LISTA DE EXERCICIOS III maquina fluxo com gabarito
3 pág.

LISTA DE EXERCICIOS III maquina fluxo com gabarito


Disciplina<strong>máquinas de Fluxo</strong>8 materiais27 seguidores
Pré-visualização1 página
CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURICIO DE NASSAU 
DISCIPLINA 
PROFESSORA NADJA ESPÍNDOLA
 
 
1. 
Gabarito: c 
 
2. Conhecemos uma bomba B
trabalhar com outra bomba (B
geométrica com B1; deverá recalcar um fluido com uma densidade de 8% maior que a da á
e será acionada com uma rotação 20% menor. Determinar o percentual de alteração de 
NB 
Gabarito: HB diminui 22,6%
CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURICIO DE NASSAU 
LINA SISTEMAS MÁQUINAS DE FLUXO 
PROFESSORA NADJA ESPÍNDOLA 
LISTA DE EXERCÍCIOS III 
 
Conhecemos uma bomba B1 (HB1; NB1 ; \u3b7B1)=f(Q1) e \u3c11 , n1 , D1. Supondo que queremos 
trabalhar com outra bomba (B2) que seja 10% maior que B1, mas mantendo a semelhança 
geométrica com B1; deverá recalcar um fluido com uma densidade de 8% maior que a da á
e será acionada com uma rotação 20% menor. Determinar o percentual de alteração de 
diminui 22,6% ,Q aumenta 6,5%, NB diminui 10,9% 
. Supondo que queremos 
, mas mantendo a semelhança 
geométrica com B1; deverá recalcar um fluido com uma densidade de 8% maior que a da água 
e será acionada com uma rotação 20% menor. Determinar o percentual de alteração de HB ,Q, 
CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURICIO DE NASSAU 
DISCIPLINA 
PROFESSORA NADJA ESPÍNDOLA
 
 
3. (CESGRANRIO \u2013 PETROBRAS DISTRIBUIDORA/2010)
 Um engenheiro consulta os resultados de ensaio de uma bomba centrífuga trabalhando com 
uma velocidade constante de 875 rpm. Esses resultados estão representados em um diagrama 
com as curvas características de carga, rendimento e potência absorvida, em rel
Através deste diagrama, ele observa o comportamento de uma bomba de 75 HP, 340 l/s e 13,5 
m de altura manométrica. O engenheiro decide, então, verificar o que ocorreria, caso fosse 
introduzida uma determinada alteração na condição de funciona
uma redução de velocidade para 700 rpm. Para essa situação específica, quais são, 
respectivamente, os novos valores de potência (HP), vazão (l/s) e de altura manométrica (m)? 
 
(A) 35,2 ; 250,4 e 7,4 
(B) 38,4 ; 272,0 e 8,6 
(C) 52,5 ; 272,0 e 9,5 
(D) 60,0 ; 292,0 e 10,8 
(E) 67,5 ; 272,0 e 12,2 
 
Gabarito: B 
 
4. As duas bombas da figura são geometricamente semelhantes e apresentam o mesmo 
regime dinâmico de escoamento. Sa
manométrica HB=25m, rotação n=1200 rpm e diâmetro do rotor D=20cm. Determinar a 
rotação da bomba B2 e sua carga manométrica sabendo que seu diâmetro é D=15cm.
Gabarito: nB2=2844 rpm ; H
 
5. Uma bomba centrífuga está posicionada acima de um grande tanque de água aberto (veja a 
Fig. 12.13), A vazão na bomba é 0,0142 m3/s. N
fabricante é igual a 4,57 m. Se a temperatura da água e a pressão atmosférica forem iguais a 
25 °C e 1,01 bar, determine a altura máxima na qual a bomba pode ser colocada acima da 
superfície da água sem que ocorra cavi
entrada da bomba é devida a um filtro na entrada do tubo (coeficiente de perda de carga 
singular, KL = 20). As outras perdas podem ser desprezadas. 
apresenta diâmetro igual a 101,6 mm.
CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURICIO DE NASSAU 
LINA SISTEMAS MÁQUINAS DE FLUXO 
PROFESSORA NADJA ESPÍNDOLA 
LISTA DE EXERCÍCIOS III 
PETROBRAS DISTRIBUIDORA/2010) 
Um engenheiro consulta os resultados de ensaio de uma bomba centrífuga trabalhando com 
uma velocidade constante de 875 rpm. Esses resultados estão representados em um diagrama 
com as curvas características de carga, rendimento e potência absorvida, em rel
Através deste diagrama, ele observa o comportamento de uma bomba de 75 HP, 340 l/s e 13,5 
m de altura manométrica. O engenheiro decide, então, verificar o que ocorreria, caso fosse 
introduzida uma determinada alteração na condição de funcionamento da bomba, no caso, 
uma redução de velocidade para 700 rpm. Para essa situação específica, quais são, 
respectivamente, os novos valores de potência (HP), vazão (l/s) e de altura manométrica (m)? 
As duas bombas da figura são geometricamente semelhantes e apresentam o mesmo 
de escoamento. Sabe-se que a bomba B1 tem vazão Q=5L/s, carga 
manométrica HB=25m, rotação n=1200 rpm e diâmetro do rotor D=20cm. Determinar a 
e sua carga manométrica sabendo que seu diâmetro é D=15cm.
=2844 rpm ; HB2= 79 m 
Uma bomba centrífuga está posicionada acima de um grande tanque de água aberto (veja a 
Fig. 12.13), A vazão na bomba é 0,0142 m3/s. Nesta vazão, o NPSHR especificado pelo 
fabricante é igual a 4,57 m. Se a temperatura da água e a pressão atmosférica forem iguais a 
°C e 1,01 bar, determine a altura máxima na qual a bomba pode ser colocada acima da 
superfície da água sem que ocorra cavitação. Admita que a perda de carga entre o tanque e a 
entrada da bomba é devida a um filtro na entrada do tubo (coeficiente de perda de carga 
= 20). As outras perdas podem ser desprezadas. A tubulação de sucção da bomba 
l a 101,6 mm. 
Um engenheiro consulta os resultados de ensaio de uma bomba centrífuga trabalhando com 
uma velocidade constante de 875 rpm. Esses resultados estão representados em um diagrama 
com as curvas características de carga, rendimento e potência absorvida, em relação à vazão. 
Através deste diagrama, ele observa o comportamento de uma bomba de 75 HP, 340 l/s e 13,5 
m de altura manométrica. O engenheiro decide, então, verificar o que ocorreria, caso fosse 
mento da bomba, no caso, 
uma redução de velocidade para 700 rpm. Para essa situação específica, quais são, 
respectivamente, os novos valores de potência (HP), vazão (l/s) e de altura manométrica (m)? 
As duas bombas da figura são geometricamente semelhantes e apresentam o mesmo 
tem vazão Q=5L/s, carga 
manométrica HB=25m, rotação n=1200 rpm e diâmetro do rotor D=20cm. Determinar a 
e sua carga manométrica sabendo que seu diâmetro é D=15cm. 
 
Uma bomba centrífuga está posicionada acima de um grande tanque de água aberto (veja a 
especificado pelo 
fabricante é igual a 4,57 m. Se a temperatura da água e a pressão atmosférica forem iguais a 
°C e 1,01 bar, determine a altura máxima na qual a bomba pode ser colocada acima da 
tação. Admita que a perda de carga entre o tanque e a 
entrada da bomba é devida a um filtro na entrada do tubo (coeficiente de perda de carga 
tubulação de sucção da bomba 
CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURICIO DE NASSAU 
DISCIPLINA 
PROFESSORA NADJA ESPÍNDOLA
 
 
Gabarito: Z1max=2,3 m 
CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURICIO DE NASSAU 
LINA SISTEMAS MÁQUINAS DE FLUXO 
PROFESSORA NADJA ESPÍNDOLA 
LISTA DE EXERCÍCIOS III