 
responsabilidade e sob as penas legais, que se encontra adimplente 
com todas elas. 
§3º O período de 05 (cinco) anos estabelecido no caput deste artigo é 
o que antecede imediatamente a data da posse, computado 
continuamente. 
 
Por fim, indicamos ao aluno que também faça a leitura do 
PROVIMENTO 16/2006 do Conselho Federal, que versa sobre as hipóteses 
de inelegibilidade, bem como os artigos 128 a 137-C do Regulamento Geral 
da OAB. 
UFAAA! Acabamos nossa UNIDADE I !!! Muita coisa não é mesmo? 
Então dê aquela revisada e comece agora mesmo uma maratona de 
exercícios!!! 
 HORA DE TREINAR 
 #FatalityNaFGV 
 
01) A respeito da competência do Conselho Federal da OAB, assinale a opção incorreta. 
a) Compete ao Conselho Federal da OAB representar, em juízo ou fora dele, os interesses 
coletivos ou individuais dos advogados 
 
Exame de Ordem 
Ética Profissional 
Prof. Guilherme Martins 
 
30 
 
 
redejuris.com 
 
 
 
b) Compete ao Conselho Federal da OAB editar seu regimento interno e o regimento 
interno das Seccionais da OAB. 
c) Compete ao Conselho Federal da OAB julgar, em grau de recurso, as questões decididas 
pelos Conselhos Seccionais, nos casos previstos no EAOAB e no regulamento geral. 
d) Compete ao Conselho Federal da OAB velar pela dignidade, independência, 
prerrogativas e valorização da advocacia. 
 
02) Assinale a afirmativa que indica como ocorrerá, em havendo necessidade, a criação 
de novos Conselhos Seccionais, de acordo com as normas do Regulamento Geral do 
Estatuto da Advocacia e da OAB. 
a) Por meio de Lei aprovada pelo Congresso Nacional. 
b) Por meio de Medida Provisória Federal. 
c) Por Provimento do Conselho Federal. 
d) Por Resolução do Conselho Federal. 
 
03) Nos termos do Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB quanto à 
aquisição de patrimônio pela Ordem dos Advogados do Brasil, revela-se correto 
afirmar que 
a) a alienação de bens é ato privativo do Presidente da Seccional da OAB. 
b) a aquisição de bens depende de aprovação da Diretoria da OAB. 
c) a oneração de bens é ato do Presidente do Conselho Federal. 
d) a disposição sobre os bens móveis é atribuição do Presidente da Seccional. 
 
04) Assinale a opção correta relativamente ao Regulamento Geral do Estatuto da OAB. 
a) Presidente de conselho seccional da OAB tem direito a voto nas sessões das câmaras 
do Conselho Federal da OAB. 
b) Suponha que Bernardo tenha sido agraciado com a medalha Rui Barbosa em agosto de 
2005. Nessa situação, a partir dessa data, Bernardo poderá participar das sessões do 
Conselho Pleno, com direito a voz. 
c) Presidente do Instituto dos Advogados Brasileiros tem direito a voto nas sessões das 
câmaras e do Conselho Pleno do Conselho Federal da OAB. 
d) As comissões permanentes do Conselho Federal serão integradas exclusivamente por 
conselheiros federais. 
 
05) Os jovens Rodrigo, 30 anos, e Bibiana, 35 anos, devidamente inscritos em certa 
seccional da OAB, desejam candidatar-se, pela primeira vez, a cargos de diretoria do 
Conselho Seccional respectivo. Rodrigo está regularmente inscrito na referida seccional 
da OAB há seis anos, sendo dois anos como estagiário. Bibiana, por sua vez, exerceu 
regularmente a profissão por três anos, após a conclusão do curso de Direito. Contudo, 
afastou-se por dois anos e retornou à advocacia há um ano. Ambos não exercem 
funções incompatíveis com a advocacia, ou cargos exoneráveis ad nutum. Tampouco 
integram listas para provimento de cargos em tribunais ou ostentam condenação por 
infração disciplinar. Bibiana e Rodrigo estão em dia com suas anuidades. 
 
Exame de Ordem 
Ética Profissional 
Prof. Guilherme Martins 
 
31 
 
 
redejuris.com 
 
 
 
Considerando a situação

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.