A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
AVALIAÇÃO I PROCESSO LICITATÓRIO, CONTRATO E TERCEIRIZAÇÃO

Pré-visualização | Página 1 de 2

Acadêmico:
Miguel (1271222)
Disciplina:
Processos Licitatórios, Contratos e Terceirização (GPU19)
Avaliação: Avaliação I - Individual FLEX ( Cod.:443901) ( peso.:1,50)
Prova: 11117683
Nota da Prova: 10,00
Legenda: Resposta Certa Sua Resposta Errada
1. De acordo com a legislação, a administração pública poderá realizar a alienação de bens imóveis oriundos de
sentença judicial ou dação em pagamento, através de ato da autoridade competente. No que diz respeito às
regras a serem seguidas nesses casos pela administração pública, assinale a alternativa CORRETA:
a) A alienação de bem imóvel deverá ser realizada por lei específica, com previsão orçamentária e dentro de
um prazo máximo de três meses.
b) É obrigatório, nesses casos, a administração pública utilizar para sua finalidade ou executar a venda direta
do bem imóvel alienado, de acordo com seus princípios.
c) Segundo a legislação, cabe à administração pública avaliar os bens alienáveis e promover a licitação
na modalidade de pregão, tomada de preço ou leilão.
d) A administração pública deverá avaliar os bens alienáveis, comprovar a sua necessidade e a utilidade e
realizar licitação na modalidade de concorrência ou leilão.
2. A doutrina costuma dividir as fases da licitação em duas: interna e externa. A interna é de grande relevância e,
entre outras providências, verifica a necessidade de a Administração Pública celebrar o contrato. A fase
externa, considerada por muitos autores como a Licitação propriamente dita, possui distintas fases. Assinale
a alternativa CORRETA que apresenta as etapas da fase externa:
a) Edital ou Carta-convite, habilitação, julgamento, classificação e homologação.
b) Abertura, edital, homologação, classificação e julgamento.
c) Edital, habilitação, classificação, julgamento, homologação e adjudicação. d)
Abertura, habilitação, classificação, julgamento, homologação e adjudicação.
3. O Estado, para o desenvolvimento normal de suas atividades, celebra diuturnamente contratos com inúmeros entes
privados. Por ser o Estado um ente que age em nome do interesse público, ele não pode utilizar o dinheiro segundo seu
bel-prazer. É obrigado a não apenas escolher a melhor proposta, mas também possibilitar iguais condições de participação
de todos os potenciais interessados e utilizar mecanismos corretos para demonstrar as razões e controle sobre a decisão
final. Quais são os princípios que fundamentam substancialmente tais
obrigações do Estado?
a) Da constitucionalidade e legalidade.
b) Da representatividade e devido processo legal.
c) Da impessoalidade, moralidade e equidade.
d) Da igualdade política e acesso à justiça.
4. Se por razões de legalidade ou de conveniência e oportunidade, o edital for alterado pela Administração Pública
de ofício ou em razão de impugnação, ou ainda se for necessária a inclusão de esclarecimentos de magnitude
tal que materialmente alterem o edital, o que se impõe?
a) A republicação do edital apenas se impõe em casos de mandado de segurança.
b) Somente a republicação do edital sendo mantido o prazo para entrega dos envelopes.
c) Republicação do edital e reabertura de prazo para entrega dos envelopes.
d) Em casos de inclusão de esclarecimentos como se trata de mero procedimento administrativo não é
exigível, por força de lei, a republicação do edital.
5. A Constituição Federal de 88 nomeou alguns princípios que são norteadores para a administração pública desenvolver o
procedimento licitatório, garantindo o melhor resultado para o ente público, considerando a aplicação da igualdade aos
participantes, tornando, assim, o processo licitatório como um procedimento administrativo legitimado. Com relação aos
princípios adotados na licitação, associe os itens, utilizando o código a seguir:
I- Legalidade.
II- Impessoalidade.
III- Igualdade entre licitantes.
IV- Probidade administrativa.
( ) Desenvolver as etapas da licitação, considerando a isonomia e a competitividade dos participantes. ( )
Princípio que assegura a segurança jurídica dos atos praticados no processo licitatório.
( ) A atividade dos agentes públicos e privados envolvidos no processo de licitação deverá ser norteada
pela ética e moral.
( ) Os agentes públicos deverão pautar-se por critérios objetivos, não considerando as condições pessoais
dos licitantes, no processo licitatório.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência
CORRETA: a) II - I - III - IV.
b) I - IV - II - III.
c) IV - II - I - III.
d) III - I - IV - II.
6. A licitação promove as condições de prática no que se refere à isonomia, preceito constitucional que garante a
igualdade de condições com a seleção da proposta mais vantajosa para a administração pública.
Considerando o objeto da licitação, associe os itens, utilizando o código a seguir:
I- Compra. II-
Serviço. III-
Alienação.
IV- Obra.
( ) Adquirido pela administração pública na modalidade de aquisição remunerada de bens.
( ) É o meio com a finalidade de realizar atendimento para a administração pública, como conservação,
demolição, reparação, entre outros.
( ) Realizado pelo contratado da administração pública de forma direta ou indireta na modalidade de
construção, fabricação, entre outros.
( ) Procedimento de transferência de domínio de bens a terceiros.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência
CORRETA: a) IV - II - III - I.
b) III - IV - I - II.
c) I - II - IV - III.
d) II - III - I - IV.
7. Os Órgãos da Administração Direita (centralizada) e Indireta (descentralizada) para contratação de serviços, aquisição de
bens, alienações, entre outros contratos celebrados pela Administração Pública devem ser precedidos de processo de
licitação. Acerca da natureza e fundamento jurídico de tal obrigatoriedade, assinale a alternativa
CORRETA:
a) Tem sua fundamentação na ordem constitucional brasileira.
b) Decorre do pacto republicano que legitima o poder político brasileiro.
c) Em regra geral, a licitação apenas é exigida para a Administração Direta.
d) A fundamentação é técnica e decorre da necessidade de diminuir os gastos públicos.
8. A fase de abertura da licitação, quando a Administração pública manifesta publicamente a sua vontade de
selecionar a proposta mais vantajosa para a celebração de determinado contrato, é sempre feita através de
um instrumento que deve conter as informações relativas à licitação, condições de participar da disputa,
créditos de escolha da proposta mais vantajosa etc. Qual seria o nome desse instrumento?
a) Homologação.
b) Edital.
c) Adjudicação.
d) Leilão.
9. A Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, conhecida como Lei de Licitações, trata das normas gerais sobre
as licitações e contratos administrativos com relação a obras, serviços, compras etc. No que diz respeito
à aplicabilidade da Lei de Licitações, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( ) A Lei de Licitações deve ser aplicada em todos os órgãos da administração direta, aos fundos especiais e
às autarquias.
( ) Devem as fundações e as empresas públicas, bem como as sociedades de economia mista da
União, Estados, Distrito Federal e municípios realizar licitações públicas.
( ) A Lei de Licitações trata de regras nas licitações e contratos administrativos aplicadas exclusivamente
ao Poder Executivo da União, estados e municípios.
( ) A Lei de Licitações prevê que todas as pessoas físicas e jurídicas que, porventura, vierem a receber
recursos públicos, devem realizar licitações públicas.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência
CORRETA: a) V - V - F - F.
b) V - F - F - V.
c) F - F - V - V.
d) F - V - V - F.
10. A Licitação é um procedimento vinculado, isto é, todos os atos e fases estão previamente fixados em lei. Qual
é a Lei que estabelece normas gerais sobre a licitação e contratos administrativos pertinentes a obras,
serviços, inclusive publicidade, compras, alienações e locações no