A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
CONTABILIDADE INTERMEDIARIA

Pré-visualização | Página 1 de 2

Acadêmico:
	Debora Duane Custódio (956670)
	
	Disciplina:
	Contabilidade Intermediária (CON66)
	Avaliação:
	Avaliação Final (Objetiva) - Individual Semipresencial ( Cod.:447553) ( peso.:3,00)
	Prova:
	10932107
	Nota da Prova:
	9,00
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	Os estoques representam bens destinados à venda ou à fabricação, os quais estão relacionados aos objetivos e atividades-fim da empresa. De acordo com a NBC TG 16 (R1) - Estoques -, há elementos que não estão incluídos no custo dos estoques, porém são reconhecidos no resultado do período. Sobre os itens não inclusos no custo dos estoques, analise as sentenças a seguir: 
I- As despesas administrativas que não contribuem para trazer o estoque ao seu local e condição atuais.
II- As despesas de comercialização, incluindo a venda e a entrega dos bens e serviços aos clientes.
III- O preço de compra, os impostos de importação e outros tributos não recuperáveis.
IV- Os custos de transporte, seguro, manuseio e outros diretamente atribuíveis à aquisição de produtos acabados, materiais e serviços.
V- O valor anormal de desperdício de materiais, mão de obra ou outros insumos de produção. 
Assinale a alternativa CORRETA: 
FONTE: COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS. CPC 16 (R1) - Estoques. Disponível em: <http://www.cpc.org.br/CPC/Documentos-Emitidos/Pronunciamentos/Pronunciamento?Id=47>. Acesso em: 5 out. 2018.
	 a)
	As sentenças II, III e IV estão corretas.
	 b)
	As sentenças III e IV estão corretas.
	 c)
	As sentenças I, II e V estão corretas.
	 d)
	As sentenças IV e V estão corretas.
	2.
	Ativo intangível é um ativo não monetário identificável sem substância física; em outras palavras, é um bem de existência abstrata, que não pode ser tocado. São classificados no grupo do Ativo não circulante - os direitos que tenham por objeto bens incorpóreos destinados à manutenção da companhia ou exercidos com essa finalidade, inclusive o fundo de comércio adquirido. Sobre quando um ativo satisfaz o critério de identificação e definição de um ativo intangível, analise as sentenças a seguir:
I- For separável, ou seja, puder ser separado da entidade e vendido, transferido, licenciado, alugado ou trocado, individualmente. 
II- Resultar de direitos contratuais ou outros direitos legais.
III- Atender aos critérios de identificação, controle e geração de benefícios econômicos futuros.
IV- Ter indivisibilidade patrimonial e financeira e utilização econômica limitada.
Assinale a alternativa CORRETA:
FONTE: PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CONTÁBIL - CPC 04. Disponível em: <http://static.cpc.aatb.com.br/Documentos/187_CPC_04_R1_rev%2012.pdf>. Acesso em: 5 out. 2018.
	 a)
	As sentenças I, II e III estão corretas.
	 b)
	As sentenças II e IV estão corretas.
	 c)
	Somente a sentença I está correta.
	 d)
	As sentenças I, II e IV estão corretas.
	3.
	A literatura contábil descreve que o conceito da primazia da essência sobre a forma é uma das mais importante de todas as características contábeis. Porém, há desafios para a implantação dessa nova forma de entendimento na contabilidade, como, por exemplo, a questão da subjetividade. Isso exige que a pessoa responsável por tais contabilizações tenha os conhecimentos necessários para efetuar tais registros. Sobre a primazia da essência sobre a forma, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Valoriza-se a essência de cada operação ao invés de apenas o que está descrito em um documento, em uma nota fiscal ou em um contrato.
	 b)
	A essência refere-se à capacidade de transmitir efetivamente uma informação, e a 'forma' refere-se aos modos como essa informação pode ser transmitida.
	 c)
	O que está descrito no documento legal deve ser a única base para a contabilização de uma informação contábil; a essência da operação não deve interferir no registro.
	 d)
	A adoção dos IFRS, e em particular com o seu princípio da primazia da essência sobre a forma, acabou criando um conflito entre a contabilidade e o direito.
	4.
	A Redução ao Valor Recuperável de Ativos é um aspecto tratado pelo CPC 01. Com o intuito de que os ativos estejam registrados contabilmente por valor que não exceda seus valores de recuperação, o CPC 01 estabelece procedimentos que devem ser adotados pelas entidades. Sobre o CPC 01, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Um ativo estará registrado contabilmente por valor que exceda seu valor de recuperação quando o seu valor contábil exceder o montante a ser recuperado pelo seu uso ou por sua venda.
(    ) A entidade deve avaliar, ao fim de cada período de reporte, se há alguma indicação de que um ativo possa ter sofrido desvalorização. 
(    ) O Pronunciamento deve ser aplicado na contabilização de ajuste para perdas por desvalorização de todos os ativos, sem exceção. 
(    ) Quanto à divulgação das informações, a entidade deverá divulgar para cada classe de ativos, os montantes: das perdas por desvalorização; das reversões de perdas por desvalorização; de perdas por desvalorização de ativos reavaliados; e das reversões das perdas por desvalorização de ativo.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - V - F.
	 b)
	V - V - F - V.
	 c)
	V - V - V - F.
	 d)
	F - V - F - V.
	5.
	Os bens e os direitos são classificados com prazos de vencimentos ou realização de um ano, ou seja, durante o curso do exercício social. Quanto à classificação contábil, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Passivo Circulante.
	 b)
	Ativo não Circulante.
	 c)
	Patrimônio Líquido.
	 d)
	Ativo Circulante.
	6.
	A assembleia geral poderá, por proposta dos órgãos da administração, destinar parte do lucro líquido à formação de reserva com a finalidade de compensar, em exercício futuro, a diminuição do lucro decorrente de perda julgada provável, cujo valor possa ser estimado. Sobre o exposto, assinale a alternativa CORRETA que pode ser criada com os propósitos especificados:
	 a)
	Reservas de lucros a realizar.
	 b)
	Reservas estatutárias.
	 c)
	Reservas para contingências.
	 d)
	Reservas para incentivos fiscais.
	7.
	Às vezes, não é necessário que uma empresa seja dona da outra para que a legislação determine que a relação entre elas seja tão próxima que mereça cuidados especiais, surgindo, assim, os conceitos de subsidiária, controlada e coligada. Sobre o exposto, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
(    ) Sociedade coligada é quando uma empresa tem influência significativa sobre a outra.
(    ) Uma sociedade é controlada por outra quando a controladora tem poder para eleger a maioria dos diretores e tomar as principais decisões.
(    ) Se todas as ações de uma empresa pertencem a outra, ela não é apenas controlada, mas sim subsidiária. 
(    ) A empresa é subsidiária quando possui uma coligada e uma controlada.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - V - F - F.
	 b)
	V - V - V - F.
	 c)
	V - V - F - F.
	 d)
	F - V - F - V.
	8.
	O CPC 01, que trata da Redução ao Valor Recuperável dos Ativos, visa elucidar procedimentos que a entidade deve aplicar para assegurar que seus ativos estejam registrados contabilmente por valor que não exceda seus valores de recuperação. Esse CPC traz diversos termos técnicos, para orientar a análise das operações contábeis. Sobre os termos técnicos do CPC 01 e seus respectivos significados, associe os itens utilizando o código a seguir:
I- Valor contábil.
II- Valor em uso.
III- Valor recuperável.
IV- Perda por desvalorização.
(    )  É o montante pelo qual o valor contábil de um ativo ou de unidade geradora de caixa excede seu valor recuperável
(    )  É o maior montante entre o seu valor justo líquido de despesa de venda e o seu valor em uso.
(    ) É o montante pelo qual o ativo está reconhecido no balanço