Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
49 pág.
Josi SOCIOLOGIA E EDUCAÇÃO tem discursiva

Pré-visualização | Página 1 de 21

JOSI CARVALHO – 2019 
SOCIOLOGIA E EDUCAÇÃO 
1 
 
 
######## 1 - O sujeito do iluminismo era concebido como tendo uma identidade fixa e estável, 
mas a essa perspectiva contrapôs-se um sujeito desconcentrado, com identidade é: 
a) Lógica. 
b) Pronta e acabada. 
c) Contraditória. 
d) Líquida. 
e) Virtual. 
 
###### 2 - Considerando o contexto social e intelectual do surgimento da sociologia, assinale 
a opção incorreta : 
a) O termo "sociologia" foi cunhado por Augusto Comte, filósofo francês, para desgnar uma 
nova ciências social. 
b) O surgimento da sociologia está associado, entre outros fatores, às transformações sociais 
pelas quais passaram a sociedades europeias entre os séculos XVIII e XIX. 
c) A urbanização foi um fator importante para a formação da sociedade moderna e, de certo 
modo foi fruto da industrialização. 
d) Os burgueses se uniram aos grupos poderosos da Igreja Católica, uma vez que tinham 
interesses comuns, criando capitalismo. 
e) Houve grande influência dos ideiais de igualdade, liberdade e fraternidade, pregados pela 
Revolução Francesa, sobre "complexificação " da sociedade 
 
#### 3 - Karl Marx, Max Weber e Émile Durkheim, considerados fundadores das ciências 
sociais. Desenvolveram interpretações e conceitos sobre o mundo social que permanecem 
como referências de análise até os tempos atuais. Nesse sentido, assinale a alternativa correta 
a respeito de interpretações e conceitos elaborados pelos referidos autores 
a) Karl Marx, ao trabalhar a esfera dos valores, elaborou o conceito de capital simbólico: Max 
Weber, na sua crítica à modernidade, referiu-se ao “desencantamento do mundo”; Émile 
Durkheim, ao analisar a determinação da sociedade sobre o indivíduo, formulou os conceitos 
de consciência coletiva e fato social. 
b) Karl Marx decodificou as leis do capitalismo e analisou as relações de produção como 
relações de exploração; Max Weber, a partir do estudo das religiões, conclui que a economia e 
fator preponderante do desenvolvimento do capitalismo; Émile Durkheim, ao desenvolver o 
conceito de fato social, afirmou que a coerção é interna aos indivíduos. 
c) Karl Marx desenvolveu os conceitos de relações de produção e alienação; Max Weber 
elaborou os conceitos de ação social e poder; Émile Durkheim, estabeleceu os conceitos de 
fato social e anomia. 
d) Karl Marx utilizou as metáforas de infraestrutura e superestrutura para explicar as relações 
sociais; Max Weber considerou diferentes níveis de racionalidade na sociedade capitalista 
ocidental; Émile Durkheim sustentou que o indivíduo determina a sociedade. 
e) Karl Marx estudou o caráter civilizador das religiões; Max Weber analisou as relações 
entre as classes sociais como relações de exploração; Émilie Durkheim desenvolveu, em 
detalhes, a ideia de fetichismo. 
 
##### 4 - Em suas origens, a sociologia tinha as seguintes características: 
COLUNA I: 
1- Preocupava-se em manter o contexto de discussão intelectual na sociedade proveniente do 
Iluminismo. 
2- Buscava aumentar o nível de consciência da sociedade, por isso alimentava a discussão 
entre as camadas sociais. 
JOSI CARVALHO – 2019 
SOCIOLOGIA E EDUCAÇÃO 
2 
 
3- Repensava o problema da ordem social, por isso enfatizava a importância de instituições 
como a autoridade, a família e a hierarquia social. 
4- Preocupava-se com a igualdade de gênero, devendo a mulher ter o mesmo papel social do 
homem na família. 
5- Tinha indisfarçável conteúdo dinamizador, ligando-se aos movimentos de 
reforma agrária e reforma progressista da sociedade. 
Além disso, essa nova ciência tinha inspiração: 
COLUNA II- 
I - Positivista. 
II- Reformista. 
III- Iluminista. 
IV- Platônica. 
V- Marxista. 
Diante do exposto, associe as duas colunas e marque a alternativa que apresenta a correta 
associação entre elas: 
a) 1- III, 2- III, 3- V. 
b) 3- I. 
c) 2- II, 3- I. 
d) 4- IV, 5- IV. 
e) 5- V. 
 
#### 5 - (INTERBITS 2012, ADAPTADA) "A leitura não perdeu espaço com as tecnologias. Ao 
contrário, diante da tela do computador não se faz outra coisa senão escrever e ler. O que foi 
perdido foi o investimento na leitura extensiva, a leitura de livros, de matérias jornalísticas 
longas, de textos reflexivos. A internet opera preferencialmente com a escrita, a escrita curta e 
imediata. Ela é, nesse sentido, sensualista, das primeiras reações, das primeiras emoções, da 
percepção instantânea, dos flashes. Isso poderia ser válido para usos na pesquisa 
fenomenológica. Porém, não é assim que ocorre. A velocidade de escrita e de leitura está 
relacionada à agitação mais ou menos alucinada da vida cotidiana, estimulada pelas 
tecnologias comunicacionais. Elas permitem uma quantidade fabulosa de acessos, contatos, 
dados, que fazem o usuário ser acometido de uma certa obsessão de tudo dominar, de tudo 
ler, de tudo possuir, o que torna sua vida ainda mais dramática. A sociedade medializada não é 
uma sociedade feliz; ao contrário, é uma sociedade da compulsão, da cobrança invisível, dos 
apelos permanentes de estar conectado, pois, caso contrário, a pessoa estará "morta". A vida 
na web depende da submissão d usuário à ditadura da conexão permanente; o sofrimento e a 
depressão de cada um se constrói pela pouca quantidade de visitas à sua página no 
Facebook. A esperança que nos dá o admirável mundo novo é o fato de que ainda podemos 
sair dele". ( Ciro Marcondes filho. Entrevista In: IHU On-line. 9 abri. 211. Disponível em 
<http://www.ihu.unisinos.br/entrevista/42228-a-sociedade-mediatizada-nao-e-uma-sociedade-
feliz-entrevista-especial-com-ciro-marcondes-filho>.Acesso em :20 fev. 2013). 
Alguns sociólogos desenvolveram conceitos que nos ajudam a compreender o contexto 
apresentado no texto anterior. UM desses pensadores, Zygmunt Bauman, define esse tipo de 
contexto como uma: 
a) sociedade do espetáculo, em razão da falta de profundidade da vida humana. 
b) sociedade infeliz, em virtude da transformação do homem em coisa. 
c) Sociedade do consumo, uma vez que as pessoas passam a ser definidas pelo que 
compram. 
d) Modernidade líquida, em razão das formas fluidas de existência humana. 
e) Pós-modernidade, em virtude das transformações geradas pela internet. 
 
JOSI CARVALHO – 2019 
SOCIOLOGIA E EDUCAÇÃO 
3 
 
#### 6 - Em relação à educação popular, inspirada originalmente no trabalho de Paulo Freire, 
julgue as alternativas a seguir: 
I- A educação popular tem como característica fundamental a conscientização. 
II- A prática e reflexão sobre ela levaram a incorporar a categoria da organização, pois não 
basta estar consciente, è preciso organizar-se para poder transformar. 
III- As páticas de educação popular também se constituem em mecanismos de 
democratização, em que se refletem valores de solidaderiedade e de reciprocidade. 
IV- A noção de aprender a partir do conhecimento do sujeito não diz respeito a educação 
popular. 
Assinale a alternativa correta: 
a) As afirmativas I, II e III estão corretas. 
b) As afirmativas II, III e IV estão corretas. 
c) As afirmativas I, III e IV estão corretas. 
d) As afirmativas I e IV estão corretas. 
e) As afirmativas II e III estão corretas. 
 
#### 7- Louis Althusser ( 1918-1990)é amplamente conhecido como um teórico das ideologias, 
e seus ensaio mais conhecido é Idèologie et appareils d'éta (Ideologia e aparelhos ideológicos 
dos Estados). Para ele a manutenção das relações de produção implica na separação entre 
aparelhos repressivos de Estado e aparelho ideológicos de Estado. A respeito disso, julgue as 
afirmativas a seguir: 
I- Estão em igrejas, escolas, famílias, na justiça, na imprensa, em sindicatos, na política etc. 
II- Servem-se, em primeiro lugar, da coerção e da violência física e apenas secundariamente 
atingem as consciências das pessoas, afetando seu modo de pensar, sentir e agir. 
III- Existem nas Forças Armadas, nos tribunais,
Página123456789...21