AVALIAÇÃO FINAL DE MORFOLOGIA DA LINGUA PORTUGUESA
5 pág.

AVALIAÇÃO FINAL DE MORFOLOGIA DA LINGUA PORTUGUESA


DisciplinaMorfologia da Língua Portuguesa199 materiais3.505 seguidores
Pré-visualização2 páginas
AVALIAÇÃO FINAL DE MORFOLOGIA DA LINGUA PORTUGUESA
	1 Os substantivos sobrecomuns possuem um só gênero, que indica tanto seres do sexo masculino como do sexo feminino. Identificamos o sexo através do contexto.
Assinale a alternativa que possui substantivo sobrecomum:
	 a)
	Colega.
	 b)
	Crocodilo.
	 c)
	Indivíduo.
	 d)
	Cavalheiro.
	2.
	Leia atentamente o fragmento a seguir:
Mãe e filha chegaram ao cortiço às nove da noite. Piedade destampou a garrafa de aguardente, tomou uma talagada, foi para o pátio, onde as pessoas falavam alto e riam.
Depois da partida de Rita, já não se faziam sambas ao relento, pouco se dançava e cantava. O forte eram os forrobodós [...] Vendo Piedade triste, Pataca exclamou: 
- Que cara é essa, moça? Se Jerônimo se foi, põe outro no lugar dele.
Nessa noite, a bebedeira acabou sendo completa. Piedade dançou ao som de palmas, gritos e risadas, no meio de uma grande troça, a saia levantada, como se pretendesse imitar Rita. Era a boba do cortiço.[...]
FONTE: AZEVEDO, Aluísio. O cortiço. São Paulo: Scipione, 1999. p. 76.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	O A em ?no meio de uma grande troça, a saia levantada? é um artigo.
	 b)
	O A em ?Era a boba do cortiço. [...]? é um pronome.
	 c)
	O A em ?a garrafa de aguardente? é uma preposição.
	 d)
	O A em ?a bebedeira acabou sendo completa? é uma interjeição.
	3.
	Devido às várias indicações que o verbo oferece, ele é a palavra que apresenta o maior número de flexões da língua portuguesa. O verbo varia em pessoa, número, tempo, modo e voz. Com relação ao verbo, analise as seguintes sentenças:
I- O verbo varia em pessoa e número de acordo com as pessoas do discurso.
II- Como as pessoas do discurso são representadas pelos pronomes pessoais, essa flexão verbal costuma ser identificada por meio dos pronomes. Ex.: primeira pessoa (eu), segunda pessoa (tu) etc.
III- Tempo verbal é a indicação do momento em que ocorrem as ações, os fenômenos naturais e os estados expressos pelo verbo.
IV- Os modos verbais são três: indicativo (é aquele que indica incerteza, dúvida), subjuntivo (é aquele que indica certeza) e imperativo (é aquele que indica ordem, pedido, súplica, conselho).
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças II e IV estão corretas.
	 b)
	As sentenças I, II e III estão corretas.
	 c)
	As sentenças II, III e IV estão corretas.
	 d)
	As sentenças I, II e IV estão corretas.
	4.
	Inovação é uma palavra formada a partir de outra: Prefixo: in-/ Radical: nov(o)/ Sufixo: -ção. Em leveza, há o sufixo -eza acrescentado a uma palavra primitiva já existente - leve -, formando um novo termo, chamado derivado. A esse processo de formação de palavras novas chamamos derivação. Portanto, a derivação é um processo de formação de vocábulos que utilizam palavras já existentes para formação de outras. Sobre as palavras que sofrem o mesmo processo de formação da palavra DESLIGAR, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Amadurecer.
(    ) Infelizmente.
(    ) Relembrar.
(    ) Entardecer.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - F - V - V.
	 b)
	F - V - V - F.
	 c)
	F - F - V - F.
	 d)
	V - F - F - V.
Você não acertou a questão: Atenção! Esta não é a resposta correta.
	5.
