Buscar

Psicanálise e seus principais conceitos

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Psicologia I 
 
 
 
 
PSICANÁLISE E SEUS PRINCIPAIS CONCEITOS 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
1 
 
 
 
Sumário 
 
Introdução ............................................................................................................................. 2 
 
Objetivos ............................................................................................................................... 2 
 
1. Psicanálise: O que é isso?............................................................................................. 2 
 
1.1. Sigmund Freud ...................................................................................................... 2 
1.2. Principais Conceitos ............................................................................................. 3 
 
Exercícios ............................................................................................................................... 5 
 
Gabarito ................................................................................................................................. 6 
 
Resumo .................................................................................................................................. 6 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
2 
 
Introdução 
Esta apostila trata a respeito da escola psicológica denominada Psicanálise. 
Para tanto, será apresentado o grande estudioso Sigmund Freud (1856 – 1939), o 
fundador da Psicanálise, bem como os principais conceitos da teoria por ele 
elaborada. 
A Psicanálise está diretamente associada ao estudo do comportamento 
humano orientado pelo impulso sexual. Nesse sentido, Freud organiza esses estudos 
em torno de alguns conceitos como o determinismo psíquico, o pré-consciente, 
consciente e o inconsciente. 
Seus estudos também caracterizam as fases da personalidade em Id, Ego e 
Superego, bem como as fases psicossexuais do desenvolvimento, muito utilizadas 
para a compreensão do próprio desenvolvimento humano. 
 
Objetivos 
• Definir a Psicanálise enquanto escola psicológica; 
• Apresentar Sigmund Freud (1856-1939), o fundador da Psicanálise; 
• Conceituar os principais conceitos da teoria elaborada por Freud. 
 
1.Psicanálise: O que é isso? 
1.1. Sigmund Freud 
Sigmund Schlomo Freud (1856-1939) nasceu na Áustria, estudou e formou-se 
em medicina na Universidade de Viena (1981) e, em continuidade a seus estudos, foi 
à Paris, onde estudou Neurologia. 
01 
Freud, 1914 
 
3 
 
É um dos maiores e mais conhecidos estudioso da mente humana, criou um 
método – que posteriormente viria a ser denominado escola psicológica – chamado 
Psicanálise. 
A Psicanálise compreende que os comportamentos humanos são de natureza 
sexual e, residem no impulso sexual, denominado libido (palavra do latim, libitus, 
que significa ‘desejo’, ‘vontade’). 
O pensamento de Freud promoveu uma revolução científica em três aspectos 
fundamentais: o inconsciente como agente principal da vida e das condutas 
humanas, o desenvolvimento psicossexual como inerente ao desenvolvimento 
humano e a relação entre a natureza e cultura na formação do aparelho psíquico (id, 
ego e superego) e seus mecanismos de defesa. 
 
IMPORTANTE! 
 
 
 
 
Ao destacar a sexualidade como fonte primária do comportamento humano, 
Freud cria em seu entorno um conjunto de outros elementos pelas quais é possível 
compreender a intencionalidade das ações humanas conscientes e inconscientes. 
 São parte de sua construção teórica a ideia das neuroses, do sintoma, dos 
mecanismos de defesa (sublimação, recalque, projeção, repressão e outros) e do 
método psicanalítico, incluindo aqui, as ideias de transferência e 
contratransferência. 
Para aplicação prática de sua teoria, Freud criou três técnicas para o 
atendimento de seus pacientes: associação livre, análise de sonhos e análise dos 
atos falhos. 
 
1.2. Principais Conceitos 
Com a finalidade de melhor compreender a Psicanálise, abordaremos então 
os principais conceitos da Teoria de Freud. 
A sexualidade na Psicanálise não se restringe ao 
conceito de genitalidade ou aos atos sexuais. Sua 
expressão é mais ampla e abrange a sexualidade como 
força primária ou ‘motor da vida’ que nos impulsiona às 
diferentes buscas por prazer. 
 
 
4 
 
Determinismo Psíquico: o determinismo psíquico consiste na afirmativa 
freudiana de que não há nada que ocorra por acaso, ou seja, há uma causa específica 
para todos os eventos mentais na vida humana presentes no inconsciente (Id). 
Pulsões: São forças internas de diferentes naturezas que impulsionam a 
busca por prazer e os impulsos de auto conservação e defesa. 
 Consciente, Pré-Consciente e Inconsciente: a mente humana, para Freud, 
se divide em três áreas: consciente, pré-consciente e inconsciente, chamada de 
Primeira Tópica Freudiana, conforme apontamos na tabela: 
 
Consciente 
Parte da consciência que nos permite sentir cientes 
daquilo que ocorre ao nosso redor. 
Pré-Consciente 
Uma parte do inconsciente que pode, com facilidade, 
tornar-se consciente. 
Inconsciente 
Lugar da mente humana no qual elementos instintivos, 
principais determinantes da personalidade e fontes de 
energia psíquica, estão presentes. Destacando que o 
conteúdo inconsciente é “intemporal”. 
 
Estrutura do Aparelho Psíquico: para Freud, a psique se estrutura em três 
partes: Id, Ego e Superego, chamada de Segunda Tópica Freudiana: 
O Id consiste na estrutura originária básica e central da psique, expondo-se, 
portanto, tanto aos efeitos do ego e do superego, quanto ao que é exigido pelo 
corpo. O Id pode ser compreendido como a parte desejante do prazer e da satisfação 
e ‘desconhece’ os valores morais. 
Já o Ego, está relacionado à realidade e opera regulando o Id. É a parte do 
sujeito que define o equilíbrio entre o desejo intenso do Id e a repressão do 
Superego. 
Finalmente, o Superego, desempenha uma função que se assemelha a de um 
juiz, estabelecendo julgamentos em relação às atividades e tem como base a 
construção cultural, histórica e contextual de cada indivíduo. 
A psique, portanto, é um intenso campo de batalha organizado entre prazer e 
censura (Id e Superego). Cabe ao Ego, por meio dos mecanismos da consciência o 
ajustamento equilibrado entre eles. Essa é a finalidade de um ‘ideal de ego que 
consiga viver o prazer com valores e fins éticos. 
 
5 
 
Fases psicossexuais do desenvolvimento: no ano de 1905, Freud publica 
uma obra intitulada “Três ensaios sobre a sexualidade”, na qual descreve 
sequencialmente o desenvolvimento humano, partindo da perspectiva das 
manifestações do impulso sexual, durante a vida. A sequência apresentada por 
Freud se apresenta, sinteticamente, no esquema a seguir: 
 
 
Fase Oral Fase Anal Fase Fálica Fase Genital 
 - Fase em que o bebê 
não apresenta pulsão 
social, ou 
interpessoal. 
 
- Sua exclusiva 
necessidade é a de 
que seus desejos 
(fome e sede) sejam 
atendidos. 
 
 - O prazer é vivido no 
ato de mamar, sugar, 
levar objetos à boca. 
- É descrita como a 
fase em que o 
controle fisiológico 
dos esfíncteres se 
associa a sensação 
de prazer. 
 
- Na criança, a fase 
anal é também 
início de seu 
processo criativo, 
cujas fezes são 
vistas como 
primeiro processo 
criador. 
- Está ligada a 
tomada de 
consciência, por 
parte da criança, 
das diferenças 
sexuais. 
 
- O complexo de 
Édipo começa a 
ser vivido em 
relação às 
figuras 
parentais.- É a fase em o 
desenvolvimento 
psicológico e 
biológico se 
completam. 
 
- Aqui se 
estabelecem as 
buscas afetivas e 
os atos sexuais. 
 
Exercícios 
1. Descreva as partes que compõem a mente humana, segundo a Teoria 
Psicanalítica de Sigmund Freud. 
 
2. Para Freud, em quantas estruturas está organizado o Aparelho Psíquico? Nomeie 
cada uma delas. 
 
3. Na obra “Três ensaios sobre a sexualidade”, Freud elenca as etapas psicossexuais 
do desenvolvimento. Nomeie e descreva cada uma delas. 
 
6 
 
Gabarito 
1. Segundo a Teoria Psicanalítica de Freud, a mente humana é composta por 
consciente, pré-consciente e inconsciente. 
 
2. As estruturas do Aparelho Psíquico segundo Freud são: Id, Ego e Superego. 
 
3. As etapas psicossexuais descritas por Freud são: fase oral, fase anal, fase fálica e 
fase Genital. A fase oral é aquela em que o bebê não apresenta pulsão social, ou 
interpessoal. Sua exclusiva necessidade é a de que seus desejos (fome e sede) 
sejam atendidos. A fase anal é descrita como aquela em que, o controle fisiológico 
se associa a sensação de prazer. A fase fálica está ligada a tomada de consciência, 
por parte da criança, das diferenças sexuais. Finalmente, a fase genital é aquela 
em que o desenvolvimento psicológico e biológico se completa. 
 
Resumo 
A Psicanálise é a escola da psicologia fundada por Sigmund Freud. Nestes 
estudos, consideram-se o comportamento humano orientado pelo impulso sexual, 
denominado libido. 
Freud acredita no Determinismo psíquico e isso quer dizer que: não há nada 
que ocorra por acaso, ou seja, há uma causa específica para todos os eventos 
mentais na vida humana. 
Estes estudos apontam também que a mente humana se organiza em 
consciente (Parte da consciência que nos permite sentir cientes daquilo que ocorre 
ao nosso redor) pré-consciente (Uma parte do inconsciente que pode, com 
facilidade, tornar-se consciente) e inconsciente (Lugar da mente humana no qual 
elementos instintivos, principais determinantes da personalidade e fontes de 
energia psíquica, estão presentes). 
Foram apresentadas as a estruturas da psique humana que envolve: Id - 
estrutura originária básica e central, expondo-se aos efeitos do ego e do superego. 
Ego - relacionado à realidade e opera regulando o Id. Superego - estabelece 
julgamentos em relação às atividades, bem como os pensamentos. 
Por fim, foram também apresentadas as fases do desenvolvimento 
psicossexual: Oral, Anal, Fálica e Genital. 
 
7 
 
Referências bibliográficas 
BARROS, Célia Silva Guimarães. Desenvolvimento Psicossexual: A Teoria de Freud. In: BARROS, Célia Silva 
Guimarães. Pontos de Psicologia do Desenvolvimento. São Paulo: Ática, 2008. p. 80-85. 
FADIMAN, Jorge e FRAGER, Roger. Teorias da Personalidade. São Paulo: Harba, 1986. P. 3-30. 
 
Referências imagéticas 
Figura 01. FLICKR. Disponível em: <https://www.flickr.com/photos/alyletteri/4724841560>. Acessado em 
15.05.19, às 13h.

Mais conteúdos dessa disciplina