A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Sistemas Imune e Hematológico

Pré-visualização | Página 1 de 10

Sistemas Imune e 
Hematológico 
 
Transformação celular: processo 
necessário 
Orgãos reagem harmonicamente. 
As células mantidas em condições 
constantes referente temperatura , 
irrigação sanguínea , oxigenação e 
suprimento de energia 
Estar em homeostasia= equilíbrio 
Caso tenha desvio nessa situação de 
equilíbrio, ocorrem adaptações celulares. 
Mudanças intensas ou prolongadas 
ocorre alterações adaptativas como: 
Hipertrofia, hiperplasia ,atrofia e 
metaplasia.. 
Homeostasia tem demandas fisiológicas 
para sobrevivência. Suas adaptações são 
respostas reversíveis ao estresse 
excessivo ou estímulos nocivos que são 
patológicos. 
Lesão irreversível = agressor mais 
prolongado ou intenso, tem lesão celular, 
sem recuperação da célula levando a 
morte. 
Lesão reversível = agressor retirado, 
células retornam ao seu estado normal 
Causas comuns lesões celular: 
Hipóxia (ausência de oxigênio) 
Agentes físicos (traumas, 
radiação, choque, temperatura. . . ) 
Agentes químicos e drogas 
Agentes infecciosos 
Reações imunológicas 
Distúrbios genéticos 
Desiquilíbrio nutricional 
 
Respostas nocivas = morte celular = 
Necrose ( patológica ) 
Apoptose( processos fisiológicos normais 
do corpo) 
Necrose ; alterações morfológicas devido 
ação progressiva de enzimas presentes 
nas células que sofrem lesão . 
Assim que morre a célula, ela degenera. 
Não conseguem manter o estado da 
membrana plasmática ,extravasando seu 
conteúdo , entrando na corrente 
sanguínea podendo assim ser 
comprovado morte celular 
Troponinas e creatina quinase 
presentes no sangue podendo ser 
dosadas e usado como método de 
diagnostico. 
Consequência é a inflamação nos tecidos 
adjacentes para eliminar os tecidos 
mortos e reparar o local. 
Durante processo inflamatório, 
acumulam-se leucócitos no local lesado, 
liberando enzimas uteis na digestão das 
células necróticas . 
Apoptose; a morte celular é através da 
ativação de enzimas que degradam o 
DNA nuclear e proteínas citoplasmáticas. 
Membrana celular fica intacta 
Tem alteração na estrutura para que 
seja reconhecida como um alvo 
fagocitário . 
Célula é eliminada rapidamente, assim 
não dá tempo de extravasar seu 
conteúdo causando reação inflamatória. 
 
Doenças degenerativas provocam 
degeneração de todo organismo. 
Adquiridas normalmente por erros 
alimentares, vida sedentária ou erro 
genético. 
Estudo dos mecanismos que levam essas 
doenças sabe-se onde ocorre alterações 
celulares e agindo no alvo. 
 
Processo de atrofia = Redução dos 
elementos celulares por baixo estimulo 
celular.. Há dois tipos: 
 Fisiológica = involução uterina 
pós-parto 
 Patológica = pessoas que sofrem 
ruptura em nervos, não enviando 
impulsos para funcionamento do musculo 
local. 
Consequência da atrofia muscular é a 
perda da função. 
 
Hipertrofia = 
Maior exigência na demanda funcional da 
célula ou por estimulação hormonal. 
Causa aumento tamanho das células e 
resultando aumento tecido ou órgão. 
Ocorre aumento das proteínas contrateis 
no interior da célula, devido ao aumento 
da carga de trabalho, resultando níveis 
elevados de fatores de crescimento e 
agentes vasoativos que desencadeiam 
processo crescimento celular. 
 
Hiperplasia= 
Crescimento do tecido por aumento do 
número de células e não da célula em si. 
Ocorre por estímulos excessivos em sua 
atividade levando a mitose celular 
Divide-se em Fisiológica = aumento 
hormonal para função celular exigida (ex: 
glândulas mamarias durante gravidez) 
 Patológica = proliferação de 
células maduras induzidas por fatores de 
crescimento 
 
Metaplasia= 
Transformação célula / tecido em outro 
com característica diferentes.. 
Ex : vias respiratórias diante processo de 
irritação causada pelo fumo o epitélio 
pseudoestratificado ciliado transforma-se 
em epitélio escamoso. 
 
Lesão celular = caminho para 
doença 
 
Lesões por ausência de oxigênio ou 
hipóxia, reduz processo respiração 
oxidativa aeróbica da célula. 
Causa comum das lesões e ocorre por 
redução do fluxo sanguíneo (hipoxemia), 
consequência de uma insuficiência 
cardiorrespiratória, anemias ou 
hemorragias. 
Não cessando as ausências ocorre morte 
celular 
Ex = infarto do miocárdio > 
cardiomiocitos são privados de 
oxigenação > morrendo 
Área infartada , sem função e força para 
ejeção do sangue. 
Lesões ocorrem por diversos fatores 
vejamos: 
Físicos : como temperatura 
extrema, choques , lesões por armas ... 
Químicos: ( todos agentes afetam 
metabolismo e equilíbrio celular ) , 
Infecciosos (micro-organismos , vírus , 
fungos) infectam e destroem a células. 
Reações imunológicas que assim como 
as doenças autoimunes seu sistema de 
defesa ataca e destrói células sadias do 
individuo. 
Anomalias genéticas devido aos defeitos 
gerados nas proteínas funcionais e DNA , 
onde geram graves lesões como por 
exemplo Síndrome de Down 
Desequilíbrio nutricional afeta energia da 
célula, causando disfunção em seu 
metabolismo. Tanto a falta como o 
excesso de nutrientes pode gerar 
defeitos nas células. 
 
Radicais livres = espécies químicas com 
um elétron não pareado em orbita 
externa, 
Produzidos no interior da célula, 
Resultam de reações moleculares do 
ambiente celular, 
Desencadeiam reações auto catalíticas 
que é degradar moléculas e transformar 
em radicais livres. 
Tipo de espécie reativas de oxigênio são 
radicais livres derivados do oxigênio e 
produzidas durante processo de 
respiração celular nas mitocôndrias, 
sendo degradadas e removidas pelo 
sistema de defesa da célula. 
A lesão ocorre quando o sistema de 
defesa falha e aumenta os radicais dentro 
das células, causando degradação das 
moléculas importantes para sua 
sobrevivência iniciando um estresse 
oxidativo.. 
Estresse oxidativo= relacionado a 
diversas doenças como câncer, 
envelhecimento , doenças crônicas , 
entre outros. 
 
Outra maneira de lesão celular é o 
acumulo de lipídeos no interior da célula. 
Degeneração gordurosa ou esteatose = 
acumulo de triglicerídeo no fígado, 
coração , rim e músculos. 
Esteatose = diabetes, obesidade, 
desnutrição proteica, toxinas e anóxia, e 
abuso bebidas alcoólicas . 
O acumulo de triglicérides causa = 
graves lesões com perde significativa de 
suas funções , quando se torna agudo 
pode levar morte celular e falência do 
órgão comprometido , levando o 
paciente a óbito . 
 
Oxigênio = a molécula da vida 
 
Principal fonte energia das células 
Sua falha de distribuição ocorre lesões 
nos tecidos e até morte celular. 
Causas mais comuns das lesões celulares 
é a redução(hipoxia) ou ausência(anóxia) 
de oxigênio atuando no processo de 
respiração oxidativa aeróbica da célula . 
É uma das causas mais comuns e 
importantes 
 
Isquemia = ocorre redução do oxigênio 
e dos nutrientes, causada por obstrução 
de uma artéria levando a várias 
alterações intracelulares ,e morte celular 
por falta oxigênio e substrato de energia 
ATP. 
Tem diversas alterações intracelulares, 
lesões das membranas , destruição das 
organelas , proteínas e enzimas 
importantes ... alterações bioquímicas 
internas 
 
Degeneração hidrópica ou tumefação 
turva= caracterizadas por acumulo de 
água e eletrólitos no interior da célula , 
levando a aumento de volume. 
O edema celular acontece devido 
presença dessa água associada ao sódio 
no citoplasma e reticulo

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.