A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
TRABALHO 6 SEMESTRE

Pré-visualização | Página 3 de 4

saber seus objetivos, metas e focos, para então adentrar em sua estrutura, analisando realmente os pontos importantes para a metodologia da análise apresentada. O entendimento do ambiente em que a organização está inserida é de fundamental importância para formar a Visão Externa da Organização, passada a Visão externa baseada em históricos, origens, contexto atual e Estratégia, pode-se dar inicio ao estudo interno da organização. Foca-se a estrutura, os processos, a hierarquia, a tecnologia empregada e as relações com o ambiente. 
O olhar volta-se para dentro da organização em busca de conhecê-la decodificar seu funcionamento, objetivando ajustar comportamentos, criar ou extinguir cargos, funções, tecnologias e, ou processos. Deve-se analisar a empresa como um verdadeiro sistema, uma vez que se trabalham os termos de entrada, transformação, saída e retroalimentação. Segundo Oliveira (2006), as empresas são sistemas planejados que mantém a integridade de sua estrutura interna por intermédio de laços psicológicos. 
Ver a empresa como um verdadeiro sistema interagindo com toda a organização, identificando entradas, saídas e etc. é definitivamente o papel do administrador focado em analisar uma organização, tudo isto é muito complexo de ser analisado. Na empresa. 
..............................
4. MATEMÁTICA FINANCEIRa
A Matemática Financeira constitui a base do mercado financeiro, e deve ser introduzida de forma prática a partir do 7º ano do ensino fundamental, através da estrutura de funcionamento de dois produtos: juros simples e juros compostos. Um conteúdo importante para o sucesso de aprendizagem dos métodos de aplicações financeiras é a porcentagem, pois o aluno deve estar ciente do que vem a ser cálculos percentuais, suas formas de representação e aplicação em situações envolvendo finanças. Fale primeiramente sobre o juro simples, detalhando a sua forma de rendimento, que visa juros fixos de acordo com o capital investido, os valores dos rendimentos são os mesmos mês a mês. A construção de uma tabela ajudará satisfatoriamente o aluno, criando uma melhor visualização dos retornos da aplicação. Observe a situação a seguir:  Observe a situação a seguir: 
Exemplo 1 
Qual o montante a ser produzido por um capital de R$ 1 000,00 aplicados a uma taxa de 2% ao mês durante 8 meses, no regime de juros simples? 
Construindo a tabela dos rendimentos: 
 
A tabela irá demonstrar ao aluno que no sistema de juros simples o rendimento mensal é fixo, pois é baseado no capital do primeiro mês, diferente do juro composto onde os juros de cada período são somados ao capital para o cálculo de novos juros nos períodos seguintes. 
Mostre ao educando que será mais vantajoso aplicar o capital no regime de juros compostos, mas é importante informar ao estudante que da mesma forma que as aplicações mais rentáveis são as capitalizadas mensalmente, os empréstimos ou os cálculos de prestações e impostos atrasados são cobrados na forma de aplicação. 
4.1 DIANTE DA IMPORTÂNCIA DA MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA A ANÁLISE CONTÁBIL DE UMA EMPRESA E CONSIDERANDO O DEMONSTRATIVO FINANCEIRO DA EDIFICA, ANALISE AS SITUAÇÕES ABAIXO E RESPONDA APRESENTANDO TODOS OS CÁLCULOS.
1 Considerando o valor a receber no Ativo Circulante e o empréstimo e financiamentos no Passivo Circulante do ano de 2013, qual seria a taxa de juros composta mais adequada para que a empresa tenha um acréscimo de 5% no valor das suas disponibilidades no Ativo Circulante em um período de 12 meses?
VALOR A RECEBER= R$ 3.028.854 + EMPRÉSTIMO E FINANCIAMENTO 
 R$ 988.056= R$ 4016910 
 DISPONIBILIDADE: 9.722.067 
 5% de 9.722.067 = 486103,35 
 12 __________________ 
 i = √ 4503013,35 / 4016910 - 1 
 
 i= 12 _________________ 
 √ 1,12101425 – 1 
 
 i= 1,00956455801 – 1 
 
 i= 0.0096455801 * 100 
 i≅ 0,956%
 4.1 Se o empréstimo e financiamento no Passivo Circulante de 2013 tivessem que
Ser pagos em 5 parcelas iguais e mensais
 3.1.1 Qual tipo de amortização seria a mais adequada?
RESPOSTA = SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO FRANCÊS (TABELA PRINCE) 
3.1.1. Quais seria o valor das parcelas considerando uma taxa de 1,7% a. m?
EMPRÉSTIMO E FINANCIAMENTO: R$ 1.040.603 / 5 
PARCELAS IGUAIS = R$ 208120,6 
 M= 208120,6 * (1 + 0,017) 
 M= 211658.6502 
 R= O VALOR DAS PARCELAS SERIA R$ 211658.6502 REAIS 
 