	As conjunções ligam orações coordenando ou subordinando umas às outras, podendo ser, então, coordenativas ou subordinativas. São coordenativas as conjunções que ligam termos semelhantes de uma mesma oração ou duas orações independentes ou coordenadas. Essas orações são independentes ou coordenadas porque nenhuma é exigida por um termo da outra, podendo, cada uma, sozinha, formar uma frase. As conjunções coordenativas são nomeadas de acordo com o sentido que estabelecem entre as orações que ligam. Partindo desse pressuposto, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) No exemplo: ?Ora aparece, ora desaparece, sem nenhuma explicação.?, temos o emprego de uma conjunção alternativa.
(    ) São conjunções adversativas (sentido de adversidade, contraste, oposição): mas, porém, todavia, contudo etc.
(    ) Em: ?Fala e gesticula sem parar.?, o E é uma conjunção coordenativa aditiva, pois expressa sentido de adição, soma.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - V - F.
	 b)
	V - V - V.
	 c)
	V - V - F.
	 d)
	V - F - V.
	6.
	Adjetivo é a palavra que expressa características, qualidades (ou defeitos) e estados dos seres. Portanto, é a classe de palavra que caracteriza o substantivo. Nesse sentido, tem-se que o adjetivo liga-se sempre a um substantivo, logo ele serve de qualificador do objeto. Sobre o adjetivo, analise as sentenças a seguir:
I- Nos versos: ?Eu não tinha este rosto de hoje,/ assim calmo, assim triste, assim magro...? (MEIRELES), os termos calmo, triste e magro estão caracterizando os substantivos a que se referem.
II- As palavras calmo, triste e magro informam características do rosto. Todas essas palavras são adjetivos.
III- Nos versos: ?Eu não tinha estas mãos sem força,/ tão paradas e frias e mortas? (MEIRELES), as palavras paradas, frias e mortas caracterizam o pronome eu.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
FONTE: MEIRELES, Cecília. Retrato. Disponível em: <http://www.fabiorocha.com.br/cecilia.htm>. Acesso em: 24 jun. 2011.
	 a)
	As sentenças II e III estão corretas.
	 b)
	Somente a sentença I está correta.
	 c)
	As sentenças I e III estão corretas.
	 d)
	As sentenças I e II estão corretas.
	7.
	De que forma um idioma pode aumentar o número de palavras que o compõe? Cada língua tem seus próprios mecanismos de formação de novas palavras. No caso do português, existem alguns processos, sendo que os dois mais importantes são a derivação e a composição. Sobre os processos de formação de palavras, analise as seguintes sentenças:
I- Na composição por aglutinação, as palavras unidas mantêm sua autonomia fonética.
II- Na composição por justaposição, as palavras unidas sofrem alguma alteração (pronúncia).
III- Na derivação regressiva, formamos substantivos a partir de verbos.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I e III estão corretas.
	 b)
	Somente a sentença I está correta.
	 c)
	As sentenças II e III estão corretas.
	 d)
	Somente a sentença III está correta.
	8.
	As palavras são divididas em classes denominadas classes gramaticais ou classes de palavras. Essa divisão baseia-se nas significações comuns que cada grupo de palavras de uma língua adquire no texto. Sendo assim, as palavras PSIU!, OH!, UFA! pertencem a qual classe de palavras?
	 a)
	Interjeições.
	 b)
	Verbos.
	 c)
	Pronomes.
	 d)
	Artigos.
	9.
	Morfemas são as partes de uma palavra. É a menor partícula significativa da língua portuguesa. Quando analisamos uma palavra morfologicamente, ou seja, quando analisamos a sua forma, podemos separar as partes desta palavra, seus morfemas. São vários os tipos de morfemas que uma palavra pode ter. Partindo desse pressuposto, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Radical é o morfema que contém o significado básico da palavra.
(    ) As várias palavras formadas de um mesmo radical são denominadas palavras cognatas.
(    ) As vogais temáticas dos verbos caracterizam as conjugações verbais.
(    ) Vogal temática é a vogal que aparece imediatamente após o radical, preparando-o para receber os outros morfemas.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
FONTE: ARAÚJO, Ana Paula de. Morfemas. InfoEscola. Disponível em: <http://www.infoescola.com/portugues/morfemas/>. Acesso em: 5 fev. 2015.
	 a)
	F - F - V - V.
	 b)
	V - V - F - F.
	 c)
	F - V - V - F.
	 d)
	V - V - V - V.
	10.
	Atente para o seguinte texto:
&quot;Hoje é um dia mais longo que ontem. Amanhã