propriedades aperiódicas e periódicas
10 pág.

propriedades aperiódicas e periódicas


DisciplinaQuímica27.319 materiais651.717 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Pré- Vestibular Social- ASSOCIAÇÃO CLARKE 
Matéria: Química Professora: Caroline 
Propriedade: aperiódica e periódica 
 
1. Propriedades quanta periodicidade 
As propriedades dos elementos químicos se comportam de maneira organizada, 
porém essa organização ocorre de duas maneiras: ou as propriedades são 
monótonas, só aumentando ou diminuindo com o aumento do número atômico, ou 
são periódicas, aumentando ou diminuindo de um período e/ou grupo. 
 
1.1. Propriedades aperiódicas 
As propriedades aperiódicas são aquelas que cujos os valores crescem ou 
decrescem de maneira de maneira monótona, ou seja, esses valores só aumentam 
ou diminuem à medida que o número atômico aumenta. 
A massa atômica é um exemplo de propriedade aperiódica, pois só cresce à 
medida que o número atômico aumenta. 
 O calor específico também é uma propriedade aperiódica, pois decresce à 
medida que o número atômico aumenta. 
 
 
1.2. Propriedades periódicas 
São propriedades químicas e físicas dos elementos e das substâncias simples que 
eles formam variam periodicamente, ou seja, em intervalos regulares em função do 
aumento (ou da diminuição) dos números atômicos. 
 
 
2. Estudo das propriedades periódicas 
2.1. Raio atômico 
É a distância entre o núcleo do átomo e a última camada eletrônica, ou seja, é 
o raio do átomo. 
 
Podemos observar na imagem abaixo que o raio atômico cresce da direita 
para a esquerda e de cima para baixo. 
 
Mas qual é o motivo que o raio cresce da direita apara esquerda e não ao 
contrário? Simples, os elementos que estão do lado direito possuem mais força para 
atrair elétrons para si, ou seja, possuem maior eletronegatividade. Logo, o raio 
diminui. 
OBS: A força de atração que os elétrons fazem para que haja diminuição do raio 
atômico é realizada entre elétrons e prótons (que localiza-se no núcleo). 
 
2.2. Eletronegatividade 
A eletronegatividade é a força de atração exercida por um átomo sobre os 
elétrons em uma ligação química. Ela mede a tendência dos átomos em receber 
elétrons quando se ligam. 
 A eletronegatividade pode ser comparada com o caráter ametálico, porque a 
região dos ametais é a região da tabela em que a eletronegatividade é maior. Logo, 
a eletronegatividade cresce nos períodos da esquerda para direita e nos grupos de 
baixo para cima. 
 
2.3. Afinidade eletrônica ou eletroafinidade 
A afinidade eletrônica é a energia liberada quando se adiciona um elétron a um 
átomo isolado no estado gasoso e com distribuição eletrônica no estado 
fundamental. 
 Esta propriedade varia da esquerda para direita e de cima para baixo. 
 
 
2.4. Potencial ou energia de ionização 
A energia de ionização é a energia necessária para se retirar um elétron de um 
átomo isolado e no estado gasoso. 
OBS: quanto mais próximo do núcleo o elétron estiver, mais difícil será a sua 
retirada. 
 
 
 
________________________________Exercícios conceituais 
 
1. A crosta terrestre é composta, principalmente, por cálcio (Ca), ferro (Fe), 
alumínio (Al), silício (Si) e oxigênio (O). Apresente esses elemntos em ordem 
crescente de raio atômico. 
2. Considere os seguintes átomos nêutrons: A (18 elétrons), B (17 elétrons), C 
(11 elétrons) e D (12 elétrons). 
 
a) A que família pertencem? 
b) Coloque- os em ordem de energia de ionização. 
 
3. Analise os elementos presentes nos constituintes sal de cozinha, NaCl e KI, e 
coloque V (verdadeiro) ou F (falso) em cada alternativa: 
( ) Os quatro elementos químicos são classificados com representativos. 
( ) No estado fundamental, o raio atômico do Cl é maior que raio atômico do 
Na. 
( ) Os elementos Na e K são metálicos. 
( ) Os elementos Na e Cl têm o mesmo número de elétrons na última camada. 
 
