Aula_14
10 pág.

Aula_14


DisciplinaPrática de Ensino I188 materiais870 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Objetivos educacionais no
contexto atual da prática escolar 14aula
Ao fi nal da leitura desta aula, você deverá ser capaz de:
\u2022 Reconhecer a importância dos objetivos de ensino
para a prática educacional.
\u2022 Identifi car as características dos objetivos de ensino no
contexto atual.
\u2022 Elaborar objetivos de ensino em diferentes níveis.
OBJETIVOS
Aula_14.indd 9 6/25/2004, 11:30:57 AM
C E D E R J10
Didática | Objetivos educacionais no contexto atual da prática escolar
Não podemos 
pensar em educação
sem entendê-la 
no contexto das 
relações sociais
de que se origina. 
Com o avanço das 
sociedades e suas 
conseqüências, como 
a necessidade de
organização, devido 
ao seu crescimento, 
a divisão de trabalho
culminou numa
sociedade complexa, 
como a que vivemos, 
a capitalista. Neste 
sentido, a educação
se viu obrigada a
se organizar em 
termos de atividades 
de planejamento,
o que indica traçar 
objetivos e os meios 
para atingi-los.
NTEXTO ATUAL 
s objetivos em educação 
ão dizem respeito apenas 
um fragmento do real a 
star, mas a uma compre-
são da realidade humana 
ue transcende os limites 
ovinciais.
Maria Eugênia Castanho
os do que é educação e ensino.
a de se educar, uma maneira 
dizagem ocorra. É uma ação 
m vista algumas aprendizagens, 
os que vão direcionar todo o 
Quando se está planejando, a 
retende chegar? Ou seja, quais 
são os objetivos a alcançar?
O professor sempre planejou o seu trabalho, mas quando começava
o seu planejamento, era comum que iniciasse pelos conteúdos, sem espe-
cifi car o que os alunos seriam levados a fazer com esses conteúdos. Quais as
operações mentais? Em que atividades de caráter prático os alunos utilizariam
os conteúdos trabalhados? Estas perguntas escapavam ao professor.
Nos anos 70, com a tendência tecnicista dominando o cenário educa-
cional, o planejamento da educação e
de ensino foi institucionalizados em
bases técnicas.
Embora sejam muitas as críticas
a esse momento histórico e educacional
do nosso país, não podemos rejeitar os
aspectos positivos da tendência tecni-
cista. Um deles foi ajudar os professores
a perceberem seus objetivos em relação
aos conteúdos de ensino.
Objetivo é a especifi cação do
que estamos querendo conseguir como
resultado da atividade que vamos
proporcionar ao aluno.
Para Castanho e
Castanho (1996,
p. 57), os objetivos 
são mudanças
esperadas como
conseqüência da
ação educacional
nas pessoas e
grupos sociais,
nas instituições
dedicadas ao ensino 
e nas organizações
de âmbito mais
largo responsáveis
por políticas
educacionais(...)
dizem respeito ao
produto fi nal.
Aula_14.indd 10 6/25/2004, 11:31:00 AM
C E D E R J 11
A
U
LA
 
 
 
M
Ó
D
U
LO
 4
1
4
O s o b j e t i v o s 
ope ra cionais eram 
bas tante diretivos, 
o que ex ig ia do
professor muito rigor
na sua formulação.
Portanto, os objetivos educacionais são os resultados desejados e
previstos para a ação educativa (HAIDT, 1998, p. 113).
A partir da clarificação de objetivo de ensino, o professor
consegue identifi car, por exemplo, que quando ele trabalha, em sua
turma, a temática da guerra do Paraguai, ele leva o aluno a identifi car a
conjuntura mundial daquele momento histórico, bem como a perceber a
dependência do Brasil, de Portugal, e deste país, da Inglaterra. Quer dizer,
a formulação dos objetivos ajuda o professor a se dar conta do que será 
importante para o aluno aprender em relação aos conteúdos estudados. 
E, de certo modo, auxiliam o professor a perceber como desenvolver 
habilidades no aluno. Logo que surgiram entre nós os objetivos de ensino,
estes eram muito específi cos, operacionalizados, quer dizer que deveriam
especifi car qual o comportamento esperado do aluno, as condições em
que esse comportamento deveria ocorrer e os critérios ou o padrão de
rendimento aceitável.
\u201cA idéia de formular objetivos operacionalmente foi importada 
dos Estados Unidos com a fi nalidade de controlar a atuação das escolas
latino-americanas\u201d (HERNANDEZ, s/d., p. 94), tendo em vista um
resultado esperado para atender às necessidades daquele país.
O momento histórico em que vivíamos justifi cava esse nível de
formulação de objetivos. Hoje, estamos numa outra época, em que
tomamos consciência de que queremos um país livre de ingerências
estrangeiras, embora ainda estejamos numa dependência externa,
sobretudo de organismos fi nanceiros internacionais. Entretanto, a clareza
de que isto ocorre já é um passo para que nos tornemos senhores das 
decisões quanto ao como devemos viver e conviver no Brasil. E a educação
do nosso povo é o caminho mais fácil para alcançarmos nossos objetivos.
Mas que educação? Uma educação que esteja voltada para a formação 
de indivíduos críticos, conscientes da importância de sua participação 
na sociedade como cidadãos, com seus direitos e deveres, desejando
uma boa qualidade de vida para todos os brasileiros. Uma educação 
que pretenda formar cidadãos, no verdadeiro sentido da palavra, para 
participarem de uma sociedade democrática, não pode tomar, como
referência, objetivos simplesmente operacionalizados, pois estes limitam
a capacidade de pensar, de criar, de \u201cvoar.\u201d
Há necessidade de
os professores terem
maior contato com a
realidade brasileira.
!
!
Aula_14.indd 11 6/25/2004, 11:31:04 AM
Didática | Objetivos educacionais no contexto atual da prática escolar
Os objetivos são traçados em diferentes níveis. Os amplos são 
chamados gerais. São aqueles que vão ser alcançados a longo prazo, como 
ao fi nal do Ensino Fundamental ou ao fi nal de uma série, ou, ainda, ao 
fi nal de uma disciplina. Os objetivos específi cos são para o curto prazo 
e, também, são chamados imediatos.
Para alcançar os objetivos gerais, são traçados vários objetivos 
específi cos. 
Os objetivos gerais e específi cos podem ser gerais em uma situ-
ação e específi cos em outra.
Exemplos:
Aula_14.indd 12 6/25/2004, 11:31:04 AM
C E D E R J 13
A
U
LA
 
 
 
M
Ó
D
U
LO
 4
1
4
Se um objetivo é geral ou específi co é, apenas, uma questão do
lugar que está ocupando no plano do professor.
O importante é que os professores nunca percam de vista os
objetivos mais gerais, pois como vimos,os objetivos específi cos são os
passos que damos para alcançar os gerais e, muitas vezes, não esgotamos
todos os passos possíveis. Assim, se o professor se guia pelos mais gerais e
deixa claro para os alunos quais são esses gerais, ele está possibilitando aos
alunos chegarem a outros específi cos que, muitas vezes, ele nem pensou.
Quanto mais objetivos específi cos forem alcançados, mais plenamente
á chegado ao geral.
Outra classifi cação é a de Bloom e seus colaboradores que dividem
etivos por domínios: domínio cognitivo \u2013 ligados a conhecimentos,
mações \u2013 possibilitando desenvolver nos alunos habilidades de
mento, como a memorização, a compreensão, a aplicação e
s mais complexas; afetivos \u2013 relacionados a sentimentos, emoções
sibilitando desenvolver nos alunos habilidades de sentir, de amar,
vir o outro, de respeitar opiniões... e os psicomotores \u2013 enfatizam a
enação motora \u2013 possibilitando desenvolver nos alunos habilidades 
rrer, saltar, nadar...
Do que vimos até agora sobre objetivos de ensino, poderíamos dizer 
que são as ações, os comportamentos que esperamos do aluno em
relação aos conteúdos de ensino. Os objetivos nos mostram quais
os domínios do conhecimento e outros, de ordem prática ou de
sentimentos que estaremos desenvolvendo nos alunos. Possibilitam 
ao professor saber o que é que ele estava proporcionando ao aluno
com os conteúdos trabalhados.
Portanto, é inegável a importância