4.1.1 Imagine que o valor a receber no ativo circulante de 2012 não ocorreu até dezembro 2012, então é feito um novo planejamento para que esse valor seja pago á empresa em junho de 2013. Qual o novo valor a receber pela empresa considerando uma taxa de juros compostos de 2% a. m.? 
Valor seja pago á empresa em junho de 2013. 
Qual o novo valor a receber pela empresa considerando uma taxa de juros compostos de 2% a. m.?
VALOR A RECEBER = R$ 2.935.6926
M= 2.935.692 * (1 + 0,020)
M= 3306066.00493
R= O NOVO VALOR A RECEBER É DE R$ 3.306.066,00493 REAIS
 
 4.1.1.1 Para o empréstimo no Passivo Exigível Em LONGO PRAZO não Circulante em 2013, qual forma de pagamento abaixo é mais interessante para EDIFICA por quê?
 
I) juros simples
i = 0,65% a.m.
n = 8 m.
l) juros compostos
i = 0,75%
n = 5 m.
A fórmula utilizada é:
 (1 + i) n M = C
RESPOSTAS 
Juros simples
J= 1853452 * 0,00065 * 8
J= 96379.504
M= 1949831.5
Juros compostos
M= 1853452 * (1 + 0, 0075)5
M= 1924006.86537
M= 1949831.5
Juros compostos M= 1853452 * (1 + 0, 0075)
M= 1924006.86537
RESPOSTA =A melhor forma de pagamento é com juros compostos, pois o montante a ser pago é menor.
Relembrando:  Montante simples,
Montante Simples = Valor do Capital + Juros do período
Montante Com Montante Composto (Valor futuro), sabemos que a taxa é capitalizada e deve-se atualizar o capital antes de recalcular os juros.
 
 
 
5. CONCLUSÃO
Concluímos através deste presente trabalho que Conhecer os fundamentos de um sistema tributário para o contexto empresarial; Desenvolver o senso crítico em relação à importância do controle patrimonial bem como sobre a geração de informações úteis para apoiar o processo de decisão no contexto das organizações. Incentivar a análise da situação econômica e financeira das organizações por meio das técnicas de análise dos demonstrativos financeiros, em especial, a análise vertical e horizontal. A empresa edifica e uma empresa de grande porte que já esta solida e que durantes os anos vem alavancado em todos os anos que passa e que por sim trabalha respeitando todas as cargas tributaria entendemos que toda empresa financeira depende de muito a elementos que são o planejamento, controle direção e que para que saibamos administra estes elementos precisamos mais que tudo dominar estas funções apenas conhecer o uso da contabilidade e entender os relatórios e na tomada decisões dentro da empresa para que o objetivo seja alcançado todo administrador precisa ter boas noções de relatórios contábeis para analisar os mesmos. Dessa forma podemos avaliar a imensa importância da realização DRE demonstração de fluxo de caixa de vendas e de produção. Uma importante área que interfere diretamente no balanço das organizações e que precisamos estar sempre atentos é a tributária. É por meio do planejamento tributário que as organizações visam minimizar os efeitos dos tributos sobre seu custo de qualquer bem oferecido no mercado. 
 REFERENÇIAS
https://meusucesso.com/artigos/financas/5-conceitos-de-administracao-financeira-para empreendedores153/?gclid=cj0keqjwgodibrceqfv60eq65ogbeiqa0zc5 bkum1bo4t0aavvt8p8haqdisponivel em 04 maio de 2017
https://pt.wikipedia.org/wiki/Administra%C3%A7%C3%A3o_finananceira DUTRA, René Gomes. Custos uma abordagem prática. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003. Disponível em 05/05/2017 
https://www.qinetwork.com.br/contabilidade-tributaria-de-uma-empresa/ DISPONIVEL EM 05/05 2017
ANTONIK, Luis Roberto. A administração financeira das

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.