Poder Legislativo Brasileiro
7 pág.

Poder Legislativo Brasileiro


DisciplinaDireito Constitucional I47.609 materiais1.327.845 seguidores
Pré-visualização2 páginas
FACULDADE SERRA DA MESA 
CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Uruaçu -GO 
2019 
PODER LEGISLATIVO BRASILEIRO \u2013 EVOLUÇÃO HISTÓRICA, 
CARACTERÍSTICAS E ATRIBUIÇÕES DA CÂMARA E DO SENADO. 
 
JOSÉ CLÁUDIO PRATES 
 
 
JOSÉ CLÁUDIO PRATES 
 
 
 
 
PODER LEGISLATIVO BRASILEIRO \u2013 EVOLUÇÃO HISTÓRICA, 
CARACTERÍSTICAS E ATRIBUIÇÕES DA CÂMARA E DO SENADO. 
 
 
 
 
 
 
 
 
Trabalho apresentado a Faculdade Serra da 
Mesa. Prof. Osvair ___________ 
 
 
 
 
 
 
 
Uruaçu 
2018 
 
 
PODER LEGISLATIVO BRASILEIRO 
 
 
Evolução Histórica 
 
A concentração no Estado da elaboração de leis modernas só foi possível através do 
desenvolvimento das sociedades, desde a ideia de origem divina das Leis até a racionalização 
da produção jurídica. A figura do Parlamento é anterior a criação do Estado organizado, sendo 
o conselho de anciões o mais antigo órgão institucional. Assim, a partir da necessidade que as 
pessoas tinha de consultar os mais experientes para orientação dos seus atos, surgiu o Senado 
que acabou por originar o Poder Legislativo ao longo dos tempos. 
Foi na Inglaterra de 1215, quando a nobreza feudal impôs ao Rei João a Magna Carta, 
que o Parlamento Contemporâneo teve sua origem histórica. A Magna Carta foi o primeiro 
documento que colocou de forma escrita alguns direitos do povo inglês e exigia que o Rei 
nomeasse um grande conselho para aprovação ou não dos impostos do Rei. Dessa forma, surgia 
uma primeira imagem do que seria o Parlamento. 
No Brasil Imperial tivemos a primeira Constituição. A chamada Constituição de 1824 
trouxe ao Poder Legislativo a bicameralidade, representada pela Câmara dos Deputados e o 
Senado. Durante a fase regencial (1831-1840), após a renúncia de D. Pedro I, promulgou-se o 
Ato Adicional de 1834 que trouxe alteração à Constituição vigente naquela época e criou as 
Assembleias Legislativas Provinciais. 
Na República Oligárquica tivemos a primeira Constituição republicana, que passou a 
prever a eleição através do voto universal, direito, não secreto, a todo cidadão do sexo 
masculino maior de 21 anos (exceto analfabetos, mendigos e militares sem patente). 
 A Constituição de 1891 retirou do Legislativo a prerrogativa de demitir o ministério 
e definiu a duração da legislatura em três anos. Nessa época, o Congresso Nacional, era 
composto por três Senadores por Estado para um mandato de nove anos e por um número de 
Deputados proporcional ao número de habitantes de cada unidade de federação para um 
mandato de três anos. 
 
Na era Collor, houve bastante crise e descrédito por parte da população com relação 
ao Governo. Foi apenas a partir do governo Itamar Franco que o Parlamento brasileiro procurou 
agir no sentido de garantir a volta da normalidade governamental das instituições políticas em 
função da tumultuada imagem que a Câmara dos Deputados estavam enfrentando. Houve, 
então, um resgate da credibilidade do Governo através do restabelecimento do Congresso 
Nacional. 
 
 
 
Características 
 
Assim, temos que Câmara dos Deputados, é constituída por representantes do povo 
eleitos pelo sistema proporcional em cada estado, em cada território e no Distrito Federal; e 
pelo Senado Federal, que é constituído por representantes dos Estados-Membros e do Distrito 
Federal, com mandato de oito anos, renovados de quatro em quatro anos, alternadamente, por 
um e dois terços. Assim, vigora em nosso país o bicameralismo federativo. No entanto, no 
âmbito municipal, estadual e distrital, o Poder Legislativo é unicameral, composto por uma 
única casa. 
Deste modo, temos que o legislativo municipal é exercido pela Câmara Municipal, 
composto pelos vereadores, com mandado de 04 anos e possuem imunidade material (palavras, 
opiniões e votos no exercício do mandato e na circunscrição do município). O legislativo 
estadual é exercido pela Assembleia Legislativa, sendo composta pelos Deputados Estaduais, 
que possuem mandato de, também, 04 anos e estão disciplinados pelas regras da Constituição 
Federal no que diz respeito ao sistema eleitoral, imunidades, impedimentos e etc. No Distrito 
Federal, o legislativo é composto pelos Deputados Distritais, que representam o povo do 
Distrito Federal; a eles são aplicados todas a regras estabelecidas no art. 27 da Constituição 
Federal. 
 
 
 
 
Atribuições 
 
Ao pode legislativo compete, além de discutir e aprovar leis, fiscalizar os gastos de 
recursos públicos, aprovar orçamentos da União e executar programas do Poder Executivo. 
Conseguinte, podemos dividir as atribuições do Congresso Nacional da seguinte forma: a) 
atribuições relacionadas às funções do Poder Legislativo federal; b) atribuições da Câmara e 
Senado quando atuam separadamente; c) atribuições relacionadas ao funcionamento de 
comissões mistas e de sessões conjuntas, nas quais atuam juntos os deputados federais e os 
senadores, embora votem separadamente. 
Por temos, no Poder Legislativo, o sistema bicameral, os projetos de leis quando 
iniciados em uma das Casas legislativas são revisados pela outra. Além disso, cabe às duas 
Casas do Congresso, legislar sobre as matérias de competência da União, a partir de emendar 
constitucionais, leis complementares e ordinárias. 
 Com disposição no Art. 48 da Constituição Federal, ao Congresso Nacional, com 
sanção do Presidente da República, cabe dispor sobre todas as matérias que são de Competência 
da União, especialmente sobre o sistema tributário, arrecadação e distribuição de rendas; planos 
e programas nacionais, regionais e setoriais de desenvolvimento; concessão de anistia; criação 
e extinção de Ministérios e órgãos da Administração Pública; moeda, seus limites de emissão e 
montante da dívida mobiliária federal; fixação e modificação do efetivo das Forças Armadas e 
etc. 
O art. 49 da Constituição dispõe sobre a competência exclusiva do Congresso 
Nacional: aprovar o estado de defesa e a intervenção federal, autorizar o estado de sítio , ou 
suspender qualquer uma dessas medidas; resolver definitivamente sobre tratados, acordos ou 
atos internacionais que acarretem encargos ou compromissos gravosos ao patrimônio nacional; 
autorizar o Presidente e Vice-Presidente da República a se ausentarem do País, quando a 
ausência exceder a quinze dias; autorizar referendo e convocar plebiscito e etc. 
A Câmara dos Deputados é composta pelos representantes do povo, eles são os 
Deputados Federais eleitos, pelo sistema proporcional, que manifestam a vontade popular. O 
mandato de cada Deputado é de 04 anos, sendo-lhes permitidos a reeleição. À essa Casa 
compete a tramitação de grande parte das propostas legislativas, assim como é sua atribuição 
 
escolher dois membros do Conselho da República, órgão superior de consulta do Presidente da 
República. 
Há algumas matérias que são privativas da Câmara dos Deputados, estando 
disciplinadas do art. 51 da Constituição Federal: proceder à tomada de contas do Presidente da 
República; elaborar seu regime interno; autorizar, por dois terços de seus membros, a 
instauração de processos contra o Presidente e vice Presidente da República e os Ministros de 
Estado, e etc. 
A outra Casa integrante do Congresso Nacional é o Senado Federal, composto por 
representantes dos estados e do Distrito Federal, que são eleitos para um mandato de oito anos. 
Entre as atribuições dos senadores, está a de decidir sobre as operações externas de natureza 
financeira da União, dos estados, do DF e dos municípios; suspender a execução de lei 
declarada inconstitucional pelo