Fibroma - Resumo de Patologia Oral
3 pág.

Fibroma - Resumo de Patologia Oral


DisciplinaPatologia Oral e Maxilofacial116 materiais1.075 seguidores
Pré-visualização1 página
1 Ana Carolina Machado \u2013 Odontologia Unirb, 2019 
PATOLOGIA ORAL E MAXILOFACIAL 
Tumores dos tecidos moles 
FIBROMA 
Fibroma, também denominado 
como fibroma de irritação, fibroma 
traumático, hiperplasia fibrosa focal 
e nódulo fibroso, é o \u201ctumor\u201d mais 
frequente da cavidade bucal. 
\uf0a9 Questiona \u2013 se acerca do fibroma, 
se esse, na maioria das vezes, 
representa ou não uma 
verdadeira neoplasia. 
Figura 1 - Fibroma. Nódulo de coloração rosa na 
região posterior da mucosa jugal, próximo ao nível 
da linha oclusal. 
Fonte: NEVILLE, 2009, P. 510. 
Diante disso, vale ressaltar, que 
porventura o fibroma pode ser uma 
hiperplasia (crescimento excessivo 
do número de células) reacional do 
tecido conjuntivo fibroso por causa 
de uma irritação ou trauma local. 
CARACTERÍSTICAS 
\uf0a9 O fibroma localiza \u2013 se mais 
comumente na mucosa jugal, ao 
longo da linha de oclusão, ainda 
que possa ocorrer em qualquer 
local na cavidade oral. 
\uf0a9 Provavelmente, por sua maior 
incidência no local já citado, esse 
pode ser resultante de trauma 
por conta de mordida na 
bochecha (mucosa jugal); 
 
\uf0a9 Pode ocorrer também na mucosa 
labial, gengiva e língua; 
 
\uf0a9 O mais comum é que se 
apresente como um nódulo de 
superfície lisa e cor rosada 
semelhante à coloração da 
mucosa que a circunda; 
\uf0a9 Em pacientes negros, o fibroma 
pode apresentar \u2013 se com 
coloração cinza \u2013 acastanhada; 
\uf0a9 Em alguns casos essa lesão 
apresenta-se com cor branca por 
consequência de hiperceratose, 
que é a resposta de uma irritação 
constante. 
\uf0a9 Muitos são sésseis, ou seja, são 
fixos, e alguns são pedunculados, 
isto é, apresentam um \u201cpé\u201d. 
\uf0a9 Pode variar de pequenas lesões a 
grandes lesões; 
\uf0a9 Na grande maioria se apresentam 
com 1, 5 cm ou menos; 
\uf0a9 Não apresentam sintomas, desde 
que não ocorra ulcerações por 
traumas secundários; 
\uf0a9 É mais comum entre pessoas de 
40 a 60 anos de vida; 
 
2 Ana Carolina Machado \u2013 Odontologia Unirb, 2019 
\uf0a9 A proporção homem-mulher é de 
1:2; 
Já a hiperplasia do freio é uma 
variedade mais comum de 
hiperplasia fibrosa que ocorre com 
mais frequência no frênulo do lábio 
superior. 
 
Figura 2 - Hiperplasia de freio labial. Pequena 
projeção digitiforme de tecido ligada ao freio labial 
superior. 
 
Fonte: NEVILLE, 2009, P. 510. 
 
HISTOPATOLOGIA 
\uf0a9 O fibroma é um 
prolongamento do volume 
nodular de tecido conjuntivo 
fibroso, revestido por tecido 
epitelial escamoso 
estratificado; 
\uf0a9 Esse tecido conjuntivo é 
comumente denso 
colagenizado, apesar de que 
em alguns casos esse seja 
frouxo. 
\uf0a9 Não uma lesão encapsulada; 
\uf0a9 Pode ser observada 
inflamação difusa; 
 
 
Figura 3 - Fibroma. Visão em pequeno aumento 
exibindo um aumento de volume nodular exofítico 
de tecido conjuntivo fibroso denso. 
Fonte: NEVILLE, 2009, P. 511. 
 
TRATAMENTO E PROGNÓSTICO 
\uf0a9 Excisão cirúrgica 
conservadora; 
\uf0a9 A recidiva é rara; 
\uf0a9 É importante que o tecido 
excisado seja examinado 
microscopicamente, pois 
outros tumores malignos ou 
benignos podem mimetizar 
um fibroma; 
\uf0a9 Já em casos de hiperplasia do 
frênulo, quando não há 
aumentos expressivos e de 
fácil diagnostico, no geral não 
há a necessidade de 
tratamento. 
 
Referências 
 
NEVILLE, B.W. et al. Patologia 
Oral e Maxilofacial. 3ª ed. Rio 
 
3 Ana Carolina Machado \u2013 Odontologia Unirb, 2019 
de Janeiro: Elsevier; 2009, 
972p.