4. Em relação aos elementos oxigênio, fósforo e selênio, assinale V ou F em cada 
uma das alternativas: 
( ) A afinidade eletrônica do oxigênio é menor que a do selênio. 
( ) O oxigênio perde três elétrons com mais facilidade que o selênio. 
( ) O oxigênio é mais eletronegativo que o fósforo. 
 
5. Escreva o símbolo do elemento que dá nome a um capítulo e correspondente 
a cada uma das seis descrições a seguir: 
a) É metal alcalino. 
b) É líquido em temperatura ambiente. 
c) É o de menor energia de ionização do grupo 15. 
d) É lantanídeo. 
e) É o mais eletronegativo. 
f) É um calcogênio. 
6. Vamos preencher as quatro primeiras quadrículas a seguir com símbolos de 
elementos químicos: 
 
 
 
1 2 3 4 5 
 
O elemento da quinta quadrícula é o enxofre. Os outros são: 
\uf0b7 Quadrícula 1: o elemento de transição cuja configuração eletrônica é [Rn] 
7s² 5f³ 
S 
\uf0b7 Quadrícula 2: o metal alcalino-terroso com maior raio atômico. 
\uf0b7 Quadrícula 3: O elemento do bloco s, do segundo período, com maior 
eletronegatividade. 
\uf0b7 Quadrícula 4: O elemento do grupo 15 cujo o estado físico de ocorrência 
natural é gasoso. 
Preencha as quadrículas correspondentes. 
 
_______________________________Exercícios contextualizados 
 
1. Um aficionado do seriado \u201cThe Big Bang Theory\u201d, que tem como um 
dos principais bordões a palavra Bazinga, comprou uma camiseta 
alusiva a essa palavra com a representação dos seguintes 
elementos. 
 
Em relação a esses elementos, considere as afirmações abaixo. 
I - Zinco apresenta raio atômico maior que o bário. 
II - Zn2+ e Ga3+ são isoeletrônicos. 
III - Bário é o elemento que apresenta menor potencial de ionização. 
Quais estão corretas? 
a) Apenas I e II. 
b) Apenas II e III. 
c) Todas as afirmações. 
d) Apenas III. 
e) Apenas I. 
f) Apenas II. 
 
2. Analise o quadro a seguir, que apresenta os valores de eletronegatividades de 
elementos químicos representativos. Em relação ao quadro apresentado, é 
correto afirmar que: 
a) os valores de eletronegatividade dos metais alcalinos são inferiores aos dos 
gases nobres. 
b) os halogênios geralmente apresentam forte tendência de atrair elétrons em 
ligações covalentes e podem formar ânions. 
c) os elementos que possuem dois níveis de energia apresentam menores 
eletronegatividades. 
d) as eletronegatividades dos elementos do grupo do carbono decrescem 
regularmente em função do crescimento do número atômico. 
e) os elementos boro, germânio e antimônio apresentam igual 
eletronegatividade em razão de terem mesmo número de elétrons no nível de 
valência. 
3. Considerando um grupo ou família na tabela periódica, podemos afirmar, em 
relação ao raio atômico: 
a) Aumenta com o aumento do número atômico, devido ao aumento do número 
de camada. 
b) Aumenta à medida que aumenta o número de elétrons do nível L. 
c) Não sofre influência da variação do número atômico. 
d) Diminui à medida que aumenta o número atômico, devido ao aumento 
da força de atração do núcleo. 
e) Diminui com o aumento do número atômico, devido ao aumento do 
número de elétrons. 
4. Considere as seguintes informações, relativas aos elementos genéricos X, Y e 
Z. 
I. X está localizado no grupo dos metais alcalino-terrosos e no quarto período 
da tabela periódica. 
II. Y é um halogênio e apresenta número 35. 
III. Z é um gás nobre que apresenta um próton a mais que o elemento Y. 
A análise das afirmativas permite concluir corretamente que: 
a) X é mais eletronegativo que Y. 
b) Y apresenta maior raio atômico que X. 
c) Z apresenta grande capacidade de se combinar com Y. 
d) X, Y e Z apresentam propriedades químicas semelhantes. 
e) Z tem maior energia de ionização do que X. 
___________________________________Exercícios de aprofundamento