Buscar

Direito do Consumidor - Aula 08 IV

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

DIREITO DO CONSUMIDOR 
 
 
 
 
1a Questão 
 
 
A responsabilidade civil dos fornecedores de serviços e produtos, estabelecida pelo Código do 
Consumidor, reconheceu a relação jurídica qualificada pela presença de uma parte vulnerável, 
devendo ser observados os princípios da boa-fé, lealdade contratual, dignidade da pessoa humana e 
equidade. A respeito da temática, assinale a afirmativa correta. 
 
 
 A responsabilidade civil objetiva do fabricante somente poderá ser imputada se 
houver demonstração dos elementos mínimos que comprovem o nexo de 
causalidade que justifique a ação proposta, ônus esse do consumidor. 
 
NENHUMA DAS RESPOSTAS ACIMA 
 
A responsabilidade civil subjetiva dos fabricantes impõe ao consumidor a comprovação da 
existência de nexo de causalidade que o vincule ao fornecedor, mediante comprovação da 
culpa, invertendo-se o ônus da prova no que tange ao resultado danoso suportado. 
 
A responsabilidade civil do fabricante é subjetiva e subsidiária quando o comerciante é 
identificado e encontrado para responder pelo vício ou fato do produto, cabendo ao segundo 
a responsabilidade civil objetiva. 
 
A inversão do ônus da prova nas relações de consumo é questão de ordem pública e de 
imputação imediata, cabendo ao fabricante a carga probatória frente ao consumidor, em 
razão da responsabilidade civil objetiva. 
 
 
2a Questão 
 
 
(OAB/CESPE 2007.3) Considerando-se a relação jurídica em face da proteção contratual ordenada 
pelo CDC, é correto afirmar que um consumidor que tenha comprado produto mediante pagamento 
em 10 prestações 
 
 
 pode liquidar antecipadamente o débito em questão, total ou parcialmente, 
exigindo redução proporcional dos juros cobrados. 
 
 pode escolher, no ato da compra, se a garantia do fornecedor contra defeitos aparentes ou 
ocultos que ocorram no produto adquirido será ou legal ou contratual. 
 
 deve ser imediatamente indenizado caso o produto apresente problemas, preferencialmente 
mediante abatimento do valor da indenização nas prestações vincendas. 
 
 dispõe de até 7 dias para desistir da compra realizada, desde que ela tenha sido efetuada 
no estabelecimento comercial do fornecedor. 
 
 Nenhuma das alternativas anteriores. 
 
 
3a Questão 
 
 
Com base no CDC, assinale a opção correta acerca da responsabilidade na prestação de serviços. 
 
 
 
A responsabilidade pessoal dos profissionais liberais deve ser apurada independentemente da 
verificação de culpa. 
 
O fornecedor de serviço responderá pela reparação dos danos causados aos consumidores 
por defeitos relativos à prestação dos serviços ou decorrentes de informações insuficientes ou 
inadequadas sobre sua fruição e riscos somente se comprovada a sua culpa. 
 
O serviço é considerado defeituoso pela adoção de novas técnicas. 
 
NRA 
 O fornecedor de serviços só não será responsabilizado quando provar culpa 
exclusiva do consumidor ou de terceiro, ou quando provar que, tendo prestado o 
serviço, o defeito inexiste. 
 
 
4a Questão 
 
 
Easy Idiomas Ltda. firmou contrato de prestação de serviços publicitários com LOB Publicidade Ltda. 
No curso da execução do contrato, uma pesada placa de propaganda instalada pela contratada, sem 
os mínimos cuidados de segurança, caiu e causou danos materiais, morais e estéticos em Jurema. 
Considerando a situação hipotética apresentada, assinale a opção correta acerca das normas do 
CDC. 
 
 
 
O entendimento jurisprudencial do STJ é no sentido de que não são cumuláveis 
indenizações por danos morais e estéticos. 
 
O fortuito externo não exclui a responsabilidade do fornecedor nas relações de consumo. 
 
A culpa concorrente é hipótese de exclusão do dever de indenizar, expressamente prevista 
no CDC. 
 
No contrato de prestação de serviços firmado entre a Easy Idiomas Ltda. e a LOB 
Publicidade Ltda., é inadmissível cláusula de limitação de responsabilidade civil. 
 Nessa situação, há relação de consumo entre Jurema e as pessoas jurídicas Easy 
Idiomas Ltda. e LOB Publicidade Ltda. 
 
 
5a Questão 
 
 
O consumidor pode desistir do contrato: 
 
 
 
no prazo de sete dias a contar de sua assinatura se for celebrado dentro do estabelecimento 
do fornecedor e, em quinze dias, se for celebrado por telefone ou meio eletrônico, a partir do 
recebimento do produto. 
 
sempre que, antes do pagamento, encontrar produto similar oferecido no mercado, por preço 
inferior, mesmo que já recebida a mercadoria em seu domicílio 
 
a qualquer momento, se ainda não tiver sido pago integralmente o preço da compra ou da 
prestação do serviço, e este ainda não tiver sido completamente executado. 
 
sempre que o contrato for celebrado por meio eletrônico, no prazo de 10 dias a contar do 
recebimento do produto. 
 no prazo de sete dias, a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do 
produto ou serviço, sempre que a contratação ocorrer fora do estabelecimento 
comercial, especialmente por telefone ou a domicílio. 
 
 
6a Questão 
 
 
VII Exame de Ordem Unificado A telespectadora Maria, após assistir ao anúncio de certa máquina 
fotográfica, ligou e comprou o produto via telefone. No dia 19 de março, a câmera chegou ao seu 
endereço. Acerca dessa situação, assinale a alternativa correta. 
 
 
 
Após o prazo de desistência, que é decadencial, Maria não poderá reclamar de vícios do 
produto ou de desconformidades entre a oferta apresentada e as características do bem 
adquirido, a não ser que exista garantia contratual. 
 
Se, no dia 26 de março do mesmo ano, a consumidora pretender desistir do contrato, não 
poderá fazê‐lo, pois, além de o prazo decadencial já ter fluído, os contratos são regidos pelo 
brocardo pacta sunt servanda. 
 Mesmo que o produto não tenha defeito, se Maria se arrepender da aquisição e 
desistir do contrato no dia 25 de março do mesmo ano, os valores eventualmente 
pagos, a qualquer título, deverão ser devolvidos, monetariamente atualizados. 
 
A contar do recebimento do produto, a consumidora pode exercer o direito de 
arrependimento no prazo prescricional de quinze dias. 
 
 
7a Questão 
 
 
Quando a contratação ocorre por site da internet, o consumidor pode desistir da compra? 
 
 
 Sim. Quando a compra é feita fora do estabelecimento comercial, o consumidor 
pode desistir do contrato no prazo de sete dias, mesmo sem apresentar seus 
motivos para a desistência. 
 
Sim. Quando a compra é feita pela internet, o consumidor pode desistir da compra em até 30 
dias depois que recebe o produto. 
 
Não. Quando a compra é feita pela internet, o consumidor é obrigado a ficar com o produto, 
a menos que ele apresente vício. Só nessa hipótese o consumidor pode desistir. 
 
Não. O direito de arrependimento só existe para as compras feitas na própria loja, e não pela 
internet. 
 
 
8a Questão 
 
 
A responsabilidade civil dos fornecedores de serviços e produtos, estabelecida pelo Código do 
Consumidor, reconheceu a relação jurídica qualificada pela presença de uma parte vulnerável, 
devendo ser observados os princípios da boa-fé, lealdade contratual, dignidade da pessoa humana e 
equidade. A respeito da temática, assinale a afirmativa correta. 
 
 
 
A inversão do ônus da prova nas relações de consumo é questão de ordem pública e de 
imputação imediata, cabendo ao fabricante a carga probatória frente ao consumidor, em 
razão da responsabilidade civil objetiva 
 
A responsabilidade civil subjetiva dos fabricantes impõe ao consumidor a comprovação da 
existência de nexo de causalidade que o vincule ao fornecedor, mediante comprovação da 
culpa, invertendo que tange ao resultado danoso suportado. 
 A responsabilidade civil objetivado fabricante somente poderá ser imputada se 
houver demostração dos elementos mínimos que comprovem o nexo de 
causalidade que justifique a ação proposta, ônus esse do consumidor. 
 
A responsabilidade civil do fabricante é subjetiva e subsidiária quando o comerciante é 
identificado e encontrado para responder pelo vício ou fato do produto, cabendo ao segundo 
a responsabilidade civil objetiva. 
 
Nenhuma das respostas acima

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes