A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1420 pág.
apostila-brb-escriturario_unpw

Pré-visualização | Página 1 de 50

www.acasadoconcurseiro.com.br
SUMÁRIO
Português - Prof. Carlos Zambeli. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Redação Oficial - Profª Maria Tereza . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 145
Matemática - Prof. Dudan . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 167
Matemática - Prof. Edgar Abreu . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 417
Matemática - Prof. Lucas Silva. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 479
Informática - Prof. Márcio Hunecke . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 485
Informática - Prof. Sérgio Spolador. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 643
Atualidades - Prof. Cássio Albernaz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 727
Lei Orgânica do DF - Prof. André Vieira. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1119
Conhecimentos Bancários - Prof. Lucas Silva . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1241
www.acasadoconcurseiro.com.br
Português 
Professor Carlos Zambeli
www.acasadoconcurseiro.com.br 7
Português
ACENTUAÇÃO GRÁFICA 
ACENTUAÇÃO
Toda palavra tem uma sílaba que é pronunciada com mais intensidade que as outras. Essa sílaba 
é chamada de sílaba tônica. Pode ocupar diferentes posições e, de acordo com essa colocação, 
ser classificada como: oxítona, paroxítona, proparoxítona e monossílaba tônica.
Regras de acentuação
1. Proparoxítonas – todas são acentuadas. 
Simpática, proparoxítona , lúcida , cômodo 
2. Paroxítonas
Quando terminadas em
a) L, N, R, X, PS, I, US: amável, hífen, repórter, tórax, bíceps, tênis, vírus.
b) UM, UNS, Ã, ÃS, ÃO, ÃOS, EI: álbum, ímã, órgão. 
c) Ditongo crescente (SV +V): cárie, polícia, história.
3. Oxítonas 
Quando terminadas em EM, ENS, A(S), E(S), O(S):
a) A, AS: está, guaraná, comprá-la. 
b) E, ES: jacaré, você, fazê-los.
c) O, OS: avó, paletós.
d) EM: armazém, ninguém.
e) ENS: parabéns, armazéns.
4. Monossílabos tônicos
A, AS, E, ES, O, OS: mês, pó, já.
 
www.acasadoconcurseiro.com.br8
5. Ditongo Aberto
Antes da reforma Depois da reforma
ÉU, ÉI, ÓI 
idéia, colméia, bóia, céu, constrói
Os ditongos ‘éi’, ‘ói’ e ‘éu’ só continuam a ser 
acentuados no final da palavra (oxítonas)
céu, dói, chapéu, anéis, lençóis.
Desapareceram para palavras paroxítonas.
boia, paranoico, heroico
6. Hiatos I e U
Antes da reforma Depois da reforma
Í e Ú levam acento se estiverem sozinhos na 
sílaba ou com S (hiato).
saída, saúde, miúdo, aí, Araújo, Luís, Piauí
Nas paroxítonas, I e U não serão mais acentuados 
se vierem depois de um ditongo:
baiuca, bocaiuva, cauila, feiura, Sauipe
7. ÊE, ÔO
Antes da reforma Depois da reforma
Hiatos em OO (s) e as formas verbais terminadas 
em EE(m) recebem acento circunflexo:
vôo, vôos, enjôos, abençôo, perdôo;
crêem, dêem, lêem, vêem, prevêem.
Sem acento:
voo, voos, enjoos, abençoo, perdoo;
creem, deem, leem, veem, releem, preveem.
8. Verbos ter e vir
Ele tem e vem 
Eles têm e vêm
a) Ele contém, detém, provém, intervém (singular do presente do indicativo dos verbos 
derivados de TER e VIR: conter, deter, manter, obter, provir, intervir, convir);
b) Eles contêm, detêm, provêm, intervêm (plural do presente do indicativo dos verbos 
derivados de TER e VIR).
Português – Acentuação Gráfica – Prof. Carlos Zambeli
www.acasadoconcurseiro.com.br 9
9. Acentos Diferenciais
Antes Depois
Ele pára 
Eu pélo
O pêlo, os pêlos
A pêra (= fruta)
Pôde (pretérito)
Pôr (verbo)
Só existem ainda 
Pôde (pretérito)
Pôr (verbo)
10. Trema
Antes Depois
gue, gui, que, qui
quando pronunciados
bilíngüe
Pingüim
Cinqüenta
O trema não é mais utilizado.
Exceto para palavras estrangeiras ou nomes 
próprios: Müller e mülleriano...
1. Classifique as palavras destacadas, de acordo com a posição da sílaba tônica:
a) Ninguém sabia o que fazer.
b) Era uma pessoa sábia.
c) Vivo querendo ver o tal sabiá que canta nas palmeiras.
d) Anos antes ele cantara no Teatro São Pedro.
e) Anunciaram que ele cantará no teatro.
f) Não contem com a participação dele.
g) Ele alega que nosso projeto contém erros.
h) Tudo não passou de um equívoco.
i) Raramente me equivoco.
 
www.acasadoconcurseiro.com.br10
2. Marque as opções em que as palavras são acentuadas seguindo a mesma regra. (regras antigas) 
a) ( ) magnífico - básica
b) ( ) português - saí
c) ( ) gaúcho – renúncia
d) ( ) eliminatória – platéia
e) ( ) rápido – assédio
f) ( ) cipó – após
g) ( ) distribuído – saísse
h) ( ) realizará – invés
i) ( ) européia – sóis
j) ( ) alguém – túnel
l) ( ) abençôo – pôr
m) ( ) ânsia - aluguéis
n) ( ) prevêem - soubésseis
o) ( ) imbatível – efêmera
3. Acentue ou não: 
a) Sauva , sauvinha, gaucha, gauchinha, viuvo, bau, bauzinho, feri-la, medi-la, atrai-los;
b) sos, le-la, reu, odio, sereia, memoria, itens, pires, tenue;
c) America, obito, coluna, tulipa, cinico, exito, panico, penico;
d) pendulo, pancreas, bonus, impar, item, libido, ravioli, traduzi-la, egoista.
www.acasadoconcurseiro.com.br 11
Português
ORTOGRAFIA
Os Porquês
1. Por que 
Por qual motivo / Por qual razão / O motivo pelo qual / Pela qual 
 • Por que não me disse a verdade? 
 • Gostaria de saber por que não me disse a verdade. 
 • As causas por que discuti com ele são sérias demais. 
2. por quê = por que 
Mas sempre bate em algum sinal de pontuação!
 • Você não veio por quê?
 • Não sei por quê. 
 • Por quê? Você sabe bem por quê!
 
www.acasadoconcurseiro.com.br12
3. porque = pois 
 • Ele foi embora, porque foi demitido daqui.
 • Não vá, porque você é útil aqui.
4. porquê = substanivo 
Usado com artigos, pronomes adjetivos ou numerais. 
 • Ele sabe o porquê de tudo isso. 
Este porquê é um substantivo.
Quantos porquês existem na Língua Portuguesa?
Existem quatro porquês.
HOMÔNIMOS E PARÔNIMOS
Homônimos
Vocábulos que se pronunciam da mesma forma, e que diferem no sentido. 
 • Homônimos perfeitos: vocábulos com pronúncia e grafia idênticas (homófonos e 
homógrafos). 
São: 3ª p. p. do verbo ser.
 • Eles são inteligentes. 
São: sadio. 
 • O menino, felizmente, está são. 
São: forma reduzida de santo. 
 • São José é meu santo protetor.
Eu cedo essa cadeira para minha professora!
Eu nunca acordo cedo! 
Português – Ortografia – Prof. Carlos Zambeli
www.acasadoconcurseiro.com.br 13
 • Homônimos imperfeitos: vocábulos com pronúncia igual (homófonos), mas com grafia 
diferente (heterógrafos).
Cessão: ato de ceder, cedência 
Seção : corte, subdivisão, parte de um todo
Sessão: Espaço de tempo em que se realiza uma reunião 
Parônimos
Vocábulos ou expressões que apresentam semelhança de grafia e pronúncia, mas que diferem 
no sentido. 
Cavaleiro: homem a cavalo 
Cavalheiro: homem gentil 
Acender: pôr fogo a 
Ascender: elevar-se, subir
Acessório: pertences de qualquer instrumento; que não é principal 
Assessório: diz respeito a assistente, adjunto ou assessor 
Caçado: apanhado na caça
Cassado: anulado
Censo: recenseamento
Senso: juízo
Cerra: do verbo cerrar (fechar)
Serra: instrumento cortante; montanha; do v. serrar (cortar)
Descrição: ato de descrever
Discrição: qualidade de discreto
Descriminar: inocentar
Discriminar: