PROCESSO DO TRABALHO 1 - AULA 4
3 pág.

PROCESSO DO TRABALHO 1 - AULA 4


Disciplina<strong>direto</strong>53 materiais2 seguidores
Pré-visualização1 página
PROCESSO DO TRABALHO 1 \u2013 AULA 4 (14/03/2019)
MODIFICAÇÃO DA COMPETÊNCIA
INCOMPETÊNCIA RELATIVA 
Regra art. 651 da CLT (Lugar/Territorial = Interesse da parte | Arguição art. 800-A, CLT)
Incompetência relativa pode ser:
A) Pela Inércia
B) Pela conexão e continência (art. 54 e seguintes do CPC)
C) Pela prevenção \u2013 Quem é o juízo prevento?
A exceção da incompetência relativa de lugar depende de arguição da reclamada que será apresentada no prazo de 5 dias a contar da notificação recebida, antes da audiência e em peça que sinaliza a sua existência. A audiência designada ficar suspensa, sendo o reclamante notificado para que se manifeste no prazo de 5 dias e enquanto não houver decisão o processo ficara suspenso, conforme o art. 800 e seus parágrafos acrescentados pela lei 13.467/17
A prorrogação da competência territorial ocorre pela INÉRCIA quando o reclamado não se manifestar no prazo previsto na lei. (Art. 800, CLT)
Havendo CONEXÃO ou CONTINÊNCIA na forma dos artigo 54 e 56 do CPC as ações que foram distribuídas para juízos distintos deverão ser reunidas para que possam ser decididos simultaneamente. Assim o JUÍZO PREVENTO para decidir será aquela em que a ação foi distribuída em primeiro lugar, observando o registro ou a distribuição da petição inicial, conforme o art. 59 do CPC.
Observação: Incompetência absoluta = Interesse é do Estado e pode ser em razão:
A) Da Matéria
B) Pessoa 
C) Funcional
Todas as hipóteses acima podem ser arguidos de oficio ou a requerimento da parte. Também podendo ser requerido uma preliminar na contestação, conforme art. 337, II do CPC.
CONFLITO DE COMPETÊNCIA (art. 803, CLT)
1- PODE SER: Positivo |Negativo (Art.804, CLT)
2- ARGUIÇÃO: Art. 805, CLT
3- SOLUÇÃO: Art. 808, CLT
CASO 03
A) A vara competente para julgar a ação é aquela em que a empresa tenha agencia ou filial e o empregado esteja subordinada, e na falta a vara do domicilio do empregado ou localidade mais próxima.
B) Sim, pois o art. 114, VI, CF determina que o juiz do trabalho é competente para julgar pedido de indenização por danos morais, mas após a lei 13.467/17 a fixação do dano não poderá mais ser requerida que o juiz arbitre o montante, devendo o reclamante requerer na forma do art. 223-G, e §§ da CLT.
Questão objetiva: 1- A (art. 109, VI, CF) | 2- A (art. 651, CLT)
PLANO DE AULA 4
1- PARTES
Reclamante: Art. 843, §2°, CLT
Reclamado: Art. 843, §1° e §3° (acrescentado pela lei 13.467/47)
2- REPRESENTAÇÃO
Representação do reclamante: Em audiência somente pode ser feita por outro empregado da mesma profissão ou pelo sindicato, apenas para informar o motivo da ausência art. 843, §2°, CLT.
Representação do reclamado: Poderá ser feita por preposto que tenha conhecimento dos fatos não precisando ser empregado do reclamada ficando prejudicada a sumula 377 do TST, como fundamento nos parágrafos 1° e 3° do artigo 843 da CLT.
3- ASSISTÊNCIA JUDICIARIA GRATUITA
A assistência judiciaria gratuita é de forma obrigatória é presta pelo sindicato dos trabalhadores para aqueles que recebem até o dobro do salário mínimo, portanto tendo direito a ter advogado de forma gratuita.
4- BENEFÍCIO DA JUSTIÇA GRATUITA
O benefício da justiça gratuita consiste na isenção no pagamento das custa e demais despesas processuais, será concedido para aqueles que receberem até 40% do limite máximo do benefício do regime geral da previdência social, devendo a parte comprovar a insuficiência de recursos para o pagamento das custas conforme os §§3° e 4° do art. 790.
Assim o item I da sumula 463 ficou prejudicado já que informa bastar a simples declaração do requerente ou do seu advogado da insuficiência de recursos para o deferimento, mas na hipótese de pessoa jurídica prevalece o item II da sumula 463 do TST, não bastando a mera declaração sendo necessária a demonstração de insuficiência de recursos.
5- HONORÁRIO ADVOCATÍCIOS \u2013 (próxima aula)
6- REPRESENTAÇÃO POR ADVOGADO \u2013 (próxima aula)