A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
28 pág.
PIM VI UNIP SISTEMAS OPERACIONAIS/REDES I

Pré-visualização | Página 1 de 4

UNIP Projeto Integrado Multidisciplinar IV Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores
Projeto de definição
da solução de TI para a empresa Challenge
UNIP 2019
UNIP Projeto Integrado Multidisciplinar IV Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores
Projeto de definição
da solução de TI para a empresa Challenge
Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores 1º Semestre 2019
UNIP 2019
RESUMO 
Esse projeto integrado multidisciplinar tem como principal objetivo, o planejamento e a definição da solução de TI para a empresa Challenge, visando a capacitação do ambiente de TI com tecnologia de comunicação, redundância e alta disponibilidade. As premissas desta tarefa englobam conhecimentos de Redes I, Sistemas Operacionais de Redes e Ferramentas de Gerenciamento de Redes.
De início, será feito uma breve abordagem sobre a influência dos avanços tecnológicos e a evolução das redes de comunicações para a economia global. Serão apresentados exemplos de novas tendências de TI para o mercado atual, conseguinte os esquemas de topologia básica de distribuição dos equipamentos de rede, servidores, switches, roteadores, equipamentos de Telecom, bem como o plano de endereçamento IP (individualizado por filial), tecnologias WAN e suas características técnicas. E por fim, será apresentado a Política de Gestão desenvolvida para a empresa Challenge e uma Tabela de Orçamento do Projeto, com todos os hardwares, softwares necessários para aquisição do projeto, com a forma de pagamento e os custos fixos e variáveis.
Palavras Chave: Tecnologia, Sistemas Operacionais, Ferramentas de Gerenciamento de Redes.
SUMMARY
This integrated multidisciplinary project has as its main objective, the planning and definition of the IT solution for the Challenge company, aiming at enabling the IT environment with communication technology, redundancy and high availability. The assumptions of this task encompass knowledge of Networks I, Network Operating Systems and Network Management Tools.
At the outset, a brief approach will be made on the influence of technological advances and the evolution of communications networks to the global economy. Examples of new IT trends for the current market will be presented, such as the basic topology schemas for distribution of network equipment, servers, switches, routers, Telecom equipment, as well as the IP addressing plan (individualized by branch), technologies WAN and its technical characteristics. Finally, we will present the Management Policy developed for the Challenge company and a Project Budget Table, with all the hardware, software required to acquire the project, the form of payment and the fixed and variable costs.
Keywords: Technology, Operating Systems, Network Management Tools.
SUMÁRIO
61. INTRODUÇÃO	�
62. A TECNOLOGIA NA ERA DA INFORMAÇÃO	�
73. REDES DE LONGA DISTÂNCIA	�
104. APLIACAÇÃO E GERENCIAMENTO	�
105. TENDÊNCIAS EM TI	�
125.1. Vantagens da virtualização	�
146. SISTEMAS OPERACIONAIS	�
147. SERVIDORES	�
148.1. Controlador de Domínio	�
168.2. Servidos Dns	�
188.3. Servidor DHCP	�
198.4. Servidor de Arquivos	�
208.5. Servidor de Backup	�
219. ENDEREÇAMENTO IP WAN.	�
2210. TI VERDE	�
2411. ORÇAMENTO DO PROJETO	�
2912. CONCLUSÃO	�
2913. REFERÊNCIAS	�
�
�
1. INTRODUÇÃO
O aumento da competitividade no mercado empresarial tem obrigado as empresas dos mais variados segmentos e portes, a uma busca incansável pela redução de custos, aumento da eficiência operacional, novos mercados, maior lucratividade, racionalização de investimentos e mais agilidade na tomada decisões. Diante desse panorama, a empresa UNIP PIM V, uma integradora com especialização em serviços de Redes de Computadores atuando no mercado de IT Insfrastructure Outsourcing (ITO) e Business Process Outsourcing (BPO), e foi contratada para elaborar um plano de definição da solução de TI para a empresa Challenge. 
Este projeto traz uma proposta técnica para implantação da rede de computadores da empresa Challenge, com matriz (Data Base) na cidade de São Paulo/SP, outras 5 filiais no Brasil, nas cidades de Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis, Distrito Federal e Rio de Janeiro, e no exterior, uma filial em Detroit, MI – Estados Unidos.
2. A TECNOLOGIA NA ERA DA INFORMAÇÃO
No final da década de 1980, logo após a Era Industrial, iniciou-se um novo período chamado de Era Digital ou Era da Informação. Essa nova fase trouxe consigo novas tecnologias que remontam dos primeiros anos da década de 1970, como microprocessador, fibra ótica, rede de computadores e computador pessoal. As opiniões divergem sobre o momento em que ocorreu essa passagem de Eras, mas ficou caracterizada de “firma”, onde ocorreu a substituição da mão-de-obra do homem pela maquinaria. As informações digitais passaram a predominar em todos os setores, como o simples uso do cartão do banco ou consultar os e-mails no celular enquanto passeio no parque.
O universo digital trouxe o atendimento à internet e rede de computadores e os avanços desses meios de comunicação tendem a expandir a novas tecnologias que interajam com os outros meios eletrônicos já existentes. O avanço tecnológico mudou o mundo econômico, incentivando a competitividade global, já que as inovações tecnológicas servem de suporte para o desenvolvimento econômico, estando presente na administração e produção de pequenas e grandes empresas. A tecnologia tem facilitado a nossa vida na hora de comprar algum produto ou solicitar algum serviço, oferecendo agilidade e facilidade na hora que alguém quer consumir algo ou resolver algum problema.
3. REDES DE LONGA DISTÂNCIA
Se não fosse pelas redes de longa distância, não seria possível criar redes unificadas para organizações com locais distantes, para telecomutar ou fazer qualquer coisa on-line. Mas as WANs existem há décadas, em constante evolução para transportar mais e mais tráfego mais rapidamente à medida que as demandas aumentam e a tecnologia se torna mais poderosa. Uma WAN é uma rede que usa vários links – linhas privadas, MPLS (Multiprotocol Label Switching), redes privadas virtuais (VPNs), wireless (celular), Internet – para conectar pequenas redes metropolitanas e campus em diversos locais em uma única e distribuída rede. 
São redes usadas para a interconexão de redes menores (LANs ou MANs) e sistemas computacionais dentro de áreas geográficas grandes (cidades, países ou até continentes). São, em geral, mantidas, gerenciadas e de propriedade de grandes operadoras (públicas ou privadas), e o seu acesso é público. Os sites que elas conectam podem estar a alguns quilômetros de distância ou do outro lado do mundo. A maneira mais fácil de entender o que é uma WAN é pensar na internet como um todo, que é a maior WAN do mundo. A Internet é uma WAN porque, através do uso de ISPs, conecta várias redes locais menores (LANs) ou redes metropolitanas (MANs). Em menor escala, uma empresa pode ter uma WAN composta de serviços em nuvem, sua sede e filiais menores. A WAN, nesse caso, seria usada para conectar todas essas seções do negócio. Sendo assim, numa empresa os propósitos de uma WAN podem incluir filiais conectadas ou até mesmo trabalhadores remotos individuais com a sede ou o data center, para compartilhar recursos e comunicações corporativas.
Nas figuras abaixo, podemos ver exemplos de Redes Wan:
Figura 1
Fonte: Imagens do Google.
Figura 2
Fonte: Imagens do Google.
3.1. Evolução das Redes de Longa Distância
Desde a década de 1970, muitas WANs foram construídas usando um padrão de tecnologia chamado X.25. Esses tipos de rede suportavam caixas eletrônicos, sistemas de transação de cartão de crédito e alguns dos primeiros serviços de informações on-line, como o CompuServe. Redes X.25 mais antigas executavam conexões de modem dial-up de 56 Kbps. As redes de computadores e as tecnologias necessárias

